Cecelia Ahern – A vez da minha vida

resenha do livro A vez da minha vida

A vez da minha vida
Cecelia Ahern
Editora Novo Conceito, 2012
384 páginas

Saraiva Submarino Americanas

Certo dia, quando Lucy Silchester volta do trabalho, há um envelope de ouro no tapete. E um convite dentro dele para se encontrar com a Vida. Sua vida. Pode soar peculiar, mas Lucy leu sobre isso em uma revista. De qualquer forma, ela não pode ir ao encontro: está muito ocupada desprezando seu emprego, fugindo de seus amigos e evitando sua família. Mas a vida de Lucy não é o que parece. Algumas das escolhas que fez — e histórias que contou — também não são o que parecem. Desde o momento em que ela conhece o homem que se apresenta como sua vida, suas meias-verdades são reveladas totalmente — a não ser que ela aprenda a dizer a verdade sobre o que realmente importa. Lucy Silchester tem um compromisso com sua vida — e ela terá de cumpri-lo.

Sabe aquele livro que você começa a ler sem esperar grande coisa, e ele te surpreende? Foi exatamente assim com A Vez da Minha Vida, escrito pela autora de P.S. Eu te amo, Cecelia Ahern, e publicado pela Novo Conceito. O livro já estava na minha lista de leitura há um bom tempo, e eu acabei deixando-o para depois; talvez a capa, o nome ou a sinopse não tenham me instigado, não sei. O fato é que, quando comecei, não conseguia mais parar de ler.

Cecelia tem uma forma muito divertida e irreverente de escrever este livro, em primeira pessoa, retratando a vida de Lucy Silchester. A moça, que leva uma vida ótima, segundo ela mesma, está, na verdade, cada vez mais no fundo do poço: mente para todos, mesmo sem motivo, para esquivar-se das coisas; tem um emprego que detesta e mora em um cubículo que fede a peixe e não é limpo há anos; tem um gato (de sexo indefinido, mas que ela resolveu chamar de Senhor Pan), mesmo que o prédio não permita animais; não se entende com a sua família, muito menos com seu pai, que já deixou bem claro que não gosta dela. Ufa, a lista é ainda mais longa, mas já deu pra ter uma ideia, certo? Só que todo esse desastre não começou de uma hora pra outra: vários acontecimentos e histórias inventadas levaram-na a isso, e ela não pretende mudar.

Só que, um dia, ela começa a receber cartas para marcar um encontro com sua Vida. Como de costume, ela ignora uma dezena delas, porque afinal, ela é muito ocupada com todas as suas coisas, mas um dia, pela insistência, resolveu agendar o horário. Após conhecer sua Vida e tomar conhecimento de algumas verdades que não enxergava sobre sua própria existência, ela começa a perceber que sim, algumas coisas poderiam ser mudadas. Mas mudar é tão difícil, e Lucy é tão preguiçosa…

Pode parecer que a história é chata e monótona quando lemos o que ela aborda, mas eu garanto a vocês: em nenhum momento eu deixei de gostar da leitura. Ela foi ótima do começo ao fim, e a autora conseguiu traçar uma história cheia de vaivéns, mostrando que uma pequena mentira pode tornar-se uma imensa bola de neve aparentemente impossível de ser desfeita.

Com a ajuda de Vida, acompanhamos Lucy dar um jeito em tudo o que está errado sobre ela de uma forma muito engraçada. Me vi rindo muitas vezes por conta do humor inteligente de Lucy e alguns personagens. Cecelia soube construir uma história engraçada, mas que, no final das contas, diz muito sobre nós mesmos, se pararmos para refletir por um momento. “Enquanto você está por aí, sua vida também está”. O livro entrou para os meus favoritos do ano, e recomendo a todos vocês, que adoram uma leitura leve, divertida e que, de quebra, ainda tem algumas pequenas lições para darmos mais valor à nossa vida e ao que estamos fazendo com ela.

POSTS RELACIONADOS

18 comentários

  1. Responder

    Bruna Vasconcelos

    15/12/2014

    Que bela resenha..
    Vi vários elogios desse livro na internet. Acabei de ler Simplesmente Acontece , também da Cecilia (lindo , por sinal). Agora tô aguardando esse chegar !!

    Mto Amor!

    P.S. Seu Blog é Tão Lindo e Meigo.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      15/12/2014

      Oi, Bruna!
      Ainda não li “Simplesmente acontece”, mas fiquei animada em saber que você gostou, pois ele está me esperando na estante.
      Obrigada pelo carinho e pela visita! Espero te ver mais vezes por aqui.
      Beijos.

  2. Responder

    Ana

    15/12/2014

    Gabi! Nossa!
    Quando vi a capa do livro achei que ele ia ser muito ruim! SÉRIO!
    mas me surpreendi com a sua resenha!
    Amei a ideia dela ter que se encontrar com a sua vida e arrumar tudo aquilo que está errado!
    super quero ler!
    Beijo :*

    • Responder

      Gabi Orlandin

      15/12/2014

      Ana, eu adorei a leitura mesmo! Se você ler, depois me conta o que achou 😉
      Beijos.

  3. Responder

    Mari

    15/12/2014

    Puxa, eu fiquei super curiosa pra ler! Fiquei pensando aqui com meus botões: se a “Vida” aparecesse pra mim, me daria os parabéns ou um belo puxão de orelha? HAHAHA! 🙂
    Ideia ótima a da autora!

    Beijos!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      15/12/2014

      Sim, ela sempre tem umas ideias geniais para suas histórias! Queria um pouquinho de toda essa criatividade, HAHA!
      Beijos.

  4. Responder

    Beatriz Cavalcante

    16/12/2014

    Quando eu li esse livro eu li achando que era uma coisa completamente diferente do que ele é na verdade. Achava que era uma coisa meio auto-ajuda mas estava gargalhando com a Lucy e amando o vida. <3 Não lembro de tudo da história pq já faz um tempão que eu li, mas quando eu li eu amei.

    Eu não tinha gostado de ps eu te amo mas amei tanto esse livro que quero ler outros da autora. Saiu simplesmente acontece agora e eu quero muito ler. Fora que vai ter filme do livro e o rapaz vai ser o Sam Claflin e COMO NÃO AMAR? <3333333 haha

    Beijos! :*

    • Responder

      Gabi Orlandin

      18/12/2014

      Eu também ri muito com o Vida! HAHAHA! Sim, me disseram que “Simplesmente acontece” é ótimo, então estou louca de vontade de ler!
      Beijinhos.

  5. Responder

    Gabriela

    16/12/2014

    Eu tenho esse livro, é um amorzinho. <3 Só não gostei muito da capa, acho que poderia ser melhor, tendo em vista que a história em si é muito interessante. Quando comprei, comprei mesmo pelo título, haha.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      18/12/2014

      Também não curti muito a capa, Gabi. Não gosto das capas de todos os livros da Cecelia pela Novo Conceito, na verdade. Mas que bom que a história surpreende, né? 😉
      Beijos!

  6. Responder

    Raíra Mercês

    17/12/2014

    Vi esse livro domingo na livraria Saraiva aqui do Salvador Shopping. Tenho um livro da Cecelia Ahern, “O livro do amanhã” e pretendo comprar esse também em breve. Espero que não surja nada mais importante pra eu fazer, por que to precisando de livros novos. E desde que eu comecei a trabalhar, não cumpri a promessa de comprar livros com o meu salário. Isso é bem triste. Mas breve cumprirei essa promessa. Hahaha. Mas por enquanto, vou priorizar coisas mais importantes.

    Me identifiquei um pouquinho com a Lucy. Vira-e-mexe estou me esquivando de algumas coisas que lá na frente irão me trazer um problema retado. E fico me perguntando, se eu sei que vai me fazer mau lá na frente, por que eu ainda insisto em adiar ou não fazer algo pra mudar? Talvez seja preguiça. Com certeza é isso! Sou igualzinha a Lucy nesse sentido. Deixo de fazer muitas coisas, até mesmo pro meu bem, por causa da preguiça. Espero em Deus que eu mude esse meu jeito algum dia, se não acaberei perdendo muita coisa.

    Um beijo, Gabi!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      20/12/2014

      Raíra, também me identifiquei muito com a Lucy em alguns aspectos, como os que você comentou. Acho que todo mundo é um pouquinho assim, né? Também espero um dia conseguir mudar isso na minha vida [dead]
      Obrigada pela visita e pelo comentário! [heart]
      Beijos.

  7. Responder

    Luany Marcely

    17/12/2014

    Faz tempo que eu to desejando esse livro… Só vejo resenha positiva sobre ele. *-*
    Faz um bom tempo que não vou a uma livraria ou compro livro em lojas online, mas vou fazer um esforço de adquirí-lo assim que possível. <3
    Sua resenha foi muito boa, seu ponto de vista me fez querer ainda mais o livro! 😀

    Beijinhos. :*

    • Responder

      Gabi Orlandin

      19/12/2014

      Oba! Obrigada, Luany ♥︎
      Depois me conta o que achou dele, combinado?
      Beijos.

  8. Responder

    Gabi Brasiliano

    06/01/2015

    Nossa eu preciso comentar sobre este livro, simplesmente fantástico…foi o primeiro que eu li da autora e me apaixonei….agora procuro todos os livros da autora para ler..e indico sempre este, que na minha opinião foi um dos melhores! Tenho um caso de amor por este livro! hahahha

  9. Responder

    Emili

    17/01/2015

    Também me senti assim. de cara achei que não iria gostar do livro, mas depois adorei!!!
    Bela resenha 😀

ESCREVA UM COMENTÁRIO