Eu posso ser o meu mundo inteiro.

Hoje, eu queria falar muito, escrever muito, para colocar pra fora tudo o que eu sinto. Mas as palavras, que pareciam tão dispostas a sair, não querem se pronunciar. Depois de muito tempo sem colocá-las para fora, sinto como se houvesse uma grande bola de neve dentro de mim, prestes a desmoronar. Mas algo ainda a segura ali, junto a mim, no corpo a quem ela não deve pertencer.

Eu quero voltar a sentir que o mundo é cheio de possibilidades e coisas boas. Quero ter forças para limpar as minhas mágoas e secar as minhas lágrimas, para então poder amar novamente o que a vida me oferece de bom. Hoje, alguém me disse que a coisa mais importante no meu mundo sou eu mesma, pois eu sou tudo o que eu preciso para ser feliz. Também me disseram que a alegria está nas pequenas coisas, nas coisas aparentemente mais insignificantes do dia a dia, que passam despercebidas aOS olhos de quem não quer ver, mas que podem mudar o mundo de alguém.

Estou tentando melhorar, me “reerguer”, ser alguém que eu me orgulhe de ser, e não esperar o julgamento das outras pessoas. Quero ser alguém feliz por mim, e por ninguém mais. Desejo poder ver a alegria em cada manhã, em cada nova oportunidade que tenho de ser alguém diferente e melhor, cada vez melhor.

E é por isso que vou voltar a escrever. Contar o que sinto, o que me aflige. E eu espero, de verdade, que minhas palavras tornem-se cada dia mais alegres, espontâneas e entusiasmadas, tanto para quem as lê quanto para mim mesma.

Todos os dias quando acordo,
Não tenho mais o tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo.
Todos os dias antes de dormir,
Lembro e esqueço como foi o dia
“Sempre em frente,
Não temos tempo a perder”.

POSTS RELACIONADOS

15 comentários

  1. Responder

    Débora

    01/10/2013

    Oi, Gabi!
    Engraçado eu ter entrado aqui justamente no dia em que você publicou esse texto. Ele combina perfeitamente com os últimos dois meses da minha vida. Acho que estamos sempre tentado ser alguém que possamos ter orgulho de ser, né? Isso dá mais valor e sentido as nossas vidas.
    Adorei o texto, as palavras foram simples e profundas.Espero, de coração, que você consiga superar tudo o que te aflige para se tornar uma pessoa cada vez melhor.
    Beijos!

  2. Responder

    Sandra Mendes

    01/10/2013

    Oi, Gabi!

    Pôxa, sei muito bem como é isso… tenho passado pelo mesmo.
    Eu também estou tentando melhorar, dia a dia.
    A gente precisa ter fé de que tudo vai dar certo.
    Vamos ter força!

    Beijo, querida!

  3. Responder

    Carolina

    01/10/2013

    Escrever o que sentimos é sempre bom, de alguma forma sempre nos ajuda e nos dá um tipo de conforto.

    Beijão

  4. Responder

    Thaís

    01/10/2013

    Escreva sim, é a melhor coisa. E fique bem logo! 🙂

  5. Responder

    Sharon

    01/10/2013

    Oie.
    O que anda te afligindo, Gabi ? Conte-nos tudo (:
    Gosto quando tu faz posts pessoais, volta um pouco aos velhos tempos e acho legal essa parte aqui no Fluffy.
    Acredita em ti, que o resto vem. Tu é capaz de consegui tudo aquilo que tu almeja.

    Bjoos

    • Responder

      Gabi { fluffy }

      02/10/2013

      O pior, Sharon, é quando a gente não sabe o nos aflige… Mas já percebi que não ando 100% e estou fazendo o possível pra melhorar. Eu sei que muita gente gosta de posts mais pessoas, e fico feliz, pois adoro escreve-los e ler comentários legais como o teu. Obrigada *-*
      Beijos 🙂

  6. Responder

    Aline T.K.M.

    01/10/2013

    Há momentos em que tudo o que mais precisamos é falar e ser ouvido, e ser olhado nos olhos e ser levado em consideração, pelos demais e pelo próprio indivíduo. Acho que isso fortalece o sentimento de que nós mesmos somos (ou devemos ser) a coisa mais importante do nosso próprio mundo.
    Gostei do final, essa música mexe muito comigo, traduz o que frequentemente sinto.

    Um beijo, Livro Lab

  7. Responder

    Barbara * Sempre Charmosas

    02/10/2013

    [happy] Gabi!
    Nossa vida é cheia de provações, todos os dias temos algo para superar, para melhorar… e você está no caminho, pois reconhecer que podemos ser felizes, sim, é um grande passo.
    Nunca deixe de buscar o que te faz bem … Eu também sempre estarei aqui para o que você precisar! Muitas vezes uma simples palavra nos faz despertar…
    Desejo tudo de mais maravilhoso e belo para você!
    Nunca deixe de buscar sua felicidade.
    “não temos tempo a perder…”
    Bjão

  8. Responder

    Poly

    02/10/2013

    Que bonito isso, Gabi.
    Quando eu andava meio deprê eu tentava perceber a felicidade nas pequenas coisas, já que eu não conseguia ser feliz por inteiro, então que eu olhasse para os momentos bons.
    Me ajudou bastante XD
    Não tinha quem eu amava do meu lado, mas chegava em casa da aula e tinha batata-frita no almoço. Era para ficar muito feliz, oras.
    ^^
    Bjuxxxx

  9. Responder

    camila lacerda

    02/10/2013

    Tudo tem seu tempo.. vai chegar o seu de florescer novamente 🙂

    chadecalmila.com

  10. Responder

    gabi

    02/10/2013

    Mas sabe, Gabi, não olhe essa fase -porque esses sentimentos também passam- como algo ruim. Não é. A gente precisa saber do nosso limite e isso a gente só descobre quando tá no chão. Ficar triste, deprimida, desanimada faz parte do momento de alguém que é forte e que descobriu que, para além de suas forças existem coisas ruins que podem fazê-la cair e ter que criar, na base da dor, resistências um pouco mais profundas.
    Ver o lado bom em tudo não é saudável uma vez que a gente não vive só de riso e alegria o tempo inteiro. Mas ficar só em lágrima , se não for por muito tempo (pra não virar doença) pode ser uma oportunidade abençoada pra que a gente fique bem num cantinho reflexionando e abstraindo tudo o que tem vivido. Daí vem a maturidade e o crescimento.
    Tá ruim hoje mas amanhã é outro dia.
    O foco desta pessoa que te disse que a coisa mais importante é você, não deixa de ser uma diretriz muito boa , afinal você é a única pessoa responsável por suas escolhas e pela felicidade consequente delas ou não [wink] .
    Então, respira fundo, Gabi ! E ‘espera que o sol já vem’ [heart]

  11. Responder

    Mirelle

    03/10/2013

    Uau, que texto lindo Gabi, super reflexivo. Me deixou a pensar agora.. porque estou numa fase parecida de querer reogarnizar as ideias e escrever, botar tudo para fora, mas quando tento, nada sai.. muito estranho.. hehe espero conseguir um dia, e que não seja tarde demais. Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

  12. Responder

    Beatriz

    03/10/2013

    Que lindo o texto, bem inspirador.
    Parabéns 🙂

  13. Responder

    Catarina

    04/10/2013

    As vezes parece que algumas coisas são tão difíceis, né Gabi? Eu também tenho passado por alguns momentos não muito agradáveis, mas a gente tá sempre dando aquele jeitinho.
    Adoro quando você escreve textos pessoais, é sempre bom porque as vezes serve até para nós, a gente acaba se identificando.
    Espero que esse momento ruim, ou seja lá o que for, passe logo e que você seja feliz de verdade. Como você disse, seja feliz por você e mais ninguém! Porque com certeza, você merece ser feliz. Todos nós merecemos. Torço por você.
    Beijos [wink]

  14. Responder

    Ina Ribeiro

    10/10/2013

    Que lindas palavras, com certeza temos as vezes que esquecer o tempo que nos escorre por entre os dedos, porque este já foram, agora nos resta dos que ainda estão nas palmas de nossas mãos, mas não é preciso agarrar e sufocá-lo como minha sabia mãe diz: Tudo tem seu tempo.

    beijos!

ESCREVA UM COMENTÁRIO