Almir Correia – Anúncios carentes de bichos abandonados por gente

Anúncios carentes de bichos abandonados por gente
Almir Correia
Editora Biruta, 2013
44 páginas

Cães, gatos e vários outros bichos deixaram por aqui seus anúncios – eles buscam por donos que possam dar um pouquinho de carinho a eles.

A Tila quer uma dona grandona, Betoneira adora ver televisão, Pangaré anda pelas estradas à procura de um dono, e o Galope grita aos quatro cantos “Me Adote, eu faço Estrogonofe”.

E aí? Algum desses animais pode virar seu bichinho de estimação?

Folheie algumas páginas deste livro clicando aqui!

Eu sou apaixonada por cachorros, e sofro quando vejo qualquer tipo de maltrato com esses animais que não têm como se defender. Quando vejo algum bichinho andando, a esmo, na rua, penso em trazê-lo pra casa, em lhe dar carinho, mas infelizmente não posso. Já temos dois adotados e, embora tenha muito espaço no coração, não tem espaço na casa. O mundo deveria ser mais justo, pensar nesses tipos de vida que não tem ninguém, que andam sozinhos, implorando por carinho, por comida, por alguém. As pessoas andam tão centralizadas em seus próprios compromissos, que não param e pensam que logo ali, você pode estender a mão e ganhar um amigo, um companheiro que fará festa quando chegar em casa, que dará lambidas por qualquer motivo e que nunca, nunca vai te abandonar. Tanta gente procurando por amigos e… os animaizinhos estão oferecendo uma amizade sincera.

Apesar de ser um livro bem pequeno, “Anúncios carentes de bichos abandonados por gente” veio me tocando de mansinho, aos poucos, sem que eu percebesse. Como o nome já prevê tudo o que encontramos no livro, já soube, de antemão, que sentiria aquele aperto e aquela dor no coração de ler e imaginar tantas vidinhas por aí passando frio, fome, sede, falta de amor. D:

Essa mensagem precisa ser dividida e transmitida. A mensagem de adotar um amigo, de fazer um pequeno e inocente bichinho feliz. Acredito que esse livro deve ser lido por todos os adultos a seus filhos, irmãos, sobrinhos… esses pequenos e gentis poemas precisam chegar até as crianças, para que elas tomem consciência dos abandonos que acontecem em nosso mundo. Apesar de tratar de um assunto triste, os poemas escritos pelo autor são leves, divertidos e perfeitos para serem lidos para e pelas crianças.

Fofo, cativante. Deem de presente, conscientizem. Muitos amigos estão aí, à espera de você.

POSTS RELACIONADOS

6 comentários

  1. Responder

    alice aguiar

    07/10/2013

    awn parece ser um livro muito meigo <3

  2. Responder

    Suzi

    07/10/2013

    Parece que o livro foi feito pra isso mesmo, conscientizar as pessoas. Tem tanto cachorro nas ruas, precisando de um lar. Também não tenho espaço em casa (nem quintal temos mais)… ;__;

  3. Responder

    Mirelle

    07/10/2013

    Aiii, esse livro é lindo demais neh.. me emociono só de ver as imagens. Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

  4. Responder

    Amanda Almeida

    07/10/2013

    Oi Gabi, tudo bem flor?
    Também sou apaixonada por cães, e me dói o coração não poder fazer mais sabe? Mas o bom é que hoje a cada vez mais campanha incentivando a adoção.Que lindo o livro, e o cãozinho da capa me lembrou me cachorrinha *-*
    Abraços,
    Amanda Almeida

  5. Responder

    Sharon

    08/10/2013

    Oiee.
    Me empolguei e acabei comentando no post passado, hahaha, faço dessas, mas dá nada.
    Então, que coisa mais amada esse livrinho, MEEEU DEEEUS [love]
    Dei uma olhada por dentro ali e oq é aquele poema do pumzinho ? hahaha coisa mais querida. Lembro até hoje da minha cadelinha peidando debaixo das cobertas quando era bebê, awww
    Livro muito bem bolado, sacada boa essa, de plantar a semente da adoção nas cabeças ainda bem férteis. Se eu ver esse livro por aí, vou abocanhar ele pra mim, com certeza.

    Bjooos.

  6. Responder

    Catarina

    09/10/2013

    Ai Gabi, adoro tudo que envolve bichinhos de estimação. Sou apaixonada por eles.
    Tenho uma cadelinha que significa demais pra mim.
    Esse livro deve ser muito fofo, e com leitura agradável. Adorei sua resenha!
    Beijos

ESCREVA UM COMENTÁRIO