10 coisas que me lembram os tempos de colégio

Um dos memes de fevereiro do Rotaroots é 10 coisas que me lembram os tempos de colégio. Como eu adoro papelaria (vocês já sabem disso!), a época de comprar os materiais escolares eram sempre um dos melhores do ano pra mim! Ir à papelaria e comprar os cadernos, lápis, canetas e tudo novo era incrível. E chegar em casa então? Decidir qual caderno seria para qual matéria era pura diversão! Por isso, eu me inspirei pra vir aqui mostrar pra vocês algumas coisas que fizeram parte da minha época escolar, desde os primeiros até os últimos anos da escola.

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resolveram se reunir para se conhecer, postar coisas alegres e trazer de volta o maravilhoso mundo blogueiro de algum tempo. Para saber mais, é só acessar o site.

1. Fichários
Eu amava fichários, mas só comecei a utilizá-los nos últimos anos do colégio, acho que lá pela quinta série. Sempre tive aqueles mais comuns, com a capa dura e o aspiral dentro, nunca ganhei desses com capa fofinha, zíper e vários bolsinhos (e eu adorava esse da linha Plush Poison da Tilibra). Tinha também daqueles com alça que viravam bolsa era um sonho. Acho que eu voltaria a estudar só pra usar desses moderninhos de hoje em dia, hehe! 🙂

2. Maleta de materiais
Bem, não sei bem o nome disso, mas eu me lembro vagamente de ter um preto cheio de canetinhas, lápis de cor, giz de cera e tudo o mais! Acho que tinha tesoura, régua e cola dentro também, tudo num espacinho certo pra isso. E aí ela fechava e virava uma maletinha. Tinha isso lá nos primeiros anos de colégio, antes dos anos 2000.

3. Cadernos
Como disse, eu amava comprar cadernos, e era uma dúvida cruel escolher as capas! No começo eu não curtia capas fofinhas, mas sempre queria os mais legais e moderninhos, mas era caro e eu sempre tinha que me conformar com os “meia-boca”, hehehe. Mas os que tinham cartela de adesivos (acho que hoje em dia todos têm) e folhas internas desenhadas eram os meus mais cobiçados.

4. Lápis de cor aquarela da Faber-Castell
Quem não teve os lápis de cor da Faber-Castell que jogue a primeira pedra, né? Eu não lembro de quantas cores era o meu aquarela, mas me lembro que a caixinha dele tinha picote pra destacar, dobrar e aí a caixinha ficava de pé, com os lápis posicionados e fáceis pra pegar. Não achei nenhuma foto disso, mas na época eu achava isso genial, e o meu conjunto era o único que fazia essa genialidade, hehe!

5. Mochila de rodinhas
A minha mochila de rodinhas não era tão linda assim, mas a verdade é que não me lembro dela. Só sei que usei por aaaanos porque eu adorava, e uma vez esmaguei o tubo por onde a alça entrava, aí ela não baixava mais, mas eu continuei usando assim mesmo – acho que por vergonha de dizer que estraguei e queria oura, rsrs! Mas sim, eu sempre desejei aquelas caras e lindonas, mas nunca tive. D:

6. Tesoura com desenhos
Quem não teve uma dessas? Estou pra dizer que eu tinha uma exatamente assim, com a cara da Minnie. Naquela época eu amava a dupla Sandy e Jr, e queria tudo deles: caderno, estojo, mochila… me lembro de ter pedido se tinha tesoura deles, e a vendedora me vendeu uma dessas genéricas, HAHAH! Fico imaginando o que ela pensou de mim. Épocas…

7. Borracha de trocar a ponta
Dei uma risada alta quando lembrei dessa! Eu tinha uma dessas borrachas que dava pra alternar a cor e a ponta e eu amava! Não sei que fim levou, e não sei se foi tão popular entre os estudantes. Ah, nessa categoria entram as canetas de gel que nem preciso falar, né? Fato é que elas me acompanham até hoje. As canetas, não as borrachas, hehe!

8. Cartelas de adesivos
Eu tinha tantas, mas tantas cartelas de adesivos que não sabia onde colar. Peraí, verdade seja dita: eu tinha muita pena de usar. Até hoje tenho cartelinhas dessas avulsas e de cadernos que não usei e estão lá jogadas. E também trocava com as amigas, mas só o que eu dizia que elas podiam pegar. E de troca elas tinham que me dar um adesivo delas também, claro!

9. Estojo de lata
Esse é daqueles que quando caía no chão dava o maior estouro! Na TAG What’s on your pencil case?, alguma leitora falou sobre eles e me lembrei que eu também tinha um. Tinha de dois andares, com uma divisória no meio pra separar, e mesmo assim não cabia nada dentro. Hoje em dia eu tenho um que comprei em San Francisco e nem tenho coragem de usar de tão lindo, mas ele é mais pequeninho.

10. Estojos com elástico
Desses com várias divisórias e elástico pra encaixar os lápis, sabe? Também me lembro vagamente e acho que eu tinha um desses; se não tinha, com certeza desejei ter. Quando procurei por isso no Google, vi que a Kipling tem uma versão mais moderna do mesmo estojo, mas esse com certeza estaria (e ainda está!) fora do meu orçamento. 🙁


Me conta: vocês se identificaram com as minhas lembranças? Conta aí o que te lembra os tempos de colégio, que vou adorar compartilhar as histórias!

POSTS RELACIONADOS

17 comentários

  1. Responder

    Beatriz Cavalcante

    fevereiro 16, 2015

    Esse post me define! Eu amava fichário e ficava no recalque querendo usar um. Aí na quinta série eu usei e foi terrível. As folhas saiam e rasgava, e era ruim carregar aquilo mesmo não sendo tão grande. 😛

    E geeente meu sonho de consumo era: essa maleta de materiais e uma mochila de rodinha. Nunca tive mas matava a vontade levando a de uma amiga, hahahaha. E nem me fale em adesivos, eu tinha uma coleção! A mesma coisa acontecia com caneta em gel eu AMAVA aquilo.

    Estojo de lata era outra coisa besta que eu morria de vontade de ter um. Comprei mas ele caia toda hora na sala e era aquela barulheira. HAHAHAHAHAAHA Esse último eu também tinha e me sentia, Mas ô coisa brega né? UASHAUSAHUSHU

    Tô rindo muito disso tudo porque eu tinha ou queria essas mesmas coisas. Escolher caderno até hoje é muito difícil. [think]

    Beijos!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 5, 2015

      Eu também tive esses problemas de folhas caindo dos fichários, e isso era meio um caos mesmo, mas tinham aquelas bolinhas de plástico que a gente colava nas folhas pra segurarem e não rasgarem. Isso resolvia um pouco o problema.
      Eu tive que comprar um caderno pequeno esses dias e demorei uns 15 minutos, hahaha! Isso porque não tinha muitas opções! Mas a primeira coisa que olhei foi ver se tinha cartela de adesivos, e depois se as folhas eram coloridinhas hahaha! Ai, que mania!
      Beijos.

  2. Responder

    Jessica M

    fevereiro 16, 2015

    Eu estava me identificando com todos, e quando cheguei naquela borracha que trocava a ponta, ri muito! Meu Deus, eu nem lembrava disso! Eu achava super genial [smile]
    Aaain aquela tesourinha da Minnie [heart] [heart]
    Aqueles estojos (tanto o 2 quanto o 10) faziam parte da minha “Wishlist de criança”, mas não ganhei nenhum e usava os da minha prima. Depois de crescida ganhei algo parecido de uma prima maior que eu tenho, e fiquei tão feliz que até hoje não gastei alguns itens.
    Adorei!
    Beijos!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 5, 2015

      Eu também nem lembrava dessa borracha mais, mas achei na internet e pensei: “tenho que colocar isso”! hahahaha!
      Eu tenho adesivos novos até hoje, acredita? Nós e a nossa pena de usar pra não gastar haha!

  3. Responder

    Renata Carvalho

    fevereiro 16, 2015

    A maioria das coisas que você falou eu também tive ou quis. Acho que a única exceção mesmo são os itens 5, 9 e 10.
    Me identifiquei demais com você quando falou da cartela de adesivos. Eu era viciada e estava sempre pedindo aos meus pais e outros parentes pra me presentearem nos meus aniversários com adesivos, e como é um presente simples e barato, eu ganhava um monte.
    Agora… USAR já é outra coisa beeeem diferente, hahaha. Eu também trocava um ou outro com as colegas, mas a maioria eu não dava pra ninguém e muito menos eu mesma usava. Até hoje eu tenho guardado todas essas cartelas intocadas e ainda com dó de usar XD

    Beijos,
    Livro de Memórias

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 5, 2015

      Eu também tenho muitas cartelas de adesivos novinhas até hoje! E ainda hoje tenho dó de usar, dá pra acreditar nisso? Haha!
      Beijos.

  4. Responder

    Stephanie Ferreira

    fevereiro 16, 2015

    Meu irmão de 3 anos ganhou essa maleta de materiais e eu falei: MEU DEUS AINDA VENDEM ISSO?! Achei um máximo porque na ~nossa época~ era muito legal ter uma dessas, e eu que sempre fui a louca da papelaria igual você, tive várias pela infância. Tudo o resto que vc citou me marcaram no colégio, o que mais marcou foi minha primeira mochila de rodinhas, uma toda preta com desenhos do Piu-Piu e era sensacional porque eu era a única menina com uma mochila preta ao invés de rosa rsrsrs a rebelde né
    E ah, te indiquei para uma tag lá no blog 😉
    Um beijo

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 5, 2015

      Oi Ste!
      Siiim, esses dias eu vi um cara vendendo essas cartelas enormes e pensei o mesmo que você! Mas não sei se as crianças de hoje dão tanto valor a esses tesouros como nós dávamos hahaha! As coisas me parecem mais fáceis hoje em dia, na nossa época era raridade alguém ter muitas dessas coisas.
      Beijos!

  5. Responder

    Cecília Maria

    fevereiro 17, 2015

    Que nostalgia gostosa! Somos duas apaixonadas por itens de papelaria, sempre amei comprar material escolar, deixava a minha mãe louca (e falida) sempre hahaha
    A maletinha de materiais e a borracha de trocar as pontas já foram meus desejos de consumo, mas não consegui nenhum dos dois 🙁 Mas eu cheguei a ter esse estojão enorme de elástico e era um sucesso hahaha
    Amei esse post! Rotaroots sempre com temas maravilhosos 🙂
    Beijo

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 5, 2015

      Meus pais deviam ter dor de cabeça toda vez que eu comprava materiais escolares HAHAH!
      Rotaroots é muito amor, que bom que gostou do post <3
      Beijos.

  6. Responder

    Francyane Freitas

    fevereiro 17, 2015

    Eu sou igual uma criança pra comprar material escolar, gosto de tudo fofinho! Tenho o estojo cheeeieo de canetas coloridas haha as amigas adoram!

    http://correioeletronico.pe.hu/

  7. Responder

    Ana

    fevereiro 17, 2015

    Minha época era um pouco mais antiga que a sua, mas alguns dos itens mencionados fizeram parte dos meus anos escolares também. Eu destaco a caneta Bic de 4 cores, e a caneta colorida de 10 cores, que não dava nem pra segurar direito de tão grossa que era! hahahhaha

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 5, 2015

      Eu me lembro dessas canetas, Ana! Tive uma com 4 cores, se não me engano. Já era bem grossa, e fiquei imaginando a de 10 cores, haahahha! Gente!

  8. Responder

    Steh

    fevereiro 19, 2015

    Acho que foi com essas super maletas de tintas que eu comecei de fato a me interessar por desenhar, e quando eu era mais nova eu pintei de tudo hahaha, azulejo, gesso, argila. E acabou saindo daí a paixão por design, mesmo que eu tenha seguido pra área de planejamento. Ainda uso meus lápis de aquarela da faber castel! hahaha
    Meus estojos preferidos eram os de lata mesmo 🙂

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 5, 2015

      Olha aí que coisa legal! Muito bacana saber que a sua profissão de hoje nasceu dessa paixão por papelaria! A minha profissão surgiu dos blogs que sempre tive <3
      Eu tenho claustrofobia com estojos de lata, porque não cabem minhas coisas dentro hahaha! E tenho o maior medo que eles abram D:
      Beijos!

  9. Responder

    Raíra Mercês

    fevereiro 21, 2015

    Eu sou doida por coisas de papelaria. Sou viciada. Sabe aquelas pessoas que colecionam canetas, papéis de carta, refil de fichário, agendas, cadernos…? Então faço parte. rsrs
    Mesmo que eu não use nada disso hoje em dia (com frequência), ou nem precise muito, eu compro. Sou compulsiva. kkkk
    Tudo isso me dá nostalgia. Saudade dos tempos de colégio. Hahaha.
    Um beijo!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      fevereiro 23, 2015

      A gente tem tudo isso, compra mais e depois tem dó de usar, né? Hahaha! Eu tenho várias coisinhas que não uso por pena mesmo.
      Beijão.

ESCREVA UM COMENTÁRIO