Deb Caletti – Um lugar para ficar

resenha do livro um lugar para ficar

Um lugar para ficar
Deb Caletti
Editora Novo Conceito, 2012
272 páginas

O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante…

Li tantas resenhas negativas desse livro que quando comecei a leitura pensei que não ia gostar. Não posso dizer que o começo do livro foi fácil, porque não foi. A autora descreve a vida antiga e a nova da personagem, alternando os dois tempos entre os capítulos. Acontece que nos primeiros capítulos, eu não entendi aquilo muito bem, o que fez com que eu me perdesse um pouco na história. Mas depois que eu entendi isso, tudo fluiu melhor.

O começo da história parece ser muito previsível, porque você sabe o que vai acontecer: Clara começa a namorar Christian, mas ele vai tornar-se obcecado, ela vai fugir da cidade para se livrar dele, mas ele vai continuar procurando-a, onde quer que ela vá. Isso não é spoiler porque está na sinopse. Até a metade do livro, não me empolguei muito com a história, porque sabia que aquilo aconteceria. Até então, eu teria dado umas 3 estrelas para ele. Mas o decorrer da leitura me fez mudar de ideia.

Para mim, o grande segredo do livro está nas pessoas e em suas essências. A autora soube trabalhar bem as personalidades, principalmente de Clara e Christian, de modo que o leitor saiba exatamente o que se passa em suas mentes. É um estudo sobre comportamentos humanos nas situações mais extremas; é aquele impulso que você dá, rumo ao desconhecido, movido apenas por pânico ou desespero. Além disso, a protagonista é decidida, reconhece quando faz uma burrice e enfrenta seus medos, o que fez tudo se tornar mais interessante.

Uma das sensações mais fortes da leitura é a de se odiar uma pessoa a quem amamos. Pense que você ficará junto a uma pessoa por dois anos e, algum tempo depois, você sente repulsa, pânico e medo por algo que essa pessoa possa fazer a você. O mais estranho é que, por mais que a pessoa te amedronte, você a conhece. E esse medo do conhecido, de alguém que a gente costumava amar, é algo muito bem exposto no livro e te faz até pensar bastante sobre.

Não achei que precisava mais para o final. Talvez algumas pessoas podem sentir-se um tanto quanto frustradas com a forma como tudo acabou, mas eu acredito que o tempo pode curar até as mais profundas mágoas, sobrando algo semelhante a carinho. Acho que esse é o objetivo do livro, e pra mim a autora soube expor isso muito bem. Recomendo a leitura.

POSTS RELACIONADOS

58 comentários

  1. Responder

    Mônica

    12/11/2012

    Hum, eu ainda não tinha lido resenhas do livro, mas achava que fosse melhor … a sua resenha está ótima como sempre *0* , mas ainda assim não despertou taaanto minha vontade de ler =/

  2. Responder

    Kelly Barros

    12/11/2012

    Um, complexo. Você falou do livro sem explica muito. Não sei se quero ler. Quando ele foi lançado, eu até queria comprar, mas ai fui deixando, e deixando. Agora tenho outras prioridades.

  3. Responder

    Beatriz Gosmin

    12/11/2012

    Oi!
    Ah, não sei se me arriscarei a ler este livro. Também li diversas resenhas negativas e eu fico com medo de me arrepender.
    Essa obsessão do personagem é bem interessante (apesar de incompreensível), e esse negócio de fugir também é estranho.
    Mas enfim. Compreendi o fato de odiar/amar porque o ódio (dizem) também é uma forma de amor.

    Beijos
    http://www.livroseatitudes.com.br

  4. Responder

    Angelica

    12/11/2012

    Esse livro ainda está na lista dos que eu quero ler e está ali na estante só esperando! Não sabia o que esperar… mas agora acho que é uma leitura bastante válida..
    ps: ainda não tinha lido nenhuma resenha deste livro
    Beijos
    Angelica
    http://www.angelicabrunatto.com.br

  5. Responder

    Juliana Guedes

    12/11/2012

    Realmente Gabi li muitas resenhas falando mal desse livro, mas essa sua despertou minha curiosidade. É como ocê disse a história é sobre o comporamento humano nada mais do que justo que tudo termine em carinho assim deveria ser os relacionamentos. Eu vou ler esse livro.
    beijos

  6. Responder

    Ludmila

    12/11/2012

    Olá Gabi,
    Desde que li a sinopse desse livro pela primeira vez eu quis lê-lo.
    Fui lendo várias resenhas sobre ele, positivas e negativas, mas a vontade só fez aumentar.
    A sua resenha esta ótima.
    É um tema forte, complicado e que acontece bastante.
    Quero ler definitivamente!
    Beijos

  7. Responder

    Naahh

    12/11/2012

    Eu só tinha visto uma outra resenha sobre esse livro, e pelo que a menina contou, me parecia um livro ~razoável~ só… Umas 3 estrelas e só. Juntando com o que você falou, acho que o livro até subiu um pouco no meu conceito, mas não sei se leria porque não parece exatamente o tipo de leitura que me agrada tanto [dead]
    De qualquer forma, bela resenha! [wink]

    • Responder

      Naahh

      12/11/2012

      Ah, esqueci de falar… Conheci seu blog faz pouco tempo e tô achando tudo lindo [love] Sério, me apaixonei pelo layout. Como faço pra me casar com ele? hahaha <3

      • Responder

        Fluffy - Gabriela

        12/11/2012

        Oba, nova leitora! Seja bem vinda, chuchu *-*
        Hm, se casar com o layout? Ele já é comprometido, hahahah!
        Beijão e obrigada pela visita!

  8. Responder

    Izabella Musa

    12/11/2012

    É interessante ler resenhas sinceras.
    São tantos livros para ler que prefiro lógico ler os que possuem bons comentários e os mais vendidos. Esse no entanto não entrará tão cedo na minha listinha !
    Obriogada pela dica e pela sinceridade Gabi.
    Gosto de blogs assim, sem tendencionismo!
    Bjus

    http://bellaletra.blogspot.com.br/

  9. Responder

    Igor Thiago

    12/11/2012

    Eu sei, eu sei, dei uma sumida do fluffy. Sabe como é, final de ano as coisas ficam meio corridas! Acho que você sabe muito bem, tô vendo que tens postado muitas resenhas. Tentando acabar com a meta até o final do ano? (eu também). Pela resenha, ótima por sinal, o livro parece ser ótimo. Achei bastante diferente esse tema, deve ser meio ruim, gostar de uma pessoas que muda completamente, e do nada! Fiquei com vontade de ler, pois nunca li nada da autora, e achei um tema que nunca li. Adorei! Beijos.

  10. Responder

    Amanda Faustino

    12/11/2012

    Ao contrario de você, eu só vi resenhas positivas. O que me deixa mais curiosa. Não sei ao certo se vou gostar, mas espero que sim. [love]

    Beijos,
    Mandi – Book and Cupcake.

  11. Responder

    Leandro de Lira

    12/11/2012

    Oi Gabi!
    Eu sinceramente me senti frustrado ao ler esse livro. Esperava uma história de superação, porém mais densa. E eu encontrei uma história leve, o que é completamente o oposto. Muitos não a acharam leve, mas eu achei. E sobre a alternância dos capítulos, foi um pouco confuso para mim no começo também.
    No mais, esperava uma boa leitura e infelizmente não me proporcionou.
    Mas que bom que você gostou. [wink]
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

  12. Responder

    Poly

    12/11/2012

    Eu gostei desse livro. Não é tipo “Oh meu Deus, que maravilha!” mas é bom.
    Me identifiquei muito com a Clara, tanto que ficava bastante apreensiva nos capítulos finais quando Christian foi atrás dela.
    Bjuxxxx

  13. Responder

    Quequel

    12/11/2012

    Parece bem forte .. mas a vida é assim né?!
    Quero poder ler! 🙂
    Bjinssssss

  14. Responder

    Babi Lorentz

    12/11/2012

    Nossa, uma pena mesmo que eu não tenha gostado, mas juro pra você que só gostei mesmo do pai da Clara. Achei um personagem incrível e que me fazia querer continuar a ler a trama, já que nada me chamava a atenção. Uma pena, né?
    Beijos.

  15. Responder

    alice

    13/11/2012

    eu sempre achei que esse livro era melhorzinho.
    mas pretendo ler ele um dia sabe
    porém nao sei se vou gostar muito, mas nunca se sabe
    gostei da resenha

  16. Responder

    Pâmela Rodrigues

    13/11/2012

    Me dá um cansaço de chegar até o meio do livro e não estar empolgada!!! Alguns eu terminei de ler pelo fato de ter dedicado muito tempo a ele para não conhecer o fim…. rs!
    Enfim, ainda bem que gostou do livro depois do esforço inicial.
    Beijos,
    Pâmela Rodrigues

  17. Responder

    Dani

    13/11/2012

    Oi Gabi!
    Eu estou super curiosa para ler este livro *.*
    Já li tantas resenhas (boas e ruins) sobre ele, mas meu fraco por capas me faz querê-lo ter na minha estante assim mesmo, haha.
    Adorei sua resenha!

    Dani / @daride

  18. Responder

    Lucas Maia

    13/11/2012

    Oi Gabi!
    Nas resenha que leio sobre esse livro, sempre vejo o povo falando também da capa, que ela é feia e meio melancólica, mas acho que deve ter a ver com o enredo do livro, como você falou em sentimentos.

    Mas é sempre bom, mesmo que o livro comece chato, dar mais uma chance porque muitas vezes os personagens ou até mesmo o desenrolar da história, te faz repensar melhor sobre o livro.

    Beijos

  19. Responder

    Michelle

    13/11/2012

    Quando amor se transforma em obsessão, raramente terá um final feliz. E acho que, nesse caso, o medo do conhecido é muito pior do que não se conhece, já que assim como você conhece a outra pessoa, ela também conhece você e sabe dos seus pontos fracos. Parece uma boa história.
    bjo

  20. Responder

    Bruna

    13/11/2012

    oii Gabi!

    ainda não tinha lido resenha desse livro, e não gostei muito dessa sinopse não.
    deve ser tão horrível essa sensação de que você amou alguém perigoso, como se você tivesse escolhido a pessoa errada…
    sei lá, não me deixou muito curiosa… mas adorei sua resenha!

    megaa bjoo
    ;**

  21. Responder

    Amanda Almeida

    13/11/2012

    Oi Gabi, tudo bem?
    Gostei muito da sua resenha. Todas as que li, em sua grande maioria foram resenhas negativas quanto ao livro. A sua foi a primeira que expôs um outro lado e que despertou a minha vontade de lê-lo. Vou procurar adquirir e livro e tirar minhas próprias conclusões sobre ele. Porque mesmo o tema tendo me deixado um pouco apreensiva, eu fiquei curiosa quanto a ele.
    ps: Uma coisa que percebi e não sei se você vai concordar, mas há alguns livros que são peculiares e nem todos gostam por não compreenderem completamente a proposta do autor ou simplesmente não estão no momento. E acredito que esse é um deles. 🙂
    Bjus,
    Amanda Almeida

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      13/11/2012

      Siiim, concordo contigo sobre isso! Acho que alguns leitores não estão no momento certo quando leem determinados tipos de livros. Aconteceu comigo também, mas eu procuro dar um tempo e ler mais tarde. E também eu sou muito positiva quanto a livros: sempre procuro ver o lado bom dos pequenos detalhes do que classificar o livro como sendo ruim no todo.
      Beijos!

  22. Responder

    Gil/Effy

    13/11/2012

    Oi Gabi!

    Eu gostei do livro, é um bom drama. Só me senti curiosa no início pra saber o que realmente tinha acontecido, o que Cristian tinha feito com ela, já que, como a história era alternada em passado e presente, demorou um pouco mais essa revelação . Confesso que imaginei que fosse algo mais grave, mas enfim, ser perseguida não deve ser uma coisa fácil também. Gostei dos personagens, principalmente do pai, ele era tão disposto a protegê-la, sacrificando sua vida pessoal. E gostei dos momentos em que ela esteve em Bishop, que lugar, ele parecia ser paradisíaco rs.

    Beijos 😀

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      13/11/2012

      Pois é, também achei que a briga tinha sido por algo mais sério, e fiquei curiosa, depois acabei esquecendo [ugh]

  23. Responder

    Carissa

    13/11/2012

    Também li muitas resenhas negativas, mas agora, depois de ler a sua, fiquei com vontade de ler o livro.

    Beijos!

  24. Responder

    Luana

    13/11/2012

    Eu amei esse livro ele é super leve e sutil te passa uma mensagem sem nem perceberes eu simplesmente gostei, e realmente é tanta gente falando mal que você fica com o pé atrás.

    Bjs

  25. Responder

    Andressa

    14/11/2012

    Olá!
    Eu lembro que na época que ele foi lançado era dos únicos lançamentos da Editora pelo o qual eu havia me interessado. Acho o tema bacana: obsessão. Mas li tantas resenhas ‘mais ou menos’ sobre ele que me desanimei. Gostei de ler a sua, acho que vou dar uma chance para o livro!
    Parabéns pela resenha
    Beijos

  26. Responder

    Sharon

    14/11/2012

    Oie Gabi.
    Sinceramente, esse livro não chamou minha atenção, mesmo com a tua resenha e tu explicando e tals. Não sei acho que ando meio que evitando romances e coisas muito melosas. Ando lendo policiais e fantásticos, talvez possa ser a livraria que tenha me dado um pouco de cansaço, mas…
    Ainda espero tu ler Penélope e dar a tua opinião [wink]

    Bjooos.

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      17/11/2012

      Oh sim, tenho que ler Penélope de uma vez, mas acho que só ano que vem. Sempre que olho pra ele na estante eu lembro de ti, hehe. Eu tenho quase 30 livros de parceria pra ler, sabia? Meu Deus isso me apavora o_o
      Beijos!

  27. Responder

    Thais Teixeira

    14/11/2012

    Sempre fico perdida com livros que fazem isso, mas o bom é que todos que li assim, sempre se saiu bem com esse vai e vem de tempos.
    Adorei sua resenha Gabi, por mais que não tenha sido um livro perfeito, o fato de nos trazer uma mensagem importante conta muito para mim. Eu me arriscaria a lê-lo sim!!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

  28. Responder

    Girl Supimpa

    14/11/2012

    Oiii ^^
    Com essa resenha me deu até vontade de ler o livro =)
    Flor, eu tenho uma dúvida, já vi em vários blogs o título CAIXA DE CORREIO. Ou seja, óbvio que significa que você recebeu algo… mas eu gostaria de saber como faço parceria com editoras?

    Aguardo sua visitinha. Estou seguindo.
    Beijos

    http://www.girlsupimpa.com

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      15/11/2012

      Oi! Então, acho que o negócio é ficar de olho nas redes sociais das editoras mesmo, porque eles anunciam quando estão fazendo nova seleção de blogs parceiros. E a editora Novo Conceito está sempre selecionando, by the way 😉
      Beijos e boa sorte!

  29. Responder

    Leticia

    14/11/2012

    Olá!
    Estou com esse livro aqui, mas ainda não li, e já passei alguns livros na frente dele.
    Não estava com muita vontade de lê-lo ainda. Espero que não me falte empolgação até a metade do livro, como você, não me dou muito bem com isso, e talvez eu fique com ele parado por um tempo se isso acontecer.. Mas bem, já li resenhas negativas e positivas, acho que não vou esperar muito dele.
    Adorei sua resenha.

    Beijos;
    Ticia – ObsessionValley

  30. Responder

    pamela marloch

    14/11/2012

    Que bom que você gostou Gaby. Infelizmente ele não me desceu, terminei ele forçando por causa da parceria, mas achei ele extremamente cansativo… Mas gosto de forma alguma se discutem, ainda mais quando se trata de livros… bjos [smile]

    Pâmela, Mil Léguas [happy]
    http://milleguas.blogspot.com

  31. Responder

    Patricia Jabour

    14/11/2012

    Gabiiiiiiiii *-*
    Você está aceitando blogs para parceria?

  32. Responder

    Carolina

    14/11/2012

    Oi, Gabi!
    Adoro suas resenhas, você é sempre super sincera e cabeça aberta em relação aos livros.
    Se dependesse da capa do livro eu não daria muito atenção à ele, mas a sinopse me seduziu bastante, parece ter um enredo diferente do que estou acostumada.
    Odeio quando o começo do livro me confunde, porque depois que começo a entender fico com vontade de recomeçar haha

    Beijão

  33. Responder

    Fê Falleiro

    14/11/2012

    Oie!!!!
    Eu adoro a roupa da menina dessa capa, hahahaha que doido neh, mas acho que é a única coisa que vejo e gosto nesse livro, se nunca tivesse lido nenhuma resenha compraria só pela capa (mania…)
    Acho que algum dia vou compra-lo, até por ser um livro mais reflexivo, gosto de leituras assim as vezes =D
    Bjoss

  34. Responder

    Kel Costa

    14/11/2012

    A gente nunca espera que um dia vá sentir algo forte assim do tipo por alguém de quem tanto gostamos, né? Mas o tempo sempre muda as coisas…
    Esse é um livro pelo qual eu nem nutria muitas esperanças pq tb vi resenhas bem negativas sobre ele. Enfim, agora é esperar pra ver se vou gostar.

    Bjs,
    Kel
    http://www.itcultura.com.br

  35. Responder

    Bruna

    14/11/2012

    Primeira resenha que leio desse livro, mas já vi pessoas falando mal dele.
    Fiquei com vontade de ler porque como você disse a protagonista é decidida e enfrenta seus medos e por explorar os sentimentos do ser humano “odiar uma pessoa a quem amamos” isso acontece com varias pessoas.
    Beijos!

  36. Responder

    Camilla Martins

    15/11/2012

    Eu nunca tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, Gabi, mas a história não me interessou muito realmente =/ Achei uma coisa meio… sem sentido, sabe? Mas quem sabe se eu ler o livro mudo de ideia.

    Saudades de ti no meu blog, hein? u_u

    Tem post novo no blog! Beijos e bom feriado!

  37. Responder

    Camilla Martins

    15/11/2012

    eu já disse o quanto amo o css daqui? HFKJHGJKFHJKG

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      15/11/2012

      Jura? *-* É uma honra ouvir isso de ti! 😀

  38. Responder

    May

    15/11/2012

    Comecei o livro da mesma forma que você, sem empolgação alguma, mas, ao decorrer da história, fui me surpreendendo e até gostei da escrita da autora. Achei um pouco confuso o que a autora quis passar, mas não invalida a leitura de modo algum, sem falar que o pai da personagem faz o livro valer e MUITO a pena! ^^

    Beijinhos,
    May :*

  39. Responder

    Fernanda Rocha

    15/11/2012

    Olá, terminei de ler este livro na noite passada e gostei bastante. Quando comecei a ler eu não esperava uma história muitooo boa não, mas gostei muito do trabalho que a autora teve em cada personagem, o limite do amor e da loucura. Interessante leitura.

  40. Responder

    Fran Petite

    15/11/2012

    Oie!

    A primeira coisa que vou falar a respeito é: a Nova Conceito sempre faz capas assim, né? Isso me agonia de tal forma que nem sei explicar D:

    A segunda é: não sei se este seria um livro que eu daria prioridade pra ler, a história não foi daquelas que me chamou a atenção logo de cara. Mas essa parte de amor x ódio que você destacou, realmente dá pra nos fazer pensar um pouquinho, né? É horrível quando isso acontece, quando o amor (ou admiração ou que for) começa a se transformar em ódio e repulsa 🙁

    Bjins

    http://www.dicasoutravessuras.blogspot.com

  41. Responder

    Erica Ferro

    15/11/2012

    Vixe, esse negócio de alguém ser obcecado por outro alguém é muito perigoso, pode ter finais trágicos. Tenho medo dessas coisas! hahahaha
    Eu acho que gostaria de ler esse livro, gosto desses livros que exploram comportamentos humanos. Acho muito interessante.

    :*

    Sacudindo Palavras

  42. Responder

    Débora

    15/11/2012

    Oi Gabi,
    eu não gostei desse livro. Acho que eu sou uma das pessoas que esperavam um algo mais do final. Por um momento eu pensei que esse livro seria parecido com um da autora Sarah Dessen, mas não foi nada disso. Quem sabe a próxima leitura dessa autora me agrade.
    Beijos!

  43. Responder

    Ellen Alves

    15/11/2012

    Eu com cordo com você Gabi assim que terminei o livros achei que a autora quis passar esse tipo de mensagem! Eu gostei bastante dele!
    Um beijão

  44. Responder

    Douglas

    15/11/2012

    AMO A GABI!

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      15/11/2012

      ♥ Lindo, te amo! *-*

  45. Responder

    Raíssa Lins

    15/11/2012

    Lembro que na época do lançamento desse livro houveram várias resenhas e realmente algumas bem negativas. Engraçado que apesar de a sinopse entregar bastante da história, eu não tinha parado para pensar nesse livro como algo previsível, na verdade, eu achei que a história se desenrolaria depois do comportamento obsessivo do namorado e isso seria só uma introdução.

  46. Responder

    Biia Rodrigues

    15/11/2012

    Hey flor, tudo bem? *-*

    Quando a NC lançou esse livro e eu só tinha lido a sinopse fiquei com vontade de ler, pensei: Deve ser bom e diferente. Mas com a leitura de algumas resenhas, bem negativas a vontade foi sumindo sabe. Não vou dizer que ela voltou apos ler a sua resenhas, mas achei legal você destacar os pontos positivos. Acho que personagens bem construídos podem salvar um livro não tão bom.

    Beijos ;*

  47. Responder

    Mari

    15/11/2012

    Oi flor,
    Ainda não li nenhuma resenha desse livro, mas estou curiosa por essa leitura.
    Depois da sua resenha minha vontade só aumentou, gosto de livros que conseguimos sabe o que o personagem pensa exatamente.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Mari – Stories And Advice

  48. Responder

    Ceile

    25/11/2012

    Eu fui ler este livro de forma totalmente despretenciosa, não tinha lido resenhas. Só queria um livro rapidinho de ler – coisa simples -, mas acabei surpreendida pela intensidade e realidade que a autora depositou na história.

    O começo, felizmente, não foi difícil pra mim, apesar de eu não ver muito sentido da necessidade (já que em nenhum dos dois tempos, coisas acontecem), mas, como vc disse, a coisa evolui de uma forma incrível.

    Eu adorei, inclusive o final – acho que o tempo faz muitas coisas, principalmente, amadurece as pessoas.

    Beijos!

ESCREVA UM COMENTÁRIO