Resenha do filme: Ela

resenha do filme ela

Ela
Gênero: drama, ficção científica, romance
Ano: 2013
Direção: Spike Jonze
Duração: 2h06min

Em um futuro não muito distante, o escritor solitário Theodore compra um novo sistema operacional desenhado para atender todas as suas necessidades. Para surpresa de Theodore, começa a se desenvolver uma relação romântica entre ele e o sistema operacional. Essa história de amor não convencional mistura ficção científica e romance em um doce conto que explora a natureza do amor e as formas como a tecnologia nos isola e nos conecta.

Apenas acabei de assisti-lo e estou pensando em uma maneira de escrever essa resenha de uma forma que eu consiga transmitir pra vocês tudo o que o filme me transmitiu. Tá sendo um trabalho duro (lê-se: impossível) encontrar as palavras corretas, mas vou tentar.

Tudo acontece em um futuro onde se você quer escrever um e-mail você apenas diz “escrever e-mail para Fulano”, fala o conteúdo do seu e-mail e finaliza apenas dizendo “enviar”. Um futuro onde o sistema operacional do seu celular lê o seu e-mail e se você não quiser ouvi-lo diz apenas “deletar”. É isso que Theodore Twombly basicamente faz no seu dia-a-dia, só que ao invés de escrever e-mails ele escreve cartas. Esse é o trabalho dele, ele é um escritor que escreve cartas a pedido de alguém para uma determinada pessoa, é como um mediador entre essas duas pessoas. Theodore é casado, digo… ERA casado, está separado (não se divorciou oficialmente) há 1 ano e pode-se dizer que é um homem solitário.

Então ele conhece Samantha, digo… ele comprou Samantha… Na verdade, Theodore comprou um novo sistema operacional (SO) pro seu computador (e pro seu smartphone também), a diferença é que esse é o primeiro SO inteligente, é como se ele tivesse um cérebro, e Samantha é a “voz” do SO.

resenha do filme ela

Eles conversarem quando ele estivesse sozinho em casa seria mais que normal, afinal, por que não conversar com alguém? Até eu conversaria se tive um SO inteligente, não é fascinante você estar conversando com um computador que te entende? “Eu quero saber tudo sobre tudo”, isso foi o que a Samantha disse em uma de suas conversas. Conversa vai, conversa vem, acaba que Theodore desenvolve um sentimento por Samantha, digo… pela voz dela, afinal, isso que ela é, uma voz em um computador.

Onde é que essa relação entre eles dois pode parar? Seria possível realmente um namoro entre eles dois? Theodore seria tão solitário assim a ponto de se apaixonar por uma voz? Só assistindo pra saber 😉

resenha do filme ela

WOW! Essa foi a minha reação quando terminei de assistir o filme. Quão tocante, afetuosa, estranha e sexy essa relação deles dois pode ser? Eu respondo: muito. Bom, estranha pra mim que vivo na era onde relacionamentos socialmente aceitáveis só acontecem entre duas pessoas, mas no filme, com o lançamento do novo SO, namorar com alguém virtual é normal.

A fotografia do filme é divina, os cenários filmados enquanto Samantha fala algo de duração maior, são fantásticos. Os cenários em si (casa do Theodore, lugar onde ele trabalha) são lindos, algo meio minimalista e colorido no tom exato, sem exageros, lugares com aspecto calmos, meio retrô e meio moderno.

Os personagens são basicamente Theodore, uma amiga do trabalho e Samantha (voz da Scarlett Johansson), mas o filme não consegue ficar chato ou entediante em nenhum momento, você só quer saber o que vai acontecer com os dois. Ah, já ia me esquecendo… A trilha sonora é linda, linda, linda.

POSTS RELACIONADOS

18 comentários

  1. Responder

    Fabiana Strehlow

    20/02/2014

    Que legal!
    Diferente, sem deixar de ser original!
    Vou tentar assistir!
    Muito obrigada pela dica, Bia!!

  2. Responder

    Máh

    21/02/2014

    Oie sua linda =)
    Espero ver o filme e gostar tanto quanto você, gostei da proposta e das imagens que colocou.
    Beliscões carinhosos da Máh <3
    Blog

    • Responder

      Bia Medeiros

      30/03/2014

      Obrigada! Que bom que gostou, assista o filme e você irá gostar também [dead]

      Beijos.

  3. Responder

    Camila Loricchio

    21/02/2014

    Estou loucamente ansiosa por esse filme!
    Uma penca de amigo assistiu e ficou “COMO ASSIM você não assistiu ainda???”, mas tinha esquecido de procurar a sinopse já, haha
    Vou correr pra assistir agora!

    Beijos!

    • Responder

      Bia Medeiros

      31/03/2014

      Sim, assista mesmo é muito bom e você não se arrependerá ><

      Beijoss!

  4. Responder

    Amanda Almeida

    21/02/2014

    Ola Bia, tudo bem?
    Fiquei curiosa quanto ao filme, apesar de que a premissa dele causa certa estranheza. Tenho lido inúmeros comentários positivos. Acho que vou assistir pra tirar minhas conclusões.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    • Responder

      Bia Medeiros

      31/03/2014

      Olá Amanda, tudo ótimo!!

      Realmente a temática dele é meio estranha, até então não conhecia um filme com esse tema [lol] Assista, acredito que você irá gostar 😀
      Bjs.

  5. Responder

    Aline T.K.M.

    21/02/2014

    Filme lindo. Assisti no fim de semana passado e digo que o filme me surpreendeu. A maneira como somos levados a olhar aquela relação entre o protagonista e um sistema operacional, com sentimentos tão reais e conflitos perfeitamente humanos. Com certeza é um filme do qual vou me lembrar por muito tempo.

    Um beijão, Livro Lab

  6. Responder

    Cora

    21/02/2014

    Sendo honesta não é o tipo de filme que escolheria pra assistir, a menos que me indicassem. [dead] Adorei (e muito) o elenco do filme, e depois de vários comentários positivos sobre ele fiquei até com vontade de assistir. [smile]

    Beeijo! :*

  7. Responder

    maah music

    22/02/2014

    Olá, tudo bem?
    Estou ansiosa de ver o filme, depois de ler o post a minha curiosidade aumentou. bOM, EU AMEI A TRILHA SONORA DO filme, é algo que tem muito haver, sei lá, eu vejo muitos filmes e as vezes acho que a trilha sonora não bate.

    Outra coisa que amei foi o post de rosa lá em cima, ficou perfeito o post e claro o conteúdo me fez fica mais curiosa.

    beijo,
    @maahmusic
    http://www.maahmusic.com

  8. Responder

    Bruna

    22/02/2014

    Oii Gabi!

    esse filme deve ser fofo demias!!! com certeza procurarei para assistir.
    megaa bjoo
    ;**

  9. Responder

    Brenda

    22/02/2014

    [think] Filme bem original mesmo, nunca conseguiria pensar em um “romance” entre um sistema operacional e um homem ‘-‘ [omg] mas parece ser bem legal !! Vou dar uma assistida nele 😀

    Crazy Girl ☁

  10. Responder

    Juliana

    23/02/2014

    Estou louca pra ver esse filme. Já passou o trailer em vários filmes que vi no cinema, mas ele ainda não tinha estreado e eu sempre ficava com a boca aberta no trailer! Quero muito ver! Essa é a primeira resenha que leio e me deixou mais encantada ainda. É algo assim que espero dele, essa coisa perfeita :}
    Espero assistir essa semana ainda!
    As músicas são lindas!!! 😀

    Beijos!

  11. Responder

    Mariana Moura

    23/02/2014

    Que inusitado, me lembra aquele filme Simone, em que o cara cria a mulher perfeita no computador. Ainda não sabia sobre o que era o filme e agora, depois de ver o trailer e a resenha fiquei com muita vontade de ver, parece ser um filme muito sensível.

    As Coisas que eu quero lhe Falar

  12. Responder

    manie

    23/02/2014

    oh meu deus… você não tem ideia da pouca quantidade de resenhas que me prende do jeito que a sua me prendeu! sério, muito bem escrita, explicada… incentiva realmente a gente a assistir ao filme.

    eu tinha visto o poster e não me interessei por ele, mas você me fez querer assisti-lo! vou reservar um tempinho na minha semana pra ir até o cinema apreciar essa obra de arte (voz da scarlettttt, como assimmmmmm? agora que eu vou MESMO!)

    beijos!

    http://www.pe-dri-nha.blogspot.com

  13. Responder

    Dud's

    23/02/2014

    Este filme é lindo demais! Ao mesmo tempo em que ele é “futurista” é assustador de tão atual! Amei mesmo!

  14. Responder

    Adriana Balreira

    24/02/2014

    Estou louca para ver esse filme. Vi no GNT no Saia Justa dos homens. Adorei a sua resenha, me atiçou mais ainda para ver. Eu adoro esse ator.
    Beijos
    Adriana

ESCREVA UM COMENTÁRIO