O queridinho do momento: 1989, de Taylor Swift

Vocês sabem que eu amo as músicas e o estilo da fofa da Taylor Swift. Mas quando ouvi o quinto álbum dela pela primeira vez, eu não gostei muito. Achei as músicas cansativas. Deixei a pasta de molho por vários meses, até que, há algumas semanas, resolvi escutar de novo quando ouvi Blank Space tocando em algum lugar (que, a propósito, era a única do álbum que eu gostava um pouco). Qual não foi a minha surpresa quando eu me apaixonei pelo álbum todo?

Tenho passado o último mês ao som de 1989, álbum lançado em 27 de outubro de 2014. No celular, no computador, no carro, em qualquer lugar: tenho as músicas em todos os meus dispositivos e fico ouvindo sempre que posso. Acho que o motivo de ter estranhado as músicas logo de início foi a sonoridade delas, que fugiram um pouco da pegada mais country que Taylor tinha em seu repertório até então. O álbum anterior, Red, já estava um pouco mais desapegado do estilo, mas o novo CD veio alegre, cheio de músicas boas e promissoras (pelo menos no meu ponto de vista amador). E quer saber? Eu adorava o country dela, mas estou adorando ainda mais essa fase pop – que espero não ser apenas uma fase.

O primeiro single do CD foi Shake it off, e tenho certeza que vocês já conhecem ou já ouviram essa batidinha viciante em algum lugar. Blank Space, que eu já citei, também está tocando nas rádios por aí. E o mais novo clipe dela é Style, com um clipe lindo de fotografia inspiradora. Vamos ver?

Shake it off

Blank Space

Style


Sinceramente? Não sei dizer de qual eu gosto mais! Gosto de todas, com seus ritmos diversos e letras tão lindas como a Taylor sempre faz. *-* Além das músicas, o álbum ainda conta com duas faixas bônus de I wish you would e Blank space, contendo a gravação em estúdio, com falas e risadas. É muito divertido. Somente: ouçam!

Vocês curtem o estilo da Taylor? Já ouviram esse álbum?

POSTS RELACIONADOS

16 comentários

  1. Responder

    Anelise Santos

    março 2, 2015

    Aconteceu comigo também, de no início não curtir o álbum e agora não parar de escutar. Taylor sempre arrasou, eu super curtia o country dela, mas aí a pessoa mudou de estilo com muita maestria e me ganhou mais ainda. Apesar disso tudo, eu tenho umas ressalvas sobre ela ficar fazendo músicas que claramente mostram a dor de cotovelo dela e eu acho que às vezes isso fica meio feio pra ela mesma, mas ok, não consigo não amar essa mulher.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 20, 2015

      Tem umas cantoras que mudaram radicalmente, e não consegui acompanhar. Um exemplo é a Avril. Eu era super fã dela na minha adolescência, mas ela mudou demais da noite pro dia, enquanto os fãs ainda não tinham crescido pra acompanhar isso. Me parece que com a Taylor foi uma mudança mais gradativa. Enfim, é coisa de afinidade mesmo. Eu gosto das letras dela, mesmo que muitas vezes seja dor de cotovelo haha <3
      Beijos.

  2. Responder

    Daniela

    março 2, 2015

    Taylor Swift é a minha cantora favorita desde 2009!
    A Pink vem em 2º lugar, mas são as duas principais vozes femininas com músicas e personalidades que me encantam!
    1989 é um bom cd, embora eu sinta muita falta da fase mais country dela!
    Eu não consegui gostar de “Style”. Nem da música e nem do clipe.
    Mas “Blank Space” me ganha fácil!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 20, 2015

      Style também não é minha favorita, mas achei o clipe tão diferente. Não daqueles que a gente adora e quer ver mais vezes. Achei meio que uma inspiração mesmo, como eu disse no post. Enfim, haha. Blank Space é viciante!
      Beijos.

  3. Responder

    Amanda Melanie

    março 2, 2015

    Oi, Gabi!

    Eu amei esse album. A minha favorita é Welcome to NY… Me pego cantando essa música em momentos aleatórios hahahaha
    Gosto das outras também, principalmente as duas primeiras que você citou.

    Beijos

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 20, 2015

      Eu fico me imaginando chegando em NY e cantando essa música… ai ai, espero que um dia esse sonho aconteça. Juro que daí eu gravo um vídeo e posto no YT hahahah!

  4. Responder

    Mary

    março 2, 2015

    Eu demorei bastante para ouvir o novo álbum dela mas quando ouvi fiquei completamente apaixonada! Apesar de sentir falta do estilo mais country dela, essa “nova” Taylor combinou bastante com as mudanças que ela própria passou na vida. Gosto quando os artistas se propõem a mudar. Estou muito viciada em In Wonderland e nunca me canso de ouvir Blank Space – acho que essas são minhas favoritas 😀

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 20, 2015

      E foi uma mudança gradativa, né? Não senti aquele baque da noite para o dia como acontece com alguns artistas. In Wonderland é mesmo linda também.
      Beijos.

  5. Responder

    Bárbara Carollo

    março 2, 2015

    Oi Gabi, tudo bem?
    Eu adoro as músicas da Taylor e este álbum me agradou bastante. Confesso que não curto todas as músicas, mas é difícil, quase impossível, eu gostar de todas as faixas de um álbum.
    Beijos

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 20, 2015

      Oi Bárbara! Tudo bem!
      Vi que esse álbum agradou muitas pessoas, o que é bom! Mostra que a mudança dela do country para o pop foi algo acertado. E sempre tem algumas músicas que eu gosto menos (ou não gosto) nos álbuns também. Nesse caso, gosto de todas, só algumas gosto menos hehe.
      Beijos.

  6. Responder

    Ketelyn Oliveira

    março 3, 2015

    Oi Gabi,
    Taylor Swift é uma diva *-*
    Adorei esse novo álbum dela, adoro a musica Shake It Off, não para escutar sem ter vontade de dançar heh, seu blog e super fofo ^^
    Beijos ♥
    World Of Books│Visite 🙂

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 20, 2015

      Shake it off é vicianteeeee! Eu começo a dançar na hora! hahaha!
      Beijos.

  7. Responder

    Luana

    março 10, 2015

    Como se Shake it off já não fosse viciante o suficiente inventei de ouvir esse álbum como quem não quer nada, só pra ver qual era… Resultado: estou ouvindo em looping há algumas semanas! [smile]

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 20, 2015

      Inevitável né? Também aconteceu comigo e ainda não parei de ouvir. Meu namorado não aguenta mais a minha “playlist-de-um-álbum-só”.
      Beijos.

  8. Responder

    Fernanda Rocha

    março 20, 2015

    Adorei os 3 vídeos, gosto das músicas dela mas nunca me interessei em conhecer todos os álbuns, mas não sei porque depois desse post seu me deu interesse. Vou pesquisar todos os álbuns dela. 🙂

    • Responder

      Gabi Orlandin

      março 20, 2015

      Fer, espero que goste das músicas. Dá pra sentir a mudança gradativa dela no decorrer dos álbuns, e eu gosto de todos – alguns mais, outros menos. Mas gosto de todos no geral.
      Beijos.

ESCREVA UM COMENTÁRIO