Federico Devito e Rogério Mendonça – O preço de uma lição

resenha do livro O preço de uma lição

O preço de uma lição
Federico Devito, Rogério Mendonça
Editora Novo Conceito, 2011
366 páginas

“Tem um ditado que diz que o amor é cego. É justamente o contrário. Quando você ama de verdade, é capaz de ver coisas que ninguém consegue. Falam que você não consegue enxergar os defeitos, pura mentira também! Você vê, estão todos lá. Mas vê também algo que só você pode, como lidar com eles e contorná-los. Então, o amor não é cego, ele é a maior lente de aumento que já inventaram.” Como acontece esta coisa chamada amor? Nasce junto com a gente, mas não depende só de nós. A gente sofre e faz sofrer, ama e é amado. E com isso aprende muita coisa. Lições que trazem consequências, problemas e soluções. O preço desse aprendizado transforma o garoto em um homem. Esta narrativa, cheia de incidentes, mostra que – ao contrário do que dizem algumas garotas – os meninos são, sim, capazes de amar. Quais as transformações que o amor pode provocar na gente? O que ele ensina? Qual o seu preço? Acompanhe a jornada de um jovem, transformado pelo amor, à procura dessas respostas.

Vou confessar que não sei mesmo como começar essa resenha, pois meu sentimento quanto a esse livro está totalmente dividido. Pra começar, eu criei expectativa. Li muitas resenhas legais antes de pega-lo pra ler, embora a sinopse e as resenhas não me fizeram entender sobre o que o livro tratava. Mesmo criando expectativa, sempre achei a história muito confusa.

No decorrer da leitura, senti um cansaço pela escrita. Senti que os escritores detalharam demais em pontos onde não precisavam e menos onde poderia ser mais bem explorado. Vou dar um exemplo: O capítulo começa enrolando um pouquinho e logo nosso personagem (que não tem nome) fala com a Juliana, e é descrita tooooda a conversa. Um: achei que não era necessária toda aquela conversa, porque ela foi toda explicada nos mínimos detalhes, e ficou cansativo. Dois: só fiquei sabendo que a conversa era por telefone no final da conversa, quando o personagem diz isso. Mas, na minha cabeça, eles estavam conversando pessoalmente. A isso que eu me refiro, entendem?

Achei que o livro é um passatempo, com uma história bonitinha, que nos ensina que às vezes é necessário mais do que amar. É muito bonito o modo como o personagem corre atrás do que quer, mas, para mim, teve muita enrolação antes disso acontecer. A fé em Deus é muito bem colocada também, com coincidências que nos fazem sorrir de uma verdadeira alegria.

Finalizando, acredito que uma pessoa mais jovem pode adorar o livro muito mais do que eu, afinal, a história se passa nessa idade de amadurecimento. Apesar de tudo o que falei, se você quer uma leitura levinha e, principalmente que te lembre de coisas lá de 2006, 2008 como Orkut, depoimentos, troca de mensagens, olhar o celular de amigos, etc, então você vai gostar de ler o livro. Mas não espere uma história arrebatadora e tenha um pouco de paciência extra para os diálogos.

POSTS RELACIONADOS

33 comentários

  1. Responder

    Babi Lorentz

    08/02/2012

    Ai, Gabi, eu tô tão com um pé atrás com esse livro. Acho até que seria mais interessante não ler, mas como é de parceria, o farei.
    Ao contrário de você, só tenho lido resenhas como a sua, falando sobre as grandes expectativas e a grande decepção.
    Mas farei uma forcinha e verei o que vou achar do livro, né?
    Beijão

  2. Responder

    Kaah'riny

    08/02/2012

    Gabi! 😀
    Já li resenhas positivas e negativas sobre esse livro. Ainda não sei se quero ler. ‘-‘ Gostei da sua resenha, e da maneira como você colocou as coisas. Diálogos detalhados realmente são tensos, mas sei lá… vou decidir se quero ou não ler. haha’
    Eu acho a capa linda. *-*

    Beijos,

  3. Responder

    Miriam

    08/02/2012

    Oi, Gabi,

    Já tinha lido outras resenhas que tinham a mesma opinião que a sua. Tô enrolando pra pegar ele, sabe. Tem tanta coisa boa pra ler antes.

    beijoo

  4. Responder

    Rodrigo Santos

    08/02/2012

    Simples e direta! é assim que eu gosto de uma resenha ^^
    Essas histórias de amor bonitinho não me agradam muito.. eu concordo, agradariam-me se fosse há alguns anos atrás (apesar de que eu não seja tão velho assim…). Mas a gente vai crescendo e aprendendo as coisas por nós mesmos, vivendo. Um livro que só comente como é essa fase não é tão agradável assim, afinal, já vivemos na pele e não precisamos de alguém dizendo como é, rs…

  5. Responder

    Bárbara

    08/02/2012

    Ah, eu não tenho vontade de ler o livro. Acho ele lindo (e o kit também, haha), mas não me interessa.
    Beijos.

  6. Responder

    Manu Sampaio

    08/02/2012

    Ah parece ser bem bonitinha a história, mas eu ainda prefiro os escritores americanos.

  7. Responder

    Flávia Pachêco

    08/02/2012

    Na época do lançamento eu fiquei super empolgada, mas depois de ler várias resenhas fui perdendo s expectativas. É um livro pelo qual eu não faço questão de ter na minha estante, mas que se eu tivesse oportunidade o lerei com o maior prazer. Ótima resenha Gabi, super sincera, adorei.

    Beijos,
    @flafsbp
    { http://17ezesseteinvernos.blogspot.com/ }

  8. Responder

    Thyeri Bione

    08/02/2012

    Acho que a sua foi a resenha que li que foi mais comedida com a crítica para com o livro. Acho que foi unânime a opinião dos blogueiros, ninguém gostou muito do livro, achando-o muito voltado para o público pré-adolescente. Não posso opinar por não ter lido, mas pelas resenhas que li tenho certeza que não gostaria.

    Bjo,
    Restaurante da Mente

  9. Responder

    Bruna Moreira

    08/02/2012

    Oiie,obrigada pelo seu comentário no meu blog,espero te ver sempre lá hein 😉 Amei,aqui,vou voltar sempre ^^ http://www.bruboletras.blogspot.com

  10. Responder

    Fernanda Souza

    08/02/2012

    No lançamento, eu queria MUITO.
    Ai tive a oportunidade de tê-lo e fui atrás de resenhas, acabei desanimando.
    Não muito satisfeita, passei o livro pra minha sobrinha de 16 anos ler e, ela não curtiu muito.
    Enfim, ele está aqui, de vez em quando penso em pegar, mas tenho tantos livros mais interessantes, que esse acaba ficando pra trás.
    Gostei da sinceridade, Gabi.

    Beijos

  11. Responder

    Camila Costa

    09/02/2012

    Oi Gabi;
    então eu realmente não gostei, detestei o livro; só faltou eu tacar fogo e chutar. Eu não tinha muitas expectativas, mas ele conseguiu me decepcionar bastante =/

  12. Responder

    Ludmila

    09/02/2012

    Oi Gabi,
    Então, eu não tenho muuuita vontade de ler esse livro não.
    Quando vi a capa, quis bastante… ai, li a sinopse e sei lá, não bateu… e lendo algumas resenhas o pouco de vontade que eu tinha foi ficando mais escassa ainda.
    Por mais que as vezes seja bom ler um livro leve, uma estória bonitinha, algumas simplesmente não nos faz querer lê-las.
    Se um dia O Preço de uma Lição cair nas minhas mãos posso lê-lo, mas não é definitivamente uma leitura pela qual vou correr atras.
    Ótima sua resenha!
    Beijos

  13. Responder

    Beatriz Gosmin

    09/02/2012

    Nossa, você sentiu o mesmo que eu.

    Eu não consigo me decidir até agora se gostei ou não do livro. Eu odiava o personagem. Eu queria que ele ficasse sozinho. Depois o adorava e queria que ele fosse feliz para sempre.
    E no final de tudo eu não queria que ele ficasse nunca mais com a Juliana.
    [question] É.

    Também acho que este livro é para jovens (bem jovens), pois é maçante e pouco elaborado, o que faz nós que estamos acostumados com outro tipo de leitura, rejeitar.

    Beijos
    Bia | http://www.livroseatitudes.blogspot.com

  14. Responder

    Maria

    09/02/2012

    Lindoooo…
    O blog tem facebook!?
    bjs e prosperidade..

  15. Responder

    Lais

    09/02/2012

    Sei bem do que você está falando. Tenho encontrado essa dificuldade em outros livros. Gostei bastante da resenha: direta e franca.
    Bjs flor XD

  16. Responder

    Ju Maria

    09/02/2012

    Curto suas resenhas sobre os livros, Gabi!

  17. Responder

    Thais Priscilla

    09/02/2012

    Não estou muito animada pra ler esse livro. Na verdade, acho que não irei gostar muito :/

    Beijinhos,
    Thais Priscilla
    http://thaypriscilla.blogspot.com

  18. Responder

    Minne

    09/02/2012

    Gabi, já li algumas resenhas sobre esse livro e cheguei a conclusão de que não é um livro que eu compraria, é desses que eu só leria se não tivesse nenhum outro pra me fazer companhia, e olhe lá, não ouvi críticas positivas sobre ele, apesar de eu o ter achado super ~confortável~ e com uma capa bem bacana, além do kit que é bem bonitinho, o livro não me atrai.
    Um amigo estava lendo e também o achou cansativo. Beijão, fofíssimo o blog!

  19. Responder

    'raah

    09/02/2012

    ooi (:
    Eu li muitas resenhas sobre esses livros , e tipo, me desanimei total de ler, mas, se algum dia eu tiver a oportunidade e um tempo de sobra eu vou ler, KKK
    Beijos ;*’

  20. Responder

    Dud's

    09/02/2012

    oi querida,
    hmm é a primeira resenha “nao tão positiva” deste livro, mas acho que é a que mais concordo (mesmo que nao tenha lido ainda). Me parece ser divertido, mas sem “acrescentar” muita coisa. Me parece né, não sei.
    ótima resenha
    ;*

  21. Responder

    Memory Nina

    09/02/2012

    Oii Gabi!!!
    Assim como a Babi Lorentz eu também tenho um pé atrás com este livro. Acho que todas as resenhas que vi sobre ele, ficaram no empate para o lado positivo e negativo.
    Mas só quero tirar minhas dúvida referente a isso, quando tiver em minhas mãos pra lê-lo
    Beijo

  22. Responder

    May

    09/02/2012

    Gostei de como você abordou a história do livro em sua resenha. Já li várias resenhas desse livro, todas ótimas.. Mas eu gosto de ler uma um tanto negativa, justamente pra não criar expectativas.. Acredito que só vou saber lendo, mas não sou muito fã de histórias assim, e como disse no blog da Poly (polypop), só consigo ver o Federico Devitto como Colírio Capricho, não consigo vê-lo como escritor… será?

    Beijos,
    May ;*

  23. Responder

    Milena

    09/02/2012

    Eu estou lendo esse livro e mesmo que eu não tenha terminado a leitura, tenho as mesmas opiniões que você! A leitura é um pouco cansativa, muito detalhada em algumas partes desnecessárias e faltou atenção para coisas essenciais, como especificar se a conversa é pessoalmente ou não.. Enfim.

    Beijos!

  24. Responder

    Erika Tammy

    10/02/2012

    confesso que a melhor resenha que li foi a sua, mas ainda não sei se quero ler esse livro, deve ser porque estou acostumada a ler outro tipo de livro.
    Mas mesmo assim adoreia a resenha, você foi objetiva e expressou bem sua opinião a respeito.
    [smile]

  25. Responder

    Vivi

    10/02/2012

    Adorei a resenha, ainda mais por ela me dar a certeza de que não é um livro pra mim. Já pela sinopse e tudo o que vi no lançamento do livro formei esta opinião e agora se confirmou.

    Beijocas

  26. Responder

    Thayna Camila

    12/02/2012

    Adorei tua resenha. Eu já li algumas outras resenhas e até no twitter de um dos autores só se vê elogios sobre o livro. Ninguém criticou e achei confuso, pois se os dois são novos no ramo da escrita, então deveria ter algum erro para ser corrigido.

    Eu tava até pensando em comprar, mas depois da sua resenha, desisti mesmo, não acho que valerá a pena.

  27. Responder

    Aninha

    13/02/2012

    Eu estou com este livro enrolado aqui a meses… e é uma pena porque quando olho para ele me dá descrença, rsrs. Já li resenhas positivas, mas pelo o que vejo por ai, é algo muito adolescentezinho e garoto apaixonado. Coisa que te lembra sessão da tarde sabe? Eu sempre digo que lerei ele, mas quando chega outro livro por aqui pela editora ou quando compro um que queria muito ler, acabo deixando-o de lado, rs.

  28. Responder

    Inara

    13/02/2012

    ::] Ei, Gabi, eu li esse livro recentemente e sua opinião não foge muito do que eu disse na resenha que fiz para ele no meu próprio blog. Achei o livro cansativo e muitas partes são desnecessárias. É difícil citar assim rápido tudo o que me decepcionou, mas só posso dizer que não fluiu.
    Gostei da sinceridade na resenha!

    Beijos,
    Inara – blog Ler, Dormir, Comer…

  29. Responder

    Kelly Barros

    29/02/2012

    Acho que esse livro foi escrito por aquele colírio da Capricho, quem diria hein?! }Eu não tinha vontade de ler antes, e depois que você disse que eles detalham demais o que não deve fiquei com menos vontade ainda. E como assim o cara não tem nome? hahahah nunca vi isso. Bjos

  30. Responder

    Jennifer Prange

    04/03/2012

    Parece ser interessante, mas escritas muito detalhadas as vezes não é bom, mas vamos ver né

  31. Responder

    Laura Santana

    22/12/2012

    Nossa.
    Eu odiei esse livro. Odiei mesmo!
    Na opinião eu não teria comprada esse livro e muito menos teria lido, me dá um odio só de lembrar das horas perdidas da minha vida lendo isso!
    Beijos!
    Amoooooooooo seu blog!

  32. Responder

    Ticiane Ingrid

    20/01/2013

    Estava pensando em ler esse livro, mas agora eu desisti, prefiro ler algum outro.

ESCREVA UM COMENTÁRIO