Luiza Costa Gonçalves – Pergunte a uma mulher

resenha do livro Pergunte a uma mulher

Pergunte a uma mulher
Luiza Costa Gonçalves
Editora Pandorga, 2014
280 páginas

Saraiva

Um guia prático com dicas e textos re¬flexivos a respeito dos temas mais procurados sobre sexo e relacionamentos. Essa obra promete sanar dúvidas a respeito de coisas que você gostaria de perguntar, mas não sabia onde encontrar as respostas. Pergunte A Uma Mulher é um livro para homens e mulheres interessados em temas que vão desde o básico, até os tabus sociais. É tudo o que você precisa saber para começar a olhar o mundo dos relacionamentos com um olhar diferente. Este será definitivamente o seu livro de cabeceira e servirá para você nunca mais voltar a fazer o que sempre fez.

“Pergunte a uma mulher” foi publicado pela Editora Pandorga no final de 2014 e escrito por Luiza Costa Gonçalves. Ele é originário do blog homônimo, onde a autora fala sobre assuntos do cotidiano das pessoas em relação a relacionamentos amorosos, sem tabus e preconceitos. Desde dicas para um bom papo e como superar a timidez até fetiches “esquisitos”, traição e vida conjugal.

Luiza fala de uma forma direta e sem enrolação: “é assim que é, se você quer seguir isso ótimo, se não o risco é todo seu.”. Particularmente, gostei da forma como ela escreveu este livro, pois trata-se de assuntos tabus sobre os quais pouca gente teria coragem de falar. Se a autora escrevesse de forma diferente, talvez nos sentíssemos “envergonhados de ler”. Com as frases e exemplos engraçados dela, o livro tornou-se muito mais leve e descontraído.

É um livro útil para aqueles que estão à cata do amor, que estão com a pulguinha atrás da orelha sobre o parceiro, para quem está ficando e não sabe a quantas anda o relacionamento, para quem tem dificuldades para conviver com o parceiro, quer saber se vale a pena realizar seu fetiche, enfim… Luiza dá dicas para todas essas dúvidas e ainda mais. É um texto bastante completo que aborda diversas questões, sempre deixando claro que as dicas servem para ambos os sexos: tanto para mulheres quanto para homens, independente do gênero para o qual ela se direcione.

Particularmente, os assuntos relacionados à conquista, fetiches, traição, etc, não tiveram muita utilidade se aplicados na minha própria vida, pois tenho um relacionamento saudável há 6 anos, e nunca tivemos problemas, nem em relação a diálogos. E que bom dizer isso! Porém, as dicas da autora em relação à timidez, autoestima e insegurança são úteis para qualquer pessoa (que tenha essas características, claro) a qualquer momento.

A minha classificação – 3 estrelas – se deve ao fato de eu ter achado o livro um tanto cansativo muitas vezes. Talvez pelos assuntos não se aplicarem muito ao meu dia a dia, talvez porque Luiza escreve as frases longas e eu me perdia no meio delas; mas o fato é que não consegui me prender tanto à leitura. Porém, não posso negar que seja um livro útil, como já disse. Para quem se encaixa em todas as características que citei acima ou mesmo precisa de uma ajudinha na paquera (ou tem curiosidade de ler assuntos tabus de forma descontraída e sem firulas, que por sinal é bem interessante), então eu indico esse livro. Quem sabe, como diz na sinopse, você não enxerga o mundo dos relacionamentos de uma forma diferente e consiga, finalmente, encontrar a pessoa que sempre procurou?

Este livro é indicado para maiores de 18 anos.

POSTS RELACIONADOS

6 comentários

  1. Responder

    Mariana Oliveira

    07/01/2015

    Hummm, acho que preciso dar uma lidinha nesse livro aí, haha.
    Eu sou bem tímida em determinados aspectos e tem outros aspectos que eu gostaria de conhecer melhor.
    Obrigada pela dica, talvez eu dê uma olhada (lida) melhor.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      08/01/2015

      Oi, Mari!
      Também sou bem tímida, mas não me senti assim ao ler esse livro. A autora fala de forma tão leve que não dá pra sentir vergonha de ler.
      Que bom que a dica foi útil pra você! 😉

  2. Responder

    Laisa Helena

    07/01/2015

    Oi Gaabi,
    Achei divertida a proposta do livro. Também tenho um relacionamento saudável há 5 anos, então acho que a leitura do livro não é tão necessária. Mas é bom saber para indicar, sempre temos aquela amiga que está precisando, não é mesmo? Hehe
    Beijos <3

    • Responder

      Gabi Orlandin

      08/01/2015

      Sim, sempre conhecemos alguém que precisa, né? Mesmo eu não precisando tanto de algumas dicas, foi um livro bem interessante, sabe. Nem que tenha sido pra descobrir duas ou três coisas beeem engraçadas e esquisitas, HAHAH! [think]

  3. Responder

    Beatriz Cavalcante

    08/01/2015

    Sinceramente, esse é um livro que eu ia ver e não ia dar muita bola. Ele tem uma carinha de auto ajuda e como eu não curto muito esse gênero ia acabar deixando passar. Mas ai eu vi a resenha e pensei que talvez esse fosse útil para mim.
    Tipo o assunto sobre timidez e insegurança iriam me ajudar bastante, já que eu sou muuuuuito insegura e extremamente tímida. 😛

    Beijos!

  4. Responder

    Lid

    30/09/2015

    Decerto que o livro é bom! Sugiro a leitura ASAP (assim que possível) é lógico. Essa menina mulher, autora do livro Pergunta a uma mulher. Luiza Linda! Costa. Me deu o prestigio de reiterar varias das minhas convicções. No decorrer da leitura, eu vi a tenacidade de uma mulher que preconiza assumir os atos, comprometimento com voçe mesma, exibindo de forma evidente. o princípio da responsabilidade. Além de tudo, é explícito na leitura o quanto é bom ter originalidade e e nunca sujeitar-se a clichês hipocritas que o mundo disponibiliza… Ha! heehehe num pode esquecer que tem mt coisa apimentada no livro.

    Vai ler este livro!

ESCREVA UM COMENTÁRIO