Marina Carvalho – Simplesmente Ana

resenha do livro Simplesmente Ana

Simplesmente Ana
Marina Carvalho
Editora Novo Conceito, 2013
304 páginas

Submarino Saraiva

Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha. Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para a Krósvia e viver em um país distante, tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro.

Como eu deveria começar a descrever o primeiro livro me tocou meu coração nesse ano? Porque, mesmo tendo sido lançado em 2013, só consegui dar uma chance a essa leitura agora, dois anos depois. Se eu soubesse como seria essa história, com certeza teria lido antes – até mesmo para me curar de ressacas literárias, pois acho que esse livro pode curar até aquelas mais graves. É tão, tão delicioso ler esse livro! Confesso que foi um enredo bem diferente do que eu imaginei à primeira vista, mas me agradou muito. Não gosto de fazer comparações, mas não consigo evitar: se você gosta da série Diários da Princesa, escrita por Meg Cabot, vai amar esse romance de estreia de Marina Carvalho.

resenha do livro Simplesmente Ana

Ana é uma garota simples que vive em Belo Horizonte e só quer finalizar seu curso de Direito, continuar seu estágio e fazer com que seu quase-namoro com Arthur dê certo. Aos 7 anos, quando soube que sua certidão de nascimento não tinha o nome do pai (como todos os outros colegas), Ana se sentiu um pouco deslocada, diferente das outras crianças. Porém, ela sabia que seu pai havia abandonado sua mãe grávida e, com o tempo, a ausência da figura paterna foi amenizada em sua vida. Ela estava conformada, até o dia em que tudo mudou.

Ana descobre, da noite para o dia, que seu pai é um rei de um pequeno país europeu (ou seja: ela é uma princesa!) e que teria que conhecer a outra parte da sua vida naquele país. Deixando o Brasil para trás pelo período de seis meses, Ana parte com seu pai para a Krósvia, esperando meses tranquilos e que passariam depressa – pois afinal, ela tinha um quase-namorado a esperando no Brasil. Porém, o destino tinha mais uma surpresa na manga: o insuportável Alexander, que namora a ainda mais intratável Laika (conhecida também por Nome de Cachorro).

No início da história, acompanhamos Ana pela sua descoberta na Krósvia, conhecendo lugares incríveis, sua família por parte de pai e a população, antes de ser apresentada como a filha de quem o rei não tinha conhecimento. Tudo isso, é claro, acompanhada de Alex, que não mexia um dedo para que ela ficasse à vontade (muito pelo contrário!). No decorrer do romance, entendemos as atitudes dele, e a partir disso o livro muda um pouco o foco – e fica muito, muito mais interessante! Amei ler esses “dois lados” da história, mas amei ainda mais o desenrolar da trama.

resenha do livro Simplesmente Ana

Sabe quando a gente se apaixona pelos personagens ao ponto de dar frio na barriga? Me obriguei a reler diversos parágrafos, pois as cenas eram tão perfeitas para mim que parecia um verdadeiro conto de fadas. Perdi o fôlego com Alexander, esse teimoso maravilhoso que roubava as cenas! *-*

A história é contada em primeira pessoa, diretamente da Ana para o leitor, como se ela fosse sua melhor amiga, e isso foi um ponto muito positivo. A personagem tem uma voz narrativa muito fluente e divertida, cheia de piadas sobre sua própria situação, e o leitor obriga-se a entrar na história com ela.

A princípio, Simplesmente Ana não tinha continuação, mas como fez muito sucesso, ganhou um segundo volume, chamado De repente Ana. Portanto, se você quiser ler apenas o primeiro livro, não tem problema: ele termina com todos os pontos bem amarrados, e não vai ficar faltando nada. Porém, eu duvido que você não queira a continuação depois dessa leitura. |D

POSTS RELACIONADOS

12 comentários

  1. Responder

    Diego França

    22/04/2015

    Olá!
    Eu comprei esse livro na Bienal de Salvador, em 2013, a Marina estava autografando e eu me apaixonei pela capa, então não resisti e comprei o livro e ainda trouxe para casa autografado.A Marina também é fofa e escreve muito bem. Adorei o jeito leve da escrita. No entanto, ao contrário de você, essa história não me tocou. Poucas vezes me impressionou em algo. Não achei interessante, fiz até uma resenha falando sobre isso lá no Blog.

    Bjão
    Diego Franca
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    • Responder

      Gabi Orlandin

      23/04/2015

      Oi Diego!
      Também adoro o jeito que a Marina escreve, e queria muito ter conhecido ela pessoalmente! Quem sabe nessa Bienal? 😀 Que pena que o livro não te impressionou tanto.
      Beijos.

  2. Responder

    Dayana

    22/04/2015

    Oi Gabi!!!

    Eu tenho este livro, e gostei muito da sua resenha. Me deu vontade de lê-lo logo, mas tenho os da Julia Quinn na frente =D.
    Fiquei com uma curiosidade vendo seu blog, que visito sempre: Quantos livros em média vc tem? eu tenho uns 80. E é tão difícil arrumar lugar. Sempre seleciono os favoritos e mando embora os que não achei interessante.

    http://meninadeparis.com

    Beijos

    Dayana

    • Responder

      Gabi Orlandin

      23/04/2015

      Oi Day!
      Sei como é essa coisa de “ter outros livros na frente” hahah! Nunca acaba, né? D:
      Eu tenho mais de 500 livros, e estão por todos os lugares do meu quarto, ahahah! Também estou com problemas de espaço há um bom tempo. Vou ver se faço um vídeo mostrando tudo em breve 😉
      Ai, eu também quero ter a sua capacidade de poder doar os que não quero mais. No momento só faço isso com os que não li (no domingo do desapego), porque eu me apego demais a um livro depois de ler.
      Beijos.

  3. Responder

    Elisama Lucena

    22/04/2015

    Esse livro parece ser lindo.
    Eu já tinha lido a respeito.

    Me lembra um pouco Princesa Adormecida e O Diário da Princesa.

    [wink]

    • Responder

      Gabi Orlandin

      23/04/2015

      Lembra O Diário da Princesa sim! Se você gosta, também vai amar esse aqui.
      Beijos.

  4. Responder

    Divana

    23/04/2015

    Oi Gabi!
    Me deu uma vontade enorme de ler esse livro, ainda mais pelo que você disse de ele ser capaz de curar uma ressaca literária, hahaha! Creio que vou precisar disso daqui a pouco tempo, quem sabe.
    Abraços!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      23/04/2015

      Eu não estava em uma ressaca quando li, mas eu acho que cura, de tão bom e gostoso de ler, hahaha! Espero que seja útil pra você.
      Beijos!

  5. Responder

    Anajara

    23/04/2015

    Olá,Gabi!

    É minha primeira vista no seu blog,eu amei o seu cantinho e além disso a sua resenha referente ao livro da Autora nacional Marina Carvalho foi muito bem colocada.
    Como eu ganhei de presente de aniversário no dia 21/04,os dois livros “Simplesmente Ana e De repente Ana”, estou muito mais animada para desfrutar desta história.
    Muito Obrigada,Sucesso e Muitos Livros!
    Beijos,flor!

    booksmagiclove.blogspot.com.br

    • Responder

      Gabi Orlandin

      24/04/2015

      Oi, Ana!
      Fiquei super contente com seu comentário, muito obrigada pelo carinho!
      Espero que você goste da história dos livros, depois me conta o que achou? *-*
      Beijos.

  6. Responder

    Fernanda Luz

    26/04/2015

    Meu apaixonei por esse livro!! Eu já li e foi uma leitura tão rápida, hehehehe, fiquei super feliz em saber que tem mais uma continuação. 🙂

    • Responder

      Gabi Orlandin

      29/04/2015

      Também li super rápido, tanto que já engatei o segundo na sequência, hehe! E, se você ainda não sabe, boa notícia: a Galera Record vai lançar mais um livro da história da Ana! Acho que sai mês que vem <333
      Beijo!

ESCREVA UM COMENTÁRIO