5 livros que mudaram a minha vida

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resolveram se reunir para se conhecer, postar coisas alegres e trazer de volta o maravilhoso mundo blogueiro de algum tempo. Para saber mais, é só acessar o grupo do Facebook.

O Rotaroots é um grupo de muito amor na blogosfera, e esse mês trouxe vários temas bacanas pra gente compartilhar. Como eu sou extremamente esquecida, é claro que não me lembrei de postar antes, mas ainda tá dentro do tempo, então vamos lá. Um dos temas do mês de abril era listar os 3 livros que mudaram a minha vida. E não, você não leu errado: a ideia original eram três livros mesmo, mas como eu não pude escolher dentre os meus cinco, acabei burlando mudando as regras. Só um pouquinho! Como era um meme relacionado a livros, é óbvio que não podia deixar de fazer.

Talvez essas histórias não tenham mudado a minha vida, literalmente, mas me fizeram pensar diferente sobre determinado assunto. Acho que, quando um livro nos faz parar e refletir, já é um ponto pra ele. Acho que A culpa é das estrelas também poderia estar nessa lista (eu sei que alguns de vocês lembrariam dele), mas a verdade é que ele me emocionou demais, só que não mudou muita coisa na minha vida, de fato. Então, sem mais delongas, vamos conhecer os cinco livros que mudaram um pouquinho a minha forma de pensar algumas coisas, e uma brevíssima explicação abaixo.

1. Uma vida sem limites, de Nick Vujicic (leia a resenha).
Quando recebi esse livro pela Novo Conceito, a primeira pessoa a ler foi meu pai. Ele se impressionou quando mostrei a capa e logo quis conhecer a história do “cara sem braços e pernas”. Quando li, senti como se algo florescesse em mim. Acho que uma fé escondida, adormecida acabou ganhando força dentro de mim, pois só de ver a luta, a garra e a força de vontade de Nick me deu energia pra ser alguém melhor. Hoje em dia, sempre que penso em um obstáculo “intransponível”, me lembro dele, que, sem membros, conseguiu conquistar o mundo. Nick é e sempre será uma inspiração pra mim.

2. Como eu era antes de você, de Jojo Moyes (leia a resenha).
Esse foi o livro que me deixou acordada noite adentro, chorando lágrimas de dor, de tristeza e de um adeus. João Moyes sempre me emociona em seus livros, mas este (o mais triste deles, porém), foi o que me fez pensar muito – e ainda hoje não cheguei a uma conclusão certeira. Afinal, é muito difícil defender a vida ou a morte em situações tão extremas. Oras, sempre defenda a vida! Leiam esse livro, e vocês entenderão o que quero dizer. É realmente uma forma de pensar corajosa e que exige muita coragem. Nunca irei esquecer o que essa leitura me fez sentir.

3. Um gato de rua chamado Bob, de James Bowen (leia a resenha).
Mais uma história real, mais uma autobiografia que me impressiona. Contei sobre a história do James Bowen pra várias pessoas depois que conheci, e ainda continuo me emocionando com a intensidade do nosso amor por esses seres pequeninos (ou nem tanto!) de quatro patas. Resumidamente, James saiu de casa muito cedo pra tentar a vida de músico. Porém, quando nada deu certo, ele entrou no mundo das drogas até se perder totalmente nelas. Foi quando ele achou Bob, um gato de rua laranja, que sua vida começou a rumar novamente pra algum futuro melhor. O sentimento de “paternidade” de James por Bob foi o que o fez ver sentido em sua própria existência novamente. Simplesmente uma lição de amor ao próximo que vou levar para o resto da vida.

4. A Cabana, de William P. Young.
Me julguem, me “incompreendam”, mas eu amei esse livro. Junto com Crepúsculo, foi esse livro que me introduziu ao amor pela leitura. Muitas pessoas criticam a história por diversos motivos, mas eu amei e li duas vezes (o único livro que reli na vida). Simplesmente me desapeguei de crenças pré-concebidas de Deus e adentrei nessa história, deixando-me levar pela fantasia, pela “mágica impossível” que acontece ao protagonista. Somente deixei com que a fé crescesse dentro de mim, e passei a imaginar Deus nas mais variadas formas e locais. Na época que li (2008 pra 2009), esse foi um livro que mudou a forma como eu via muitas coisas na minha vida.

5. Extraordinário, de R. J. Palacio (leia a resenha).
Esse livro é daqueles que a gente aplaude de pé por tantas razões! Simplicidade e inocência talvez sejam algumas delas. Todos os livros (ou praticamente todos) têm algum vilão ou personagem que atrapalhe o andamento das coisas. Com Extraordinário não é diferente, mas como é sobre crianças, essa “maldade” é ingênua, infantil. Eu amo livros assim. Mas vamos falar sobre a história: Extraordinário conta sobre Auggie Pullman, um garoto que tem uma deformação facial, motivo pelo qual as pessoas olham torto, têm medo ou repugnância. Então sim, esse livro é sobre bullying e sobre aprender a lidar com as dificuldades, por mais cabeludas que elas sejam. Auggie é um exemplo de personagem que venceu, logo na infância, os fantasmas que o assombravam.


Gostaram das indicações? Já leram algum desses livros? E quais são os livros que mudaram a vida de vocês?

POSTS RELACIONADOS

14 comentários

  1. Responder

    Bárbara Carollo

    29/04/2015

    Oi Gabi,
    A Cabana também entraria para a minha lista. É um livro incrível e a narrativa emocionante me tocou! Você sabe que ele irá ganhar adaptação para o cinema?
    Os outros livros que você mencionou eu ainda não li, mas tenho altas expectativas para Como Eu Era Antes de Você!
    Beijos

    • Responder

      Gabi Orlandin

      03/05/2015

      Oi, Bárbara!
      Que bom saber que você também gostou de A Cabana. Eu não sabia sobre a adaptação, fiquei super feliz! Ansiosa pra ver o filme desde já, hehe! 🙂
      E Como eu era antes de você é um livro fantástico, acho que você vai gostar (eu sou fã de todos os livros da autora).
      Beijos.

  2. Responder

    Samile

    29/04/2015

    Já li três desses livros, e concordo com você em gênero, número e grau!

  3. Responder

    Airane

    29/04/2015

    Tenho uma paixão enorme por extraordinário, me fez ver o mundo com outros olhos, e encarar o bullyng como algo superável. Amo muito esse livro. Quanto aos outros nunca li.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      03/05/2015

      Extraordinário é muito incrível mesmo! Eu chorei no fim, foi muito emocionante.
      Beijos.

  4. Responder

    Juliana

    30/04/2015

    Nunca li nenhum, Gabi. Acabei de adicionar 3 à minha wishlist do Skoob pra não esquecer de comprar. Adorei a sua lista e realmente são livros muito bons e que passam uma mensagem gigante 😀

    Beijos!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      03/05/2015

      Espero que você também goste dos livros, Ju! São leituras maravilhosas – claro, na minha opinião, hehe 😉
      Um super beijo.

  5. Responder

    Beatriz Cavalcante

    01/05/2015

    Pra mim é bem difícil achar algum livro que tenha mudado minha vida mas tenho alguns que me fizeram pensar em muitas coisas e me marcaram de alguma forma. Minha metade silenciosa que foi o que mais mexeu e me fez pensar nas coisas ruins que acontecem na vida das pessoas. As vezes o perigo não é só fora de casa, mas dentro também. Por lugares incríveis também me fez pensar bastante, todo dia marcou muito também e dois garotos se beijando me fez ter uma visão bem diferente a respeito dos gays. Acho que esses foram os que mais mexeram comigo.

    E como não pensar no certo ou errado depois de ler como eu era antes de você? É outro que entra para lista dos que me marcaram muito.

    Beijos!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      03/05/2015

      Oi, Bia!
      Dos que você citou, vou ler “Dois garotos se beijando” e tenho boas expectativas. “Como eu era antes de você” nos deixa extremamente confusos, né? Até hoje eu não achei um ponto de vista pra apoiar, é muito complicado!
      Beijos, e uma semana maravilhosa pra você.

  6. Responder

    Gil

    05/05/2015

    Se fizesse um post como esse de verdade TODOS esses livros estariam na lista eu AMO esses livros.
    <33
    adoro seu blog.
    Beijão
    http://www.paraisoparalelo.com.br

    • Responder

      Gabi Orlandin

      05/05/2015

      Temos gostos muito parecidos então! Se bem que é difícil alguém não gostar dessas histórias, né?
      Beijos.

  7. Responder

    Roberta

    10/06/2016

    Livros que mudaram minha vida / favoritos:
    * The coconut book – Richard Maynard *, * Cai o pano – Agatha Christie* , *Ilusões – Richard Bach*, * O Conde de Monte Cristo *, *Yoga para estressados – Prof. Hermógenes*, *O destino Ignorado – Mary Westmacott – pseudônimo de Agatha Christie*

    • Responder

      Roberta

      10/06/2016

      Foram livros que me ajudaram a ver a vida sob outra perspectiva ou através dos olhos de outras pessoas / personagens. Também me ajudaram a ver como outras pessoas/personagens passaram por determinadas situações e como lidaram com elas.

ESCREVA UM COMENTÁRIO