James Redfield – A décima segunda profecia

resenha do livro A décima segunda profecia

A décima segunda profecia
James Redfield
Editora Novo Conceito, 2012
288 páginas

No dia 21 de dezembro de 2012, o calendário maia acabará. Muitos veem isso como um sinal apocalíptico. Será? A longa espera pelo romance da Celestine Serie, A 12ª Profecia descreve Hero e seu amigo Wil quando recebem um pedaço de mistério, um manuscrito antigo que descreve uma aproximação secreta à espiritualidade que está chegando com rapidez à segunda década do século XXI. Para entender todo o contexto desse texto, Hero e Wil começam uma busca urgente pela veracidade e totalidade dessa mensagem. Confrontados por políticos poderosos e religiosos extremistas, ele lutarão para revelar a verdade que pode transformar nossas vidas — e o mundo.

Primeiramente, gostaria de deixar bem claro que a minha opinião sobre este livro pode ter sido prejudicada pelo meu pouco tempo pra ler nessas semanas. Estive terminando vários trabalhos para a faculdade quando decidi lê-lo, por isso li devagar demais, sem me ater a partes que eram importantes. Então, já digo que dei 2 estrelas, mas que o considero uma boa experiência de leitura.

Me interessei por esse livro pela sinopse, que se mostrou cheia de aventura e focada no dia 21 de dezembro, o dia que supostamente o mundo acabará. Não acredito nessa profecia, mas gostei da ideia de o livro contar a história de dois amigos que buscam as doze partes de um Documento que revela a verdade sobre essa profecia, junto a um lado mais espiritual e até filosófico.

“A mensagem da Profecia era clara: ser espiritual é mais do que simplesmente acreditar em alguma divindade abstrata. Envolve a descoberta de outra dimensão da vida, inteiramente diferente, que funciona de uma maneira fundamentalmente espiritual.” página 16

O autor teve uma ideia genial juntando os assuntos no livro, mas ele não soube prender a atenção do leitor, fazendo diálogos longos demais e alguns até um pouco maçantes. Também achei que foi dada pouquíssima ênfase ao dito dia 21 de dezembro, tanto que me pareceu que o foco do livro nem era essa profecia dos maias. Pode ser que ele tenha sido o pontapé inicial para a chegada dessa espiritualidade secreta, mas não é tão focado assim na data, o que me decepcionou um pouco, já que eu esperava algo totalmente diferente.

Não estou dizendo que é uma leitura ruim, muito pelo contrário. Ela é interessantíssima, mas é preciso ler com atenção. Como disse acima, li devagar pelo pouco tempo, mas sei que se lesse de novo eu poderia gostar mais, tanto que acho que o livro vale mais do que 2 estrelas. Então, fica a dica, mas leia com atenção e desapegue-se de qualquer pré-conceito que possa haver a respeito de religiões e espiritualidade, seja ela qual for.

POSTS RELACIONADOS

43 comentários

  1. Responder

    Lucas Maia

    20/11/2012

    Oi Gabi,
    tinha visto você falando já desse livro e me lembra o filme 2012, que na época só se falava que o mundo iria se acabar, como também, eu acho, que na virada para o ano 2000. Também, não acredito muito nisso, só acredito que existirá um dia do juízo final, digamos assim, onde pessoas merecedoras serão arrebatadas.

    Acho bem chato isso de uma boa ideia, mas uma execução não tão boa, como você citou do desenvolvimento do livro. E é ruim mesmo quando a gente não tem tempo e acaba não gostando tanto de um livro, por a leitura não ter sido continua e sim quebrada pela falta de tempo e cansaço.

    Beijos ;*

  2. Responder

    Ludmila

    20/11/2012

    Oi Gabi,
    Realmente parece ser uma leitura interessante.
    Ultimamente um dos assuntos mais comentados é sobre o fim do mundo… e é sempre bom ler algo que mexa com nosso lado espiritual e filosófico.
    Pena que teve os contras, mas udo bem… Quem sabe leio qualquer dia desses, já que minha pilha de livros esta imensa.
    Boa resenha! Gostei!
    Beijos

  3. Responder

    Beatriz Gosmin

    20/11/2012

    Nunca li nada apocalíptico, mas quem nunca ouviu falar do assunto?
    Adoro ler livros diferentes do gênero que estou acostumada, a gente consegue adquirir muito conhecimento e novas versões de ver e encarar o mundo.

    Gostei da resenha e eu também gostaria de ler o livro.

    Beijos!
    http://www.livroseatitudes.com.br

  4. Responder

    Lari

    20/11/2012

    Livros assim expandem a nossa mente. O preconceito nos limita muito, e essa é uma leitura onde temos que desafiar esses nossos julgamentos sobre religião.
    Gostei, parcee bacana. Pena que ele fugiu do foco.
    Beijos, Gabi!

  5. Responder

    Andressa

    20/11/2012

    Oi Gabi!
    Então, eu não sei se eu leria, sinceramente. Não gosto nenhum pouco de livros que envolvem conceitos religiosos/espirituais, por isso sei que não daria uma chance ao livro.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

  6. Responder

    Mari

    20/11/2012

    Oi Gabi,
    Esse livro eu estou curiosa pra ler, por se tratar de um assunto que cada dia estou ouvindo mais.
    Como é um livro que exige uma tenção maior acredito que vou deixa para as féias, pois fim de ano é um caos mesmo.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos
    http://marifriend.blogspot.com.br/

  7. Responder

    Beatriz

    20/11/2012

    O livro parece ser bem interessante, fiquei com vontade de ler desde quando vi um vídeo seu falando do kit dele e tal. Livros que falam muito de religião ou de filosofia costumam ser meio maçantes pra mim. Os que eu já li sobre esses assuntos, foram bem demorados e chatinhos. rs Mas gosto bastante de filosofia, então acho que vou gostar desse. Vai entrar pra minha listinha. ^^

  8. Responder

    Carolina

    20/11/2012

    Acho que por não acreditar na profecia, acabo não tendo interesse em livros assim. Li um, o da Vanessa Bosso, Uma Aventura no Fim do Mundo, e realmente não consegui me interessar, achei tudo meio sem sentido e passei o livro todo com um grande “wtf?” em minha mente haha

    Beijo

  9. Responder

    Marla

    20/11/2012

    O enredo até parece interessante, mas não fiquei muito entusiasmada com ele.
    *bye*

    Louca por Romances

  10. Responder

    Sandra

    20/11/2012

    Hey, Gabi! [smile]

    Esse tipo de livro exige mais atenção e concentração mesmo por parte da gente. Livros assim eu não gosto de ler de uma vez só. Eu leio um capítulo e paro, penso, reflito… absorvo aquilo que li… se necessário, vou pesquisar a respeito… e depois continuo. Mas gosto muito desse tipo de leitura, porque também é preciso crescer, né? 🙂

    Beijão e ótima semana!

  11. Responder

    Muriel M.

    20/11/2012

    Parece muito interessante a história, nunca havia lido nenhum livro que falasse sobre o assunto apocalíptico. apesar de já ter me interessado por alguns, como Apocalipse mas não tive a chance de lê-lo.
    Também não acredito na profecia de que o mundo acabará m 2012, foi a mesma coisa que falaram em 2000 (risos) e ainda estamos aqui! Mas é legal livros assim, mostram aventura. E no que você disse Gabi sobre o livro que precisa ler com atenção, concordo, pois aconteceu comigo também com um livro. O monge e o executivo, todos que leram esse livro falaram muito bem dele e quando li, demorei demais para termina-lo. Tornando minha opinião sobre ele diferente das demais.
    Estou muito interessada em ler A decima segunda profecia e seguirei seu conselho. Lerei com muita atenção!
    Beijo flor!

  12. Responder

    Yara Andrade

    20/11/2012

    Tenho muita vontade de ler este livro, ele parece ser muito interessante mesmo. Porém, fiquei meio decepcionada agora ao saber que ele não dá muito foco ao 21 de dezembro, mas ainda assim, quero ler o livro e tirar minhas próprias conclusões. Adorei a resenha.
    Beijos.

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

  13. Responder

    Raíssa Lins

    20/11/2012

    Não sei porque, mas assim que li a sinopse lembrei, de alguma forma, dos livros do Dan Brown. Se for assim, o livro tem tudo para me agradar. Entretanto, não sei até que ponto a falta de habilidade do autor em prender a minha atenção pode prejudicar a leitura. Acho que num livro como esse é fundamental que você esteja imerso no mistério, tanto quanto os personagens.

  14. Responder

    Naahh

    21/11/2012

    Adoro livros que mexem com religião, espiritualidade, filosofia e coisas do tipo, mesmo os que não falam disso diretamente… Como esse tem um foco maior nisso, pelo que eu entendi, parece uma boa opção pra mim. [wink] Pena que eu tô extremamente atolada com as coisas da faculdade e só tenho tempo pra ler quando estou no trem/metrô… [cry]
    Vai entrar na minha fila! Se tudo der certo (e o mundo não acabar XD) acho que até consigo começar 2013 com ele! haha!

  15. Responder

    Erica Ferro

    21/11/2012

    Oi, Gabi!
    Sabe de qual livro lembrei ao ler essa resenha? De “O Código Da Vinci”. Não que as estórias tenham algo em comum entre si, mas sim pelo fato de que os dois amigos desse livro que você resenhou e Langdon trabalhando arduamente pra solucionar um mistério, auxiliados por documentos, por textos, por mensagens codificadas, etc. Acho muito interessante esse tipo de livro. Muito mesmo. Dan Brown sabe bem como prender o leitor. Não sei se esse James Redfield sabe, mas acho que gostaria de pagar pra ver (risos).

    :*

    Sacudindo Palavras

  16. Responder

    alice aguiar

    21/11/2012

    eu nao sei se gostaria do livro sabe, nao é meu estilo de leitura.
    até te entendo quando a gente demora muito pra ler e esta ocupado, as vezes a gente cansa um pouco do livro

  17. Responder

    Leandro de Lira

    21/11/2012

    Oi Gabi!
    Eu já imaginava que esse livro não fosse tão bom. Antes mesmo de ler a sinopse, a capa não me conquistou primeiramente e depois que li a sinopse, fiquei mais desinteressado ainda.
    Entendo perfeitamente a questão da faculdade, mas acredito que isso não foi o que prejudicou a leitura. Acredito que a leitura em si não seja tão boa.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

  18. Responder

    Ellen Alves

    21/11/2012

    Oi Gabi! a sua resenha me deixou mais ou menos com vontade de ler!(como sempre) na verdade eu não gosto de livros com assuntos referentes a o fim do mundo…e você disse que a leitura é bem maçante isso me deixa a dúvida quanto a lê-lo, mais eu fiquei bastante curiosa! quem sabe um dia…
    Beijinhos♥

  19. Responder

    Raah

    22/11/2012

    Oi Gaby! Achei a sinopse desse livro muito interessante, convidativa até. Porém, não curto livros que me fazem pensar muito, o que acredito que aconteça pelo lado filosófico como você disse. Mesmo assim minha vontade em lê-lo ainda é grande. Ao todo parece um livro muito bom. Se algum dia tiver chance e ele caia em minha mãos com certeza lerei. 😉

    Beijos!

  20. Responder

    Preto no Branco

    22/11/2012

    Oi Gabi!!
    Entendo o que quis dizer, às vezes por falta de tempo ou por não estar no momento para certo tipo de leitura, a mesma acaba nos agradando pouco, mas se fosse em outra ocasião e lido com mais calma, provavelmente gostaríamos, nem que fosse um pouco mais, rs. A proposta é mesmo interessante, assim como você não acredito – e torço para estar certa, rs- que o mundo acabará, mas acho a temática interessante e completamente passível de discussão. É uma pena que os diálogos tenham sido um pouco maçantes e tudo mais, mas mesmo assim acho que daria uma chace ao livro, só não virou prioridade ou *desejo*, sabe? rs
    Adorei, beijo!

  21. Responder

    Camila Leite

    22/11/2012

    Se fosse para julgar somente pela capa eu podia jurar que era um auto-ajuda! rs
    Achei interessante a proposta do livro, apesar de não acreditar muito nessas profecias loucas, gosto muito de livros desse gênero.
    Beijos
    Camila Leite

    @sonhospontinhos
    http://sonhosentrepontinhos.com

  22. Responder

    Julia G

    22/11/2012

    Oi Gabi, jurava que esse livro era algo mais técnico, e não que contasse uma história. Tenho que confessar que fiquei bem mais animada agora, mesmo que sua opinião não seja assim tão empolgada.

    Beijinhos

  23. Responder

    Biia Rodrigues

    22/11/2012

    Esse é um livro que eu não tenho vontade de ler, não me interesso pelo nome, e quando li a sinopse o interesse continuou inexistente. Acho que só não faz parte do gênero de livro que gosto mesmo. Gostei de você avisar no inicio da resenha que por não ter tempo de ler ele pode ter acabo julgando mal *.*

    Beijos

  24. Responder

    Babi Lorentz

    22/11/2012

    Quando olhei pra capa do livro, mesmo sabendo que ele falava sobre um tema que me chama bastante a atenção, ainda que eu não acredite na profecia, acabei perdendo a vontade de ler porque ele me pareceu mais um auto-ajuda do que uma ficção… Não sei ainda se leria, Gabi. Acho que vou continuar nas minhas outras leituras sobre 2012.
    Beijos.

  25. Responder

    Cami

    22/11/2012

    Eu já meio que enjoei dessa coisa de 21 de dezembro. Ultimamente têm saído muitas coisas a esse respeito e dei uma chapada. Talvez eu leia ano que vem, se o mundo não acabar! Hahaha

  26. Responder

    Franciele

    22/11/2012

    Parece ser muito legal este livro.

    ATé mais.

  27. Responder

    Jacqueline Braga

    22/11/2012

    Oie Gabi
    primeira resenha que leio do livro,e achei super interessante, mas uma pena que não faça meu gênero de leitura 🙁
    bjos

  28. Responder

    Sandra

    22/11/2012

    Que delícia abrir o blog e encontrar seu recadinho! [smile]
    Eu gosto muito da história. Não faço parte da turma do “nossa, como essa trilogia é boa! como eu adoro! como sou fã!”, mas eu gosto, acho bem legal… rs. Recomendo, sim. É cheia de ação.

    Beijão, sua linda!

  29. Responder

    Poly

    22/11/2012

    Esse nao é o tipo de livro que serve para mim. Me perco muito fácil em diálogos longos 🙁
    A sinopse é interessante sim e achei bem legal a temática, mas acho que não o leria.
    Sobre o fim do mundo, estou assistindo à série com a Alinne Morais da Globo e AMO! 😀
    Bjuxxxx

  30. Responder

    Angelica

    23/11/2012

    Oi!!
    Não acho que este é o tipo de leitura que me atrairia, mas você me deixou curiosa. Por que não, quem sabe, dar uma chance ao livro?
    Beijos.
    Angelica
    http://www.angelicabrunatto.com.br

  31. Responder

    Grazy

    23/11/2012

    Oie Gabi !!!
    Que saudade daqui. Antes de mais nada, parabéns pelos 2 anos de blog, eu só pude visitar hoje, então só soube hoje. Parabéns atrasado.
    Esse foi um livro que não me chamou atenção para lê-lo, eu até queria ler um livro sobre a profecia maia, mas que falasse mesmo sobre ela e esse não me chamou a atenção em nenhum aspecto. Quem sabe se um dia chegar a ler, eu mude de opinião. rs
    Passando rapidinho só para dar um oi. Beeijoo flor !! Bom final de semana !! Bye !!

  32. Responder

    Amanda Almeida

    24/11/2012

    Oi Gabi, tudo bem?
    Eu tenho vontade de ler esse livro, mas em outro momento. Ando sem muito tempo pra ler – isso é bem frustrante – por isso estou escolhendo leituras mais leves. Mas tenho muita vontade de ler. Apesar de não acreditar muito na tal profecia.rsrs
    Abraços flor,
    Amanda Almeida

  33. Responder

    Sandra

    24/11/2012

    Fofaaaaaaaaaaaa!!! [smile]
    Passando pra te desejar ótimas leituras e um domingo feliz.
    To amadurecendo aquela ideia da comunidade no Orkut… cof cof… huahauhau

    Beijo grande no coração. [wink]

  34. Responder

    Pâmela Rodrigues

    25/11/2012

    Me lembro que ainda criança uma professora disse na sala de aula _ “quem gosta de ler, nao tem preconceito. Pode discordar, mas nunca atirar pedras”. NUNCA mais, esqueci disso. Incrível, né?!?!?
    Você é cuidadosa com suas resenhas. É detalhista. Mesmo que não goste de um livro ou que não esteja certa da avaliação, faz toda recomendação possível para que ele não perca leitores. Gosto disso, acho carinhoso. Mas como leitora você sabe, que preconceito é algo que passa longe pra quem gosta de devorar os livros.
    Ainda assim, parabéns pelo cuidado.
    Beijos,
    Pâmela Rodrigues
    http://listerealize.blogspot.com

  35. Responder

    Débora

    25/11/2012

    Oi Gabi,
    Eu adoro esses assuntos de profecias e fim do mundo. Se tivesse mais tempo iria estudar mais a respeito, mas infelizmente eu não tenho.rs
    Sei muito bem o que você quer dizer ao dar nota três ao livro por ter demorado na leitura enquanto fazia várias outras coisas. A gente sempre acaba perdendo algum ponto importante e a história pode perder o impacto total com isso.
    Vou ler em breve.
    Beijos!

  36. Responder

    Tata

    26/11/2012

    Havia visto este livro antes e confesso que não me deu vontade de ler, e o assunto do livro continua não me empolgando ! Mas para quem é supersticioso parece uma boa leitura. Beijoos

  37. Responder

    May

    26/11/2012

    Eu não recebi esse livro, como você sabe, mas nem fiquei muito interessada nele.. Acho que se tiver oportunidade e com as leituras em dia, até leria, numa boa, sem pré-conceitos, porque gosto da temática…

    Beijinhos,
    May :*

  38. Responder

    Bruna

    27/11/2012

    Esse não é um livro que me chama a atenção, apesar de não acreditar que o mundo ira acabar esse ano não gosto de ler sobre o assunto, mas por não ser tão focado no 21 de dezembro talvez eu goste, mas é quase certeza que não.
    Beijos!

  39. Responder

    Michelle

    27/11/2012

    Eu não acredito em profecias, mas acho que é um tema incrível para gerar histórias de ficção. Pena que faltou algo no desenvolvimento, né?
    bjo

  40. Responder

    Portal de Blogs Teia

    28/11/2012

    Olá.
    Adorei seu blog e gostaria de te convidar a divulgar sua postagem em meu Portal.
    Portal de Blogs Teia, um portal só de blogs de qualidade .
    Se interessar é só nos fazer uma visitinha,é grátis, rápido e não precisa cadastro.
    Espero que aceite.
    Até mais

  41. Responder

    monique carvalho

    23/01/2013

    não gosto de livros assim algo apocaliptico çç mas parabens pela resenha

  42. Responder

    monique carvalho

    29/01/2013

    nao curto esse tipo de livro 🙁 mas otima resenha gabi parabens

  43. Responder

    Karen Araki

    12/02/2013

    Oi Gabi eu ganhei esse livro, mas ainda nçao tive tempo de ler, mas achei a sinopse muito interessante. Espero poder ele em breve. Gostei bastante da sua resenha

ESCREVA UM COMENTÁRIO