Domício Martins Brasiliense – Encontro de Eus

Encontro de Eus
Domício Martins Brasiliense
Editora Luz da Serra
128 páginas

Nosso Eu está precisando de atenção especial, desejando ser ouvido e compreendido, de certa forma pedindo socorro. A falta de compreensão do que seja trilhar e como conduzir nossas vidas tem nos deixado triste.
Encontro de Eus – Um caminho… Uma vida diferente… propicia a descoberta do Novo Eu. Conduz uma reflexão crítica, abordando aspectos fundamentais para a compreensão do que somos hoje a partir do somatório de fatos, lembranças, noções de amor e opções que fizemos.
Mais do que denunciar o Eu desgostoso e oprimido, aponta aspectos relevantes para que tenhamos opções a partir da adequada percepção das coisas a nossa volta.
Desenvolve a escuta necessária aos nossos sentimentos, preconizando um Eu de possibilidades a novas descobertas e mudanças para a felicidade.

Este é um dos livros que eu mais encontrei dificuldade em escrever a resenha, e digo o porquê: o livro aborda tantas questões básicas e ao mesmo tempo profundas, tudo isso analisando apenas o nosso “Eu”, que teria que escrever outro livro para falar de tudo o que o autor conseguiu abordar em pouco mais que 100 páginas. Mas vou falar sobre alguns assuntos, apenas. O resto, vocês terão que ler o livro para descobrir. E vocês teriam que ler mesmo, pois o livro é muito bom.

“Encontro de eus” trata vários aspectos sobre a questão do eu: por que colocamos todas as coisas apenas pensando em nós mesmos, por que fazemos as coisas que só nós mesmos gostamos? Por que privatizamos tanto o nosso “eu” e não pensamos em “nós”? Essas questões vão evoluindo, de capítulo para capítulo, fazendo o leitor pensar em sua própria vida, identificando-se com o livro e questionando-se por que tem pensado só em si mesmo durante toda a vida.

O autor também coloca a questão de evoluirmos o nosso Eu, de começarmos a enxergar a vida e o que nos rodeia de uma forma diferente. É, na verdade, uma mudança, que, se você está disposto a aceitar de coração, poderá viver muito melhor, em paz e no caminho que você quer para você mesmo.

“Mas todos somos Seres em busca do amor e, cada um à sua maneira, aprende a construção do amor nas experiências desta e de outras vidas, por isso é importante termos uma visão clara do que estamos sendo hoje.”

Este é um daqueles livros que abrem nossos olhos para o que estamos, não apenas vivendo, mas definitivamente sendo, nos dias de hoje. O livro aborda nossos objetivos nesta vida, como encaramos os desafios, o que estamos fazendo do nosso tempo e da nossa convivência com os outros seres iguais a nós. Pois afinal, como é citado no livro: “Eu sou um ser único, sem dúvida, mas sou muito mais ao lado do meu irmão que é outro ser único…”. O autor aborda questões inquietantes e simples ao mesmo tempo, pois viver é simples se soubermos viver como “nós”, mas insistimos e viver no “eu”. E, mais do que isso: insistimos em buscamos alguma coisa, ansiosos, com pressa, mas, quando analisamos profundamente, não sabemos ao certo do que estamos correndo atrás.

”você acha que está aqui, neste mundo, nesta época, para fazer o que está fazendo? Você está satisfeito com o que tem feito até hoje? E, os seus sonhos, suas vontades, suas saudáveis loucuras… Onde estão? […] Seja seu máximo hoje, mas não esqueça que você pode ser muito mais amanhã.”

“Então, realize este exercício de desenvolver um novo e mais amplo olhar para as coisas que nos rodeiam, pois é através desse olhar que poderemos realizar mudanças em nossas vidas.”

“Então, bem vindo você a este novo mundo de loucos saudáveis que acreditam numa forma diferente de viver, no sorriso, no abraço, no beijo… Na felicidade! Neste momento de leitura como uma alavanca para as nossas mudanças necessárias.”

“Parece que nossos medos e a falta de autoconfiança nos paralisam diante das possibilidades que existem para que nossas vidas sejam melhores, mais prazerosas e realizadoras.”

“Façamos do nosso Eu o nosso melhor, mesmo que tudo pareça ir contra isto e, se for necessária a queda, caiamos, mas levantemos de forma surpreendente e inovadora.”

Não sei por que, mas os livros desta editora me fazem querer rabiscar, escrever nos rodapés a todo o momento. Eu normalmente quase não faço isso; quando gosto de alguma citação do livro eu simplesmente anoto em uma agenda (que eu tenho só pra isso, rsrs) e anoto o número da página em seguida. Mas isso não acontece com os livros da Luz da Serra. Eu me sinto com vontade de ler agarrada num lápis para marcar parágrafos inteiros de vez em quando. Por isso essa resenha ficou cheia de trechos.

Espero que tenham gostado. É uma leitura diferente, leve, construtiva, que nos leva ao nosso interior, buscando nos elevar espiritualmente.

POSTS RELACIONADOS

22 comentários

  1. Responder

    Luana

    maio 16, 2011

    não curto muito esses livros de auto ajuda, mas tem uns que são bons, seu blog e lindinho amei de verdade.

    Bjs

  2. Responder

    Bruna

    maio 16, 2011

    esse livro deve ser muito legal mesmo, e fazer a gente pensar bastante na vida e e como a gente tá levando ela…
    eu sempre gosto de umas citações de livros e depois perco, acho que vou usar essa sua tática da agenda^^

    megaa bjoo
    ;**

  3. Responder

    Bianca Moraes

    maio 16, 2011

    Não costuma ser o meu estilo de leitura, mas achei interessante algumas coisas que você falou. Não necessariamente os trechos, mas o que você falou sobre eles! 🙂
    Acho que o mais importante é ler sempre com um filtro. Sempre com uma postura crítica. E digo isso para a leitura de todo e qualquer livro que não sejam estórias contadas, sabe? ^^

    Haaaa… cookies é bom demaaaaais!! xD
    Esses são suuuuuper hiper fáceis de fazer! Se você fizer, depois me diz se é igual ao da padaria! 😛
    E aí você pode ir lá neles e dizer: HÁ! Descobriiiii tuuuuudooooo! Muahahahahahaha… >D

    🙂

  4. Responder

    Jeh Asato

    maio 16, 2011

    Um livro introspectivo né?? Não sei se estou preparada para lidar com meus “Eus”… sei que são muitos e todos complexos!
    😡

    Parabéns pela resenha Gabi!
    xoxo

  5. Responder

    Luiza

    maio 16, 2011

    Nunca li livro de auto-ajuda. Mas acho que as vezes pode ser muito interessante e nos fazer pensar, e pelo jeito esse é ótimo.

    Nossa, eu sempre adoro uma citação, e depois quando quero usar ela não consigo achar no livro x_x Acho que usarei a tática da agenda também ahahah.

    Beijos
    Luiza,
    Express Coffee

  6. Responder

    Poly

    maio 16, 2011

    Bem interessante esse livro, nunca tinha ouvido falar dele antes, mas gostei bastante da sua resenha e deu vontade de ler também, mesmo sendo um livro mais introspectivo e eu não gostar muito desse gênero, mas é interessante 🙂
    Bjuxxxxx

  7. Responder

    Leo

    maio 17, 2011

    Nossa, eu adorei a resenha, achei bem introspectivo, gosto muito!

    Engraçado é que eu tenho você como amiga no filmow (acho que nunca conversamos lá) e teu blog apareceu na minha frente quando fui comentar o blog da Lê. rs

  8. Responder

    Thainara

    maio 17, 2011

    AAAH fala sério , seu template é mega lindo [love]
    bom, eu não curto muito livro de auto-ajuda , mas esse parece ser legal,
    e uma coisa que todos precisamos é evoluir neh ? (:

  9. Responder

    JESSICA POLATO

    maio 17, 2011

    Esse livro é daquele tipo que faz pensar?
    Bom, eu até gosto desse tipo de leitura…mas acho que lidar com os meus eus é que seria um problema..rs

    Prefiro deixar as coisas do jeito que estão mesmo..

    Ah, sobre o marcador..eu coloquei dentro de um livro e ele esta melhor. Foi culpa dos correios mesmo que dobrarm a cartinha…

  10. Responder

    Biialou

    maio 17, 2011

    Oiie Gabriela,
    confesso que o único livro de auto-ajuda que eu li foi O Segredo e tenho vivido segundo seus ensinamentos desde então… aparentemente funciona [smile]
    Confesso que quanto mais eu paro pra refletir sobre mim, pior eu fico, então evito…
    Eu tenho HORROR a livros rabiscados, mas existem uns que parecem convidar né [confused]
    Obrigada pela visita!
    xoxo

  11. Responder

    Ju Lemos

    maio 17, 2011

    Sabe, eu adoro ler mas infelizmente ter 02 empregos consume mto tempo da gente e acabamos não tendo tempo de ler livros como esse q com ctz poderiam acrescentar mta coisa na nossa vida… ao menos fazer pensar de uma forma diferente sob algumas coisas

  12. Responder

    Gabi

    maio 17, 2011

    Já vi bastante esse livro no Skoob mas não me animei a procurar mais por ele, saber do que realmente se tratava. Lendo a resenha eu percebi que não me agradei muito dele ;S acho que é um dos livros que eu digo que quero ler mas só quando realmente não tenho mais nada pra fazer é que eu vou procurar por ele, mas logo desisto haha :~
    Beijos

  13. Responder

    Larissa

    maio 17, 2011

    Adorei sua resenha =)
    O livro parece ser ótimo, fiquei até com vontade de ler [smile] , mesmo não gostando muito de auto-ajuda.
    Bjs…

    Assunto sobre livros

  14. Responder

    Fernanda

    maio 18, 2011

    Ei Gabi,

    Adorei as citações, o livro não faz muito o meu estilo usual de leitura não. Mas não conhecia e achei interessante.

    bjoo

    P.S: Recebi ontem o seu marcador com a cartinha, achei fofo demais. Obrigada =]

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      maio 18, 2011

      A escrita é bem fácil de compreender, por isso coloquei as melhores citações aqui!

      Que bom que vc recebeu o marcador, fico feliz que tenha gostado! [love]
      Agradeço por ter me enviado os seus também, adorei receber ^^

      beijão!

  15. Responder

    barbara

    maio 18, 2011

    Uuuuaaauuu !
    Nada melhor que uma leitura que nos faça refletir sobre nós mesmos.
    Acredito que se estamos nesse mundo é para evoluimos, e se queremos evoluir temos que lutar e buscar o que nos torna melhores.
    Vou adorar ler esse livro.
    Ótimo post.
    Beijos

  16. Responder

    Evelin

    maio 18, 2011

    Não costumo ler livros de auto ajuda, não sei se faz sentido mas quando leio fico mais nervosa [confused] haha. Gostei da frase “Eu sou um ser único, sem dúvida, mas sou muito mais ao lado do meu irmão que é outro ser único…” [smile]
    Querida, recebi a cartinha que mandou, e amei, achei tudo bem caprichadinho, um amor mesmo.
    beijos.

  17. Responder

    Gabi Lima

    maio 18, 2011

    Oi.
    O livro parece ser legal mesmo. Nunca tinha ouvido falar, mas gostei da sua resenha.
    Eu também faço isso para guardar as citações. Uma amiga minha deu a dica de usar aqueles papéis adesivos. São bem práticos e úteis.

    Bjss*
    Gabi Lima
    http://livrofilmeecia.blogspot.com

  18. Responder

    Claudinha

    maio 19, 2011

    Eu já penso tanto nessas questões meio filosóficas da vida que evito ler sobre, pq daí vou ficar mais pra baixo ainda. -aloka Mas valeu pela dica, Gabi, o livro parece ser muito bom ao que se propõe. 😉

    Beijos

  19. Responder

    cássia

    maio 19, 2011

    é bem diferente de tudo que eu tô acostumada a ler….

  20. Responder

    Lari

    maio 19, 2011

    As pessoas tem um certo pré-conceito com livro de auto ajuda, né? Mal sabem elas que eles são bem filósóficos, e ótimos. Mas precisamos nos preocupar com o nosso eu: Em ser melhor a cada dia, satisfazer às nossas necessidades para que possamos nos doar e ser uma pessoa melhor para os outros. Porque pensar em nós, às vezes prejudica :l
    Beeijo, Gabriela

  21. Responder

    Renata

    maio 23, 2011

    esse livro parece ser mto legal!
    obrigada pela dica de leitura!!!

    bjosss *–*

ESCREVA UM COMENTÁRIO