Bruno J. Gimenes – Decisões

Decisões – Encontrando a Missão da sua Alma
Bruno J. Gimenes
Editora Luz da Serra
168 páginas

A conscientização de que temos uma missão pessoal e o entendimento da importância em trilhar a vida de acordo com essa meta, são chaves para uma vida feliz e plena. Essa compreensão é o instrumento básico para tomar decisões acertadas na vida e entender que os problemas de hoje podem ter origem nas escolhas mal feitas do passado: esses são atributos fundamentais para qualquer pessoa recriar suas atitudes e comportamentos.
Perceber que a função dos problemas, sofrimentos, doenças, são apenas sinais que indicam necessidade de mudança, colocam o individuo sob um novo prisma no que se refere à sua capacidade de evoluir com as adversidades. Aprender a reconhecer esses sinais, adquirir habilidade para realizar os ajustes na rota, são recursos preciosos que podem tornar nossa vida uma experiência de total sucesso em todos os aspectos.

Eu agradeço em primeiro lugar à editora Luz da Serra por te me cedido este exemplar para ler e fazer resenha (assim como me mandaram também o exemplar de “Encontro de Eus”, que eu esqueci de mencionar nesta resenha). Os livros são escritos para pararmos um pouco nosso ritmo frenético e alucinado que vivemos atualmente e pensar sobre o que estamos fazendo aqui, qual a nossa missão, o que queremos da vida.

O livro “Decisões: encontrando a missão da sua alma” fala sobre as decisões que tomamos ao longo da vida, sobre como optamos viver, como optamos evoluir nessa existência, assim como muitas outras questões referentes à nossa capacidade de escolha.

O livro é rico por abordar estas várias questões relacionadas ao nosso poder de escolha e, antes de chegarmos ao ponto em que fala sobre decisões, já estamos mais esclarecidos com relação a alguns aspectos aos quais precisávamos estar para poder fazer uma escolha que nos leve ao melhor caminho. Mais um livro nota 10 do Bruno e da editora. A diagramação está igualmente maravilhosa.

PS: sei que algumas pessoas não gostam de ler este tipo de livro de autoajuda, mas este não é nem de longe chato como alguns que encontramos por aí. Este livro vai fundo nas questões, a ponto de você parar e se questionar se o que está fazendo está condizente com a missão da sua alma, se você está se sentindo realizado fazendo isso. Sem mais, recomendadíssimo!

“A busca do ser humano pela felicidade não está nas vitrines dos shoppings ou numa bela conta bancária, como muitos acreditam. Mas no autoconhecimento e na aproximação com aquilo que é verdadeiro, permanente e eterno: o espírito.”

“… semelhante atrai semelhante, coisa boa atrai coisa boa, e ruim atrai ruim.”

“A autoestima floresce também quando contemplamos a beleza que está presente nas coisas mais simples da vida, como as plantas, a natureza, o Sol, a chuva, o vento.”

POSTS RELACIONADOS

17 comentários

  1. Responder

    Biialou

    08/06/2011

    Oiie Gabi,
    os quotes desse livro me fez lembrar de O Segredo, a filosofia que eu tenho seguido no último ano, depois que fiquei “doente”, e pra mim tem funcionado, mesmo não gostando muito de livros de auto-ajuda, ou auto-conehcimento, esse me parece bem interessante.

    Obrigada pela visita!
    xoxo

  2. Responder

    Ju Lemos

    08/06/2011

    Eu sou uma das pessoas que não gostam de ler livros de auto-ajuda, a mim parece que não ajudam nd e nunca seguimos o q estamos lendo msm… Porém tenho que concordar em algumas citações que vc conta sobre a livro.

    Decisões dificl toma-las…

    Bju

  3. Responder

    Julia G

    08/06/2011

    Eu realmente não sou fã de livros de auto-ajuda, mas existem alguns poucos que li e amei. Pelo que você diz, esse se encaixa mais nessa classificação 😉

  4. Responder

    Sanzinha

    08/06/2011

    Gabi, eu leio de tudo.
    Sempre digo que toda leitura nos ensina alguma coisa, nem que seja uma palavra nova.
    Também gosto muito de ler sobre coisas que edificam. Acho que devemos, sim, buscar melhorar sempre. Seja com livros ou, melhor ainda, com atitudes. “Examinai de tudo e retende o que é bom”, já dizia Paulo, não é?
    Anotei o nome do livro.Vou procurar. 🙂

    Beijo grande!

  5. Responder

    Renata

    08/06/2011

    essse livro parece ser mto bom! [love]
    ótima resenha!
    obrigado pela dica de leitura!!!

    bjoss

  6. Responder

    barbara

    09/06/2011

    Adoro esse tipo de livro !
    Adorei a resenha … consequentemente o livro … ehehehe.
    Penso que nós devemos buscar nossa evolução constantemente, muitas vezes é difícil mas nunca é impossível.
    Tudo depende de nós, pois colhemos somente o que plantamos…
    Ótima dica de leitura!
    Bjus

  7. Responder

    Bruna

    09/06/2011

    Oi Gabi, é aquele tipo de livro que você se lembra de que a vida não é simplismente assim, só fazer as coisas e não refletir sobre elas.

    Muito legal a resenha flor!!
    Beeijooos

  8. Responder

    Bruna

    09/06/2011

    Já eu não curto muito esse tipo de livro, nem uma resenha boa como a sua me faz querer ler haha mas são gostos né!!!
    Tu chegou a receber meu email com os desenhos e tudo mais?
    Beeeijos Gabi

  9. Responder

    Gabi

    09/06/2011

    Ao contrário de “Encontro de Eus” esse me agradou mais, realmente parece ser um livro muuito bom!
    Sempre digo que coisas boas atraem coisas boas e vice-versa, o trecho desse livro só me fez acreditar mais ainda nisso huewihaie
    Beijos ;*

  10. Responder

    maria lima

    09/06/2011

    aaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhh…
    seu blog eh lindoooooooooooooooooooo…
    caih aki navegando na net e d cara amei, pq duas das 3polaroid no topo do site eu tenho como fotinho no meu cel!!!
    amo ler ler ler.. tenho face, +n gosto do twiter..daih desisti da promo d um amor p recordar.. li o livro um milhão de vezes, +leio em e-book. amo e-books ateh no celular.. rs
    olha, tah favoritada.. vivo fuxicando sites de livros. adoro o http://www.skoob.com.br e o http://livrosemserie.com.br/ e vivo dando umas olhadas em http://www.nytimes.com/best-sellers-books/overview.html ……
    bom, bjinhos e mts mts mts properidades..
    Maria

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      27/06/2011

      Oooi, querida!
      Desculpa pela demora a responder seu comentário. Obrigada por todo o carinho, viu? Fique sempre ligada aqui que sempre tem sorteios novos, e dá pra participar mesmo tem ter twitter! [smile]
      Beijão!

  11. Responder

    Kaah'riny -

    09/06/2011

    Alguns livros de auto-ajuda realmente apelam muito, mas em geral eu gosto muito, principalmente quando o assunto tratado é interessante. Esse parece ser bom, leria numa boa.

    (:
    Bjuu’

  12. Responder

    Bruna

    09/06/2011

    oii amiga!!!
    que legal o blog com parcerias, muito feliz por você!
    sabe que eu nunca li um livro de auto ajuda?
    mas como você disse que este não é daquele estilo “chato”, vou procurar pra ler^^

    megaa bjoo
    ;**

  13. Responder

    Miss Carbono

    10/06/2011

    Não gosto muito daqueles auto-ajuda tradicionais mas gosto desses mais “inspiradores”, que falam sobre missão pessoal etc. Achei o livro bem interessante, a resenha ficou muito boa!

    Com certeza leria =)

    teh mais

  14. Responder

    Natalia

    10/06/2011

    Sabe que eu acho qu eestou precisando ler um livro desses, ultimamente eu tenho tido mais pensamentos ruins do que bom, e é aquela coisa ne um atrai o outro 🙁

  15. Responder

    Fernanda

    10/06/2011

    Ei Gabi,

    Não faz muito meu estilo não, mas gostei muito dos trechos que você citou.

    bjoo
    Nanda.

  16. Responder

    Luana

    10/06/2011

    Bah que nem vc dsse eu sou dessas que não curte muito uma tristeza, mas pior que já tentei menina.

    Bjs

ESCREVA UM COMENTÁRIO