Mauricio Gomyde – O rosto que precede o sonho

resenha do livro O rosto que precede o sonho

O rosto que precede o sonho
Mauricio Gomyde
Editora Porto 71, 2012
236 páginas

Os sinais que ele não percebeu, no dia do acidente, poderiam ter evitado que seus pais entrassem naquele avião. Tempos depois, algo inesperado mudou o rumo das coisas, e ele, então, passou a esperar o dia em que os sinais voltariam… Tomas Ventura levava uma vida quase perfeita, cercado por tudo que sempre quis: um violão, um telescópio, muitos discos bons, amigos, um emprego de sonhos e uma casa que flutuava. Mas no dia em que recebeu a proposta de trabalho da sua vida, o convite para participar da trilha sonora de um grande filme de Hollywood, ele decidiu dizer “não”. Até que dois sinais, os olhos cor de mel daquela menina, mostraram-lhe que ainda havia motivos para seguir em frente…

“É o limiar entre a consciência da razão e a inconsciência do sono. Na fronteira entre estes dois estados, o rosto que o destino grava no cérebro é o daquela pessoa que, efetivamente, a gente gostaria que estivesse ali, deitada ao nosso lado.” página 103

Quando eu pensei que “O mundo de Vidro” e “Ainda não te disse nada” tinham sido ótimos livros do Mauricio Gomyde, ele me surpreende com o melhor dos três até agora, “O rosto que precede o sonho”. Na verdade, o autor sempre me pega de surpresa e me faz colocar seus livros na minha lista de favoritos! Mas para começar a falar desse livro, gostaria de salientar: não chegarei perto, aqui, ao que a leitura me fez sentir e ao que ela me proporcionou.

Vocês não tem noção de como a capa faz sentido quando conhecemos a história! Cada mínimo detalhe importante do livro está ali, e eu que já a achava bonita (estava torcendo por essa capa na escolha entre as três, um tempo atrás), a achei ainda mais linda quando vi que tudo tinha um por quê de estar ali. *-*

A escrita do Mauricio é inconfundível e impecável. Chega a ser irritante o fato de eu não ter achado um errinho sequer! 😐 Das duas uma: ou eu estive tão concentrada na história que não vi nada, ou o trabalho de revisão é nota dez. Ok, os dois motivos são perfeitamente verdadeiros.

Os personagens são os melhores de todos os dos outros livros. Tenho o prazer de dizer que, nesse história, simpatizei com todos, gostei das falas, gostei das atitudes, da perseverança, da decisão. Não senti raiva, em nenhum momento. Sinceramente? Sempre que leio um livro do Mauricio, sinto uma calma e uma sensação de gostar do que se faz – é difícil descrever o sentimento, mas é algo nesse caminho.

A história é curtinha, mas é linda, linda, linda mil vezes. O amor dos personagens é bonito, inocente, puro. Me arrancou suspiros, me fez rir, me fez chorar e fez meu coração subir até a garganta. Mas, acima de tudo, esse livro tem algo que eu não vi nos outros dois: ele passa uma mensagem maravilhosa. Sinto-me em dívida com o autor por ele ter me dado a oportunidade de ser invadida por uma sensação tão bela de gratidão, por ver as pequenas coisas do dia a dia. Fechei o livro com muitas lágrimas nos olhos, sabendo que mudei a percepção de algumas coisas na minha vida. Não estou exagerando, eu juro!

Como já deve ter ficado claro para vocês, esse é meu livro preferido do Mauricio e está entre os meus melhores do ano. Arrisco dizer que, pra mim, o autor é o que corresponde ao Nicholas Sparks aqui no Brasil. Se eu continuasse a falar, teria que dividir esse post em cinco. Então, acho que não consegui expressar o que sinto em relação a essa obra da literatura brasileira, só recomendo: leiam, leiam, leiam! *-*

19/12/2012

POSTS RELACIONADOS

19 comentários

  1. Responder

    Bianca Karina

    21/12/2012

    Muito amor pelo Mauricio por ter escrito um livro como esse! A capa faz realmente juz a história, mesmo. Quando recebi o livro, fiquei super feliz por ter uma mensagem do autor que dizia: “espero que você se emocione com essa história, Bianca”. Não sou muito lá de me emocionar, sabe, Gabi? Mas eu juro que terminei o livro quase não conseguindo ler porque as lágrimas estavam atrapalhando. Chorei quase como uma criança, hahaha! Muito amor também pelo Tomas. <3
    Beijão.

  2. Responder

    alice

    21/12/2012

    gente ainda bem q vc nao achou um erro ashuashu
    eu me irrito demais quando eu acho um erro viu ;w;
    gente que fofo a resenha, parece ser o tipo de leitura que eu gosto..pq sou dessas que conversa com os personagens haashusahu até grito com eles quando eles estão fazendo besteira.
    amei sua resenha

  3. Responder

    Jacqueline

    21/12/2012

    Oie Gabi
    eu tmb me apaixonei pela história, e sou fazona assumida do Gomyde.
    Não votei nesta capa, mas após ler o livro vi que ela fazia todo o sentido.
    Os personagens, cenário e tudo mais, são extremamente cativantes. Eu estou até agora sem palavras para poder resenhar o livro. Sua resenha ficou perfeita.
    bjos

  4. Responder

    Amanda Faustino

    21/12/2012

    Eu só li Ainda Não Te Disse Nada e amei. Depois que li o livro já virei super fã da escrita e do Maurício. Preciso ler os outros livros dele, O Mundo de Vidro e esse.

    Beijos,
    Mandi – Book and Cupcake.

  5. Responder

    Carol

    22/12/2012

    Oi Gabi!!!
    EU recebi este livro para ler , e estou doidinha para começar lê⁻lo!!!
    Ótima resenha!Eu só li o Ainda não te disse nada só Mauricio mas já acho que ele um Nicholas Sparks brasileiro!!!rsrsrs
    Um beijo!

  6. Responder

    Andressa

    22/12/2012

    Olá!
    Poxa, ainda não li nenhum livro desse autor mas tenho muita vontade de conferir o trabalho dele. Eu votei nesse capa também! rsrs
    Parabéns pela resenha
    Beijos!

  7. Responder

    Ludmila

    22/12/2012

    Gabiiii,
    Amei sua resenha!!
    Eu já tenho o meu O rosto que Precede o Sonho, mas ainda não li [okkk]
    Mas não vejo a hora de lê-lo.
    Adoro os livros do Maurício, a gente encontra de tudo nas histórias dele, emoção, romance, drama, comédia e por ai vai… e eu gosto demais disso.
    Adorei!
    Beijos

  8. Responder

    Mah

    22/12/2012

    Oie, Gabi sua linda 🙂
    Nossa estou aqui suspirando só de ter lido tua resenha e tenho certeza que irei me sentir como você quando estiver lendono livros, pois já sou uma fã da escrita do Gomyde, ele escreve muito bem e consegue atingir meus sentimentos, já falei para ele que gostaria que a história fosse mais grande e olha que nem li ainda rsrs
    Mais tenho o livro aqui e creio que leio ainda esse ano.
    Beliscões carinhosos da Mah

  9. Responder

    Luana

    22/12/2012

    Nossa agora eu fiquei louca pelo livro!! Realmente os livros do Maurício são muito bons!! E concordo que a forma como ele escreve é incrivel.
    Louca e louca pra ler, mas ainda não deu

    Bjs

  10. Responder

    Isadora Ferreira

    22/12/2012

    Gabii!! Amei a resenha! Percebi o amor que você sentiu ao ler o livro em cada uma de suas palavras. Fiquei morrendo de vontade de ler o livro, ainda mais porque ainda não li nada do Mauricio Gomyde [cry] .
    Beijos!

  11. Responder

    Camila Araújo

    23/12/2012

    Gabi,
    esse livro é mesmo lindo! Concordo que é o melhor do autor!
    Eu me acabei de chorar com aquele final.

    Também recomendo demais!

    Beijos.

  12. Responder

    igor tihago

    23/12/2012

    Legal, adorei a resenha. Acredita que ele mora perto da minha casa? Quando descobri fiquei louco, rs. Mas deixando o blá blá blá. O principal além da história são os personagens. Adoro personagens bem construídos, eles meio que me seduzem, entende? Parece ser uma história, boa para se ler nessas férias!

    Beijos.

  13. Responder

    Karine

    23/12/2012

    Gabi, tenho que te falar… eu já gostava muito de ler antes mesmo de conhecer seu blog, mas essa paixão aumentou ainda mais quando o conheci. A sinceridade, a intensidade, a maneira como você escreve suas resenhas, me faz querer desesperadamente pegar nesse mesmo instante o livro em questão e ler, ler, ler até falar que chega! hahaha.
    Sabe o que eu vou ganhar esse natal? 03 livros *o* hahaha. Um deles, eu sei qual é: A culpa é das estrelas! Me empolguei justamente por ver o quanto você falou bem desse livro e que me fez mais uma vez sentir essa sensação de pegar e ler sem parar! hihi… os outros dois eu não sei quais são — surpresa!
    Mas de qualquer forma, estou muito empolgada, porque a listinha que eu sempre faço de livros que eu quero ganhar, é inspirada nos livros que você menciona como bons… muito bons! Falei pra minha mãe, haha… vamos ver o que me aguarda, né?!
    Enfim, muito linda essa resenha… eu me arrepiei do princípio ao fim. Sério! E… adivinha?! Entrou também pra minha listinha [smile] Beijinhos Gabi, Deus abençoe você.

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      23/12/2012

      Oi Karine! Que alegria ler seu comentário! É muito bom saber que estou incentivando as pessoas a lerem mais. Os comentários que faço sobre os livros são sinceros, expressam o que eu senti lendo-os, e espero que, assim como eu gostei, você também goste bastante. É que o gosto depende de cada um né? 😉
      Own você vai ganhar A Culpa é Das Estrelas! É um livro tããão lindo! *o* Depois me conta o que achou!
      Beijão!

  14. Responder

    Cami

    23/12/2012

    Oi Gabi!
    Dei uma sumida legal da blogosfera, mas agora to de volta! Hehe
    Enfim, eu li suas resenhas sobre os outros livros de Mauricio Gomyde, e não tinha me animado tanto pra ler quanto me animei pra esse. Sua resenha foi muito bem escrita e mostrou sim o quanto o livro te emocionou! (:

  15. Responder

    Tais

    23/12/2012

    Infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro do Mauricio Gomyde, porém já ouvi falar muito bem de vários livros dele.
    Essa sua resenha me deixou com muita vontade de ler esse livro, como sou apaixonada por romances acredito que irei gostar tanto quando você gostou.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

  16. Responder

    Giulia Ladislau

    27/12/2012

    Eu acabei de ler “Ainda não te disse nada” e fiquei encantada. Escrita simples e profunda ao mesmo tempo. Esse livro novo eu ainda não li, mas está comigo. Já ouvi falar muitíssimo bem dele, estou super ansiosa.
    Beijinhos!

  17. Responder

    Dinha Vieira

    20/01/2013

    Confesso que não sou muito fã de autores brasileiros. Mas só de ler a sinopse e a sua resenha desse livro, me deu uma vontade ENORME de ler. Com certeza vou querer ele entre meus livros! *-*
    Beijões ♥

  18. Responder

    Lívia Carolina

    24/01/2013

    Oi Gabi!
    Eu já estou com meu exemplar aqui e não vejo a hora de ler!
    Só vejo elogios!
    Tô curiosa! =)

    Bjos

Escrever uma resposta para Ellen Alves / Cancelar resposta