Nicholas Sparks – A escolha

resenha do livro A escolha

A escolha
Nicholas Sparks
Editora Novo Conceito, 2012
307 páginas

Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta.
Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever.
Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?

Muitos alegam que Nicholas Sparks é cliché e, até pouco tempo atrás, eu dizia a mesma coisa, generalizando em relação a todos os seus títulos. Só que, com a leitura de “A Escolha”, percebi que não é bem assim: pode ser que aquela aproximação dos dois personagens seja muito semelhante em todos (vamos combinar: quase todos começam com um jantar super-romântico à noite, na casa de algum deles), mas o desenrolar da história é que faz toda a diferença. Você não tem como saber o final, e essa é a surpresa da história, esse é o modo como Nicholas consegue te fisgar, escrevendo de um modo a não deixa-lo largar o livro até finaliza-lo. Claro que você imagina que os dois vão ficar juntos em algum momento, nascendo algo lindo entre eles, mas o autor adora brincar com o destino.

Esse livro não foi o melhor que li de Sparks até então – ainda nenhum bateu a quantidade de lágrimas que derramei em “Diário de uma paixão” – mas não posso negar que tive que segurar o choro e que fiquei com o coração na garganta ao finalizar o livro. Esse é o problema em você ler algo do Nicholas: você só descobre o que aconteceu no epílogo. Até lá, só lhe resta virar as páginas freneticamente e cuidar pra não ter um desmaio de ansiedade – é sério!

Nesse livro, achei que os personagens foram muito fofos. Travis é aquele cara que curte aventuras, enquanto Gabby é toda regrada, fazendo as coisas sempre na linha. Mas ambos tem algo em comum: cachorros! E, apesar do fato de os dois serem vizinhos, é graças aos peludos que os dois se conhecem.

Mas a personagem que me cativou mesmo foi Stephanie, irmã de Travis. Ela é espontânea, gosta das pessoas e consegue manter uma conversa animada, independentemente da situação. Porém, o que mais gostei é o fato de ela entender, de verdade, as pessoas. Ela sabe o que você está sentindo apenas observando os seus gestos, as suas expressões. Ela te dá conselhos para o que ninguém conseguiu entender em você, até então. Acho que me identifiquei com ela, e queria que ela fosse real para adotá-la como melhor amiga. 🙂

Enfim, sempre vou indicar um livro do Nicholas Sparks. Se vocês acompanham o blog, sabem que sou fã das histórias dele. Mesmo sendo cliché, mesmo que você ache que é romântico demais… a minha opinião é que, se você quiser, vai sempre tirar alguma lição importante de cada história que ele cria. E, para mim, vale a pena ler uma história que pode ser cliché somente por esse motivo.

POSTS RELACIONADOS

27 comentários

  1. Responder

    Raíssa Lins

    julho 26, 2012

    Só li dois livros do Nicholas até agora e concordo com o que você disse: é impossível desgrudar do livro até o epílogo. Por vezes eu tinha certeza que a história teria um final feliz, depois já duvidava disso… é incrível como ele consegue nos prender nisso. Achei a sinopse e a capa do livro muito legais, parece bem típico das histórias dele. Estou com muita vontade de ler, mais até do que O Casamento.
    Beijos

  2. Responder

    Beatriz Gosmin

    julho 27, 2012

    Oi Gabi!
    Também adoro os livros do autor, e sempre tiro uma lição deles, não é só um ‘romance’ fofo.

    Nunca li diário de uma paixão, mas todos dizem que é ótimo!
    Vou ver se consigo ele como troca…!

    p.s. como você faz para deixar o menu drop down na horizontal? Passei a tarde toda ontem tentando instalar um (consegui, mas na vertical)… é só mudar alguma coisinha ou é trabalhoso?

    Beijos!

  3. Responder

    Blanc

    julho 27, 2012

    ooi!

    😀

    Adorei a resenha! Um dos poucos livro dele que eu quero ler.
    Bacio, Blanchard
    modaeeu.blogspot.com

  4. Responder

    Claris Ribeiro

    julho 27, 2012

    Eu nunca gostei de romances, tanto em livros quanto em filmes, mas não resisto a uma obra do Nicholas Sparks, fico apaixonada por todos os livros que eu leio dele, cada um mais emocionante que o outro!
    Ainda não tive a oportunidade de ser esse, e estou muito curiosa e louca para ler! Adorei sua resenha, me deixou com mais vontade ainda! *-*

  5. Responder

    Ludmila

    julho 27, 2012

    Oi Gabi,
    Você sempre vai indicar os livros do Nicholas Sparks e eu sempre vou ler.
    Pq podem falar e achar os livros dele cliché, mas eu adoro suas histórias…
    Ele sabe como contar suas história… no prende do ínicio ao fim… nos derruba… nos faz sorrir… chorar (muito)… mas também nos faz acreditar.
    Por isso suas histórias encantam.
    Não vejo a hora de começar a ler A Escolha, já estou com o meu em mãos [love]
    E não vejo a hora de estar com O Casamento em mãos também, acho que vou gostar muito desse.
    Beijos!
    Ótima sexta para você!

  6. Responder

    Izabella

    julho 27, 2012

    Eu li este livro e estou apaixonada por ele, a cada livro o Nicholas surpreende mais!
    Beijos e adorei a resenha [happy]

  7. Responder

    Beatriz

    julho 27, 2012

    É impossível não desgrudar desse livro, Nicholas Sparks sempre surpreendendo a gente. [love]

  8. Responder

    Flávia

    julho 27, 2012

    Cachorros, yeah!! Amo romances, embora você sempre torça pra que eles se apaixonem e dê tudo certo. Ás vezes é bom sair do comum e ver algo não se encaixando logo de cara.

    beijoos.

  9. Responder

    Ana Caroline

    julho 27, 2012

    Nossa, Gabi, que bom que você gosta dos livros do Nicholas, porque eu, ao contrário, odeio. são muito clichês, muito melosos, cheios de mimimi. O único que eu gosto é ” Última Música”, porque tem uma história realmente emocionante, e uma lição de vida mesmo 🙂
    Fora esse, já li mais três livros do autor – Querido John, Diário de Uma Paixão, Um Amor Para Recordar – e ele não consegue me atrair de jeito nenhum. apesar disso, eu sempre acabo dando uma chance, não sei por que, rs.

  10. Responder

    Bruna

    julho 27, 2012

    oii Gabi!

    eu também SEMPRE vou indicar os livros do Nicholas. Ainda não li a escolha, mas sua resenha me cativou demais a querer ler o mais breve possível… foram que eu também amo cachorros^^

    adorei a resenha!

    megaa bjoo
    ;**

  11. Responder

    Mônica

    julho 27, 2012

    Hey!
    Eu ainda não li nenhum livro do Nicholas D: , já li várias resenhas … tanto positivas quanto negativas … ou que simplesmente consideram as obras (como você mesma disse) cliché!
    Não sei se o filme O Diário de uma Paixão é parecido com o livro … mas o filme eu já vi, e acho que foi o filme que mais me arrancou lágrimas até hoje!
    Gostei da sua resenha e até fiquei com vontade de ler A Escolha ou algum outra obra dele … quem sabe quando eu der uma diminuída na minha pilha de livros ^^

    ;*

  12. Responder

    Karen

    julho 27, 2012

    Oie! Sempre leio seu blog, mas raramente comento. Sabe como é a preguiça, né? xD
    Então, li esse livro recentemente e tb me surpreendi. Mas, ao mesmo tempo, achei um pouco mais do mesmo. Amo o Sparks, meu livro preferido da vida é “Um amor para recordar”, e filme idem, mas essa coisa de sempre todos felizes no final tá começando a me incomodar hahaha
    Enfim, seu blog é lindo DEMAIS, sério. É o mais cute ever! *-*
    Tenho muita vontade de ter um blog, preciso de mais disciplina pra isso. Tava lendo seu about, a parte do “101 em 1001”, e vi vc falando de não trocar o layout. Não troque mesmo e venda pra mim quando for trocar! kkkkkk sério, é o layout mais lindo que já vi em todos os blogs! Rosa com esse bege/marrom ficou perfeito, sério, babo demais!
    Parabéns por tudo, é tudo muito lindo e delicado! [wink]
    Beijão! <3

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      julho 28, 2012

      Oi, Karen!

      Como assim raramente comenta? Hehe, pode comentar mais, viu? Gosto quando as pessoas deixam suas opiniões sobre os posts, o blog e o que mais quiser ^^

      É, eu tenho uma relação de amor e ódio com meu layout: às vezes eu amo de paixão e outras eu tenho vontade de trocar porque enjoo demais! Quando trocar vendo pra você, sim, haha. Se criar um blog, me avise pra eu te visitar!

      Beijão!

  13. Responder

    Patricia Jabour

    julho 28, 2012

    Ótima resenha Gabi!
    Nunca li um livro do Nicholas, não gosto de emoções muito fortes heheh Mas confesso que algumas de suas obras estão em minha lista de desejados. É incrível como ele escreve histórias românticas e com um apelo emocional incrível (repito, nunca li um livro dele, mas já vi os filmes Diário de Uma Paixão e Um Amor Para Recordar… Claro, filmes nunca são totalmente fiéis aos livros, mas, pela tamanha beleza e profundidade de sentimentos vistos nos filmes, imagino como são os livros).
    Enfim, ainda lerei algo dele, embora não saiba se consigo aguentar tamanha ansiedade, como você citou no post (e eu bem que queria receber um marcador quando comprasse o livro heheh achei lindo *-*)

    Beijos

  14. Responder

    Estefanie Germanotta

    julho 28, 2012

    Também adoro os livros e os filmes dos livros do Nicholas Sparks, mesmo sendo cliché, como você disse. Sempre me emociono. Ainda não li esse, mas parece ser ótimo.

    Beijos
    Coisas Fúteis

  15. Responder

    May

    julho 28, 2012

    Eu só li dois livros do Nick até agora, sendo esse um deles. O outro foi Um Homem de Sorte, que eu achei melhor que A Escolha, porém, esse último me surpreendeu bastante, pois saiu da zona cliché do autor, como você mesma disse! Adorei.

    Beijinhos,
    May :*

  16. Responder

    Tais

    julho 28, 2012

    Eu ainda não li esse até porque sei que quando ler provavelmente irei chorar assim como nos outros livros do NS mais mesmo assim estou bem curiosa pela história, ainda mais por envolver cachorros.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

  17. Responder

    CheiroLivros

    julho 29, 2012

    AWN, adoro dogs! Eu nunca tinha entendido o que o marcador do livro (que é um cachorro) tinha haver com a história, até agora. Confesso que peguei para ler Nicholas uma vez sentada na livraria, mas não curti muito não. Acho que os cachorros talvez se tornem algo mais atrativo para mim na leitura, caso eu decida realmente ler o Sparks talvez esse livro seja uma escolha melhor do que o primeiro que eu peguei. E realmente, qual o problema em ser cliché? Oo

  18. Responder

    Nana

    julho 29, 2012

    Hey
    Ah comecei a admirar o Nicholas pelas histórias das adaptações dele.
    Quando li Querido John (que não gostei da adaptação) me encantou, e nossa.. nunca tinha chorado tanto com um livro.. é estou com medo de ler Diário de uma paixão.. o filme já fez o serviço lágrimas on my face…

    A escolha parece ser um livro mais ‘light’.. eu acho, é o que me passa pelas resenhas que leio. E o kit é super fofo, né?

    beijos e um bom domingo!
    Nana – Obsession Valley

  19. Responder

    Bruna Reis

    julho 30, 2012

    Estou com esse livro para ler em casa, e estou curiosa, pois nunca li nada do Sparks, ainda. Todo mundo fala muito bem dele. Não sei se vou gostar porque não gosto de histórias tão românticas, apenas se elas têm um toque de humor ou são realistas. Veremos o que vou achar XD
    Adorei a resenha, fiquei com mais vontade de lê-lo logo.
    Beijos Gabi

    Bruna Reis
    desbravandohistorias.com.br

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      julho 30, 2012

      Bruna, acredito que os livros dele são realistas, sim. É claro que são românticos e tal, mas é uma história que você consegue, tranquilamente, inserir no dia a dia. Fala sobre pessoas comuns, sobre coisas que podem acontecer com qualquer um de nós. Espero que você goste! ^^
      Beijos.

  20. Responder

    Erika Tammy

    julho 31, 2012

    [heart] Nicholas Sparks é um ótimo escrito, mesmo sendo clichê como muitos falam por ai. sempre que leio um livro dele fico muito emocionada e consigo tirar algumas lições. desse seu jeito clichê ele consegui chegar ate o leito e prende-lo a ate o epilogo e eu acho isso ótimo. adorei a a resenha como sempre Gabi e estou ansiosa para ler esse livro 🙂
    beijos flor e tenha uma linda semana!

  21. Responder

    Leandro de Lira

    agosto 2, 2012

    Oi!
    Eu gostei desse livro, porém esperava mais. A segunda parte é muito deprê, o que me incomodou um pouco.
    Mas no geral, o livro é bom.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

  22. Responder

    Juliana

    janeiro 29, 2013

    Oii Gabi,

    descobri o blog a pouco tempo e já estou encantada. Sou apaixonada por livros, principalmente romances e li quase todos do Nicholas. na segunda parte de “A Escolha” praticamente virei a madrugada lendo, não conseguia parar. deixo aqui também uma sugestão de leitura “O melhor de mim” (também do Nicholas)que se tu se emocionou com “A Escolha” esse também tem um final surpreendente e me arrancou várias lágrimas.

    Bjus!! [heart]

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      janeiro 29, 2013

      Seja bem vinda ao blog, Juliana! Espero te ver mais vezes por aqui, ok? [wink]
      Sei o que é virar a noite lendo, já aconteceu comigo, hehe. E eu ainda não li O melhor de mim, mas ~acho~ que tenho, então quando tiver um tempo vou ler com certeza! Adoro o autor, e leio tudo dele, haha!
      Beijos.

  23. Responder

    monique carvalho

    fevereiro 1, 2013

    sou louca por todos os livros do nicholas

ESCREVA UM COMENTÁRIO