Hannah Howell – O Escolhido, série Wherlocke #4

resenha do livro o escolhido série wherlocke

A #semanaWherlocke é uma semana dedicada à série de livros “Irmãs Wherlocke“, de Hannah Howell e publicados pela editora LeYa, que é parceira desta ação. De 15 a 21 de junho, teremos resenhas de todos os livros aqui no blog e, no fim dessa semana, vai rolar um mega sorteio na fanpage. Vai perder? Essa é a resenha do último livro, a primeira já foi publicada aqui, e a segunda aqui e a terceira aqui.


resenha do livro o escolhido série wherlocke

O Escolhido
Série Irmãs Wherlocke, livro 4
Hannah Howell
Editora LeYa, 2012
192 páginas

Um homem nu aparece no roseiral da família de Lorelei Sundun. Ao contrário de gritos ou pedidos de socorro, algo que se esperava da maioria das mulheres de sua época, Lorelei oferece ajuda, pois percebe o embaraço do rapaz, que não sabia onde estava. Ela nunca ouvira falar da família de Argus Wherlocke, nem sobre os dons paranormais comuns entre os membros desta família. Porém, arrebatada por uma súbita paixão e munida de coragem, ela logo se arrisca para ajudá-lo num jogo perigoso de perseguições. Argus logo descobre que Lorelei é sua única esperança de salvação, e que seu desejo pode ser a mais importante arma para combater seus inimigos. O escolhido é o quarto livro da saga da família Wherlocke, cujo personagem principal, Argus Wherlocke, tem o dom de hipnotizar as pessoas pelo olhar e pela voz. Argus é da mesma família de Chloe, Penelope e Alethea, personagens apresentadas nos livros A Vidente, A Sensitiva e A Intuitiva.

O escolhido” é a última aventura da família Wherlocke, de Hannah Howell, série composta por quatro livros publicada no Brasil pela editora Leya. Todos os livros contam a história de duas famílias, os Wherlocke e os Vaughn, que são primos, e que possuem dons excêntricos e incríveis, como ver espíritos, ler o coração das pessoas, saber se estão mentindo, curar feridas do corpo, ter visões do futuro e assim por diante. Em cada livro, conhecemos uma mulher integrante dessa clã e a sua história. Neste último, conhecemos um homem da família, que já vimos nos livros anteriores e que, finalmente, ganha sua própria história: Argus Wherlocke.

Argus possui um dom que pode interessar a muitos, inclusive a crimonosos: ele pode convencer as pessoas a fazer o que ele quer ou manda, simplesmente pelo contato do olhar ou pelo tom da sua voz. Então, Argus foi capturado pelo inimigo, que quer lhe “roubar” o dom. Tentando salvar a si mesmo, ele projeta sua alma para fora do corpo, em busca de ajuda. Mas, ao invés de aparecer para alguém da sua família, como planejou, ele aparece nu no jardim de Lorelei Sundun. Sem outra alternativa, pede-lhe que envie cartas a seus parentes Wherlocke, e então some, ficando na esperança de que a moça o leve a sério, e que não pense que o que viu foi somente fruto de sua mente.

O pai de Lorelei, um duque muito carinhoso e engraçado, educou-a e a seus dezesseis irmãos para sempre terem as mentes abertas; dessa forma, quando Lorelei questionou-o sobre essa família, sem contar o por quê de repentino interesse, ela descobre sobre os dons, e que seu pai acredita neles. Por isso, decide que o que viu em seu jardim não foi uma visão de sua mente apenas, e parte em resgate ao homem que não conhece. Após o sucesso de salvá-lo, muitos desdobramentos ocorrem: por que esse homem a atrai de uma forma que nunca sentiu antes? Quem são as pessoas que o estão perseguindo? Argus nunca quis envolve-la nesse perigo, mas ele se vê, inevitavelmente, inebriado pela presença de Lorelei em sua vida e, mesmo que tente, parece-lhe que não consegue ficar por muito tempo longe da linda moça de cabelos vermelhos.

resenha do livro o escolhido série wherlocke

O desfecho da série não foi algo arrebatador e, mais uma vez, vou ter que declarar: o enredo, o rumo das histórias e dos personagens são muito similares aos livros anteriores. Na verdade, todos os quatro livros têm histórias e o seu desenrolar praticamente iguais, só mudando personagens e perigos. Para quem não gosta de clichês, provavelmente se sentirá irritado com as histórias. Algumas vezes, revirei os olhos e pensei “Poxa, Hannah, não podia ter mudado isso?”. Mas não posso dizer que não gostei do livro; a receita das histórias me agradaram e, de certa forma, posso dizer que gostei de reviver mais uma história dessa família excêntrica.

O mais legal é que, de novo, muitos personagens dos livros anteriores voltam, o que nos faz imaginar que já temos uma certa intimidade, e a história se torna muito mais interessante. E, de novo, temos uma personagem feminina, que desta vez não faz parte das famílias, mas que possui características marcantes, sendo decidida, forte e inteligente como as protagonistas dos outros livros. Enfim, são os tipos de personagens que amamos!

Para finalizar a resenha – e a série – posso dizer que gostei bastante de todos os livros, de um modo geral, e indicaria a série para quem é fã de histórias de época, que misturam romance, uma pitada de erotismo, aventura, mistério, caçadas a criminosos e dons sobrenaturais que passam longe de modismos. E sim, vou sentir falta dessas duas famílias e de seus personagens pra lá de incríveis.

POSTS RELACIONADOS

21 comentários

  1. Responder

    jacqueline

    21/06/2014

    Oie Gabi
    Adorei esse especial.
    Por ser um romance de época com toques eróticos e sobrenaturais, eu tenho muita curiosidade em ler, mesmo com alguns clichês.
    Bjos
    http://www.mybooklit.com

  2. Responder

    Milena Soares

    21/06/2014

    Nossa essa série parece ser ótima, fiquei doida pra ler!

  3. Responder

    Ângela Graziela

    22/06/2014

    Já li toda essa série e amei
    E este livro já começa com um diferencial, pois ao invés de termos como protagonista uma donzela do clã, temos um cavalheiro, que já apareceu em um dos livros anteriores ( A vidente ), fazendo com que acima leitura fiquei bem mais interessante. Mas alguns detalhes dos livros anteriores vem se repetindo, como os pais bem liberais, que não veem problemas em coisas que se consideravam escândalos, naquela época. Além do final bem clichê que se repete nos livros anteriores. Mas apesar de tudo isso, pode se dizer que este é um dos melhores livros da serie, se não o melhor.
    E o coadjuvante que aparece em todos os livros é Sir Leopold, que merece uma estória só sua, de tão apaixonante que é, e além dele aparecem outros tão apaixonantes quanto e que já deram o ar de sua graça antes, como Lorde Iago Vaughn (A intuitiva)
    Já estou seguindo *~

    Beijos
    |•| http://pocketlibro.blogspot.com.br

  4. Responder

    Ariana Meira

    22/06/2014

    adorei, quero muito ler esse

  5. Responder

    Kathia Emidio Viana

    23/06/2014

    [heart] Apaixonada por romances ! com toques picantes fica ainda mais emocionante! Louca para ler esse livro

  6. Responder

    Débora

    24/06/2014

    Oi Gabi! Espero ler esse livro em breve, como comentei na resenha de “A vidente”, eu li/tenho os dois primeiros livros da série, e quero muito ler os dois últimos. Eu acho essa série bem calma, moderada. Isso é bom pra quem procura um tempo longe de grandes livros, que depois ficam lhe perseguindo, rs. Apesar da receita das histórias serem as mesmas, ainda não acabei com minha vontade de ler, rs. [smile] [smile]

  7. Responder

    Anna Paula

    24/06/2014

    MARAVILHOSO! [heart]

  8. Responder

    Kamilla Daiane

    24/06/2014

    Nossa que resenha adoreii!!!! Vou ler essa série sem dúvidas!!! [happy]

  9. Responder

    RAQUEL LEMOS

    25/06/2014

    O ESCOLHIDO, me parece ser mais um romance água com açúcar mas com uma pitada de sobrenatural que fará muito leitor se prender aos dons de Argus Wherlocke.

  10. Responder

    Julia

    25/06/2014

    Muito legal as resenha do blog, mas “O Escolhido” não é último livro da série família Wherlocke, outro foi publicado e conta a história da Lady Olímpia “If He’s Tempted”, a editora só se pronunciou a respeito da tradução. Está previsto também o lançamento do livro 6 que conta a história de Orion.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      25/06/2014

      Oi, Julia!
      Ah, eu sabia que tem um livro 5, mas não sabia que tem também o 6. De qualquer forma, não creio que a Leya vá publica-los aqui no Brasil… esperamos que sim! Não tenho informações a respeito, infelizmente 🙁
      Obrigada pelas informações 🙂

      • Responder

        Julia

        14/09/2014

        Oi!
        Também não acredito que esses livros serão lançados no Brasil, uma vez já entrei em contato com a Leya em épocas diferentes e a resposta é não temos previsão, na minha opinião não compraram os direitos autorais. Uma pena pois sempre ficamos na expectativa por novos livros dos nossos autores preferidos.

  11. Responder

    Ana Lucia

    27/06/2014

    Esse livro é o único que ainda não li…Mas com certeza vou me apaixonar como nos outros…. [wink]

  12. Responder

    Vitoria

    17/01/2015

    Amooo essa série!! Mas esse nao é o último livro da série a autora já está no sexto livro da série…

    • Responder

      Gabi Orlandin

      17/01/2015

      Pois é, quando li achei que era o último, mas depois me disseram que tem mais livros… pena que no Brasil eles não foram lançados – pelo que eu sei. Espero que um dia sejam né? Adoraria ler sobre os outros personagens!
      Beijos.

  13. Responder

    Kassya

    19/02/2015

    Olá!
    Adorei todos os livros lançados, e já os li várias vezes!!!
    É uma pena que não teve continuidade!
    Bjos!

  14. Responder

    Radha Karolyna

    09/04/2015

    Eu protesto!!
    Essa série deveria ter no mínimo, sei lá, mais uns 4 livros….. no mínimo!!!
    Um do Modred, que eu gostaria que ficasse com a Germaine, um da Olímpia, Iago e outro do Leopold.
    Achei maravilhoso, no quesito envolvimento familiar A Intuitiva ficou em primeiro lugar, e no quesito romance e aventura empataram. Ainda não li O Escolhido, mas iniciarei imediatamente. Na verdade, recém fechei A Intuitiva. Uma série maravilhosa, me apaixonei pelos personagens e queria que houvessem mais livros…. tipo a série Os Bridgertons, sabe?
    Nunca tinha lido nada que juntasse tudo o que mais gosto: romance histórico(com uma pitada de pimenta) + sobrenatural.

    Depois de ler O Escolhido volto aqui… um beijo!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      10/04/2015

      Onde eu assino? Também quero muitos outros livros dessa série! Queria muito a história do Modred. Não conheço essa outra série que você citou, mas entendo o que você quer dizer. Eu admito que achei as histórias dessa série bem repetitivas, mas não tem como não se apaixonar pelos personagens e pela família toda. <3
      Beijos.

  15. Responder

    Eliana Estevam

    12/05/2015

    [wink] amo os livros dessa autora, principalmente deles, bem que poderia ter bem mais continuaçao sobre historias dessas duas familias, né!! [dead]

  16. Responder

    evelin

    21/05/2015

    [wink] ja li a serie toda e amei, apesar de realmente ser um pouco cliche. So achei que o Argus, em comparacao cm suas aparicoes nos livros anteriores, deixou muito a desejar. Mas enfim, e uma serie inesquecivel e incrivel que eu recomendo muitissimo. Vale a pena ler!

  17. Responder

    Jacqueline

    22/12/2016

    Adorei a saga …. sério q vai acabar …. já estou sofrendo …. D: D:

ESCREVA UM COMENTÁRIO