T. Greenwood – Um mundo brilhante

resenha do livro Um mundo brilhante

Um mundo brilhante
T. Greenwood
Editora Novo Conceito, 2011
336 páginas

Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato.

Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática.

Essa procura pelas respostas o deixará dividido entre a responsabilidade e a felicidade, entre seu futuro há muito planejado e as escolhas que podem libertá-lo da delicada teia de mentiras que ele construiu. Esta, enfim, é uma história fascinante sobre o que devemos às pessoas, o que devemos a nós mesmos e o preço das decisões que tomamos.

A neve sempre foi um assunto que me delicia, principalmente na leitura. Quando eu vi a capa, com todos aqueles montes branquinhos e brilhantes, já sabia, de antemão, que este seria um livro que me roubaria muitos suspiros.

A história me lembrou, em vários momentos, Emily Giffin e Nicholas Sparks. Talvez a autora tenha feito um trabalho genial juntando esses dois grandes autores num livro espetacular, porque a narrativa é fácil e flui muito bem, e você fica querendo ler um capítulo atrás do outro, noite adentro, até chegar à última página. Foi assim pra mim, pelo menos.

A história começa com o assassinato de um jovem índio, que acabou caindo na frente da casa de Ben e Sara. Tudo poderia ter acabado por aí se Ben não tivesse ido atrás de pistas para saber quem fez isso e como tudo aconteceu. A vida de Ben e Sara já não estava muito bem há tempos, e depois desse ocorrido, tudo tende a piorar. Ainda mais quando Ben conhece Shadi, a irmã do garoto assassinato e, juntos, nutrem um sentimento de dor e de justiça.

A partir daí, a história poderia ter se desenrolado de mil formas diferentes. E eu sempre pensei: “ah, vai ser assim que vai acontecer”. Eu não acertei uma! Por isso que eu digo que o livro não pode ser considerado um clichê nunca! Ele surpreende até quem não se prendeu tanto à leitura.

Sobre o personagem principal, Ben, não fiquei nem a favor, nem contra. Ele fez coisas ruins, mas tudo foi por um bem maior, ao meu ver. Muita gente não gostou dele, nem do livro, mas achei que eu consegui compreender bem os personagens e suas dores e dúvidas. E foi isso que achei mais espetacular no livro: ele faz o leitor analisar os fatos, além de lançar dúvidas e perguntas sobre o poder das nossas escolhas e outros fatos corriqueiros do dia a dia e do relacionamento das pessoas. E tudo isso terá consequências e corações feridos.

O sentimento que tive foi que os personagens estiveram sempre por um fio, sempre agarrados a qualquer fagulha de esperança que ainda restasse pela sua felicidade, sempre lutando por seus ideais e esquecendo conversas e assuntos problemáticos.

Enfim, é a história de qualquer pessoa comum, e isso torna o livro especial: saber que poderia ser algo que aconteceria com qualquer um de nós. Leia se você gosta de livros profundos, que te levem a uma nova dimensão e que façam você ficar acordado por horas por não conseguir largá-lo. E se você gosta de pensar e avaliar as atitudes antes de tomá-las.

POSTS RELACIONADOS

35 comentários

  1. Responder

    Thais

    11/03/2012

    [wink]
    As resenhas tendem a ser opinativas e diversas, uns gostam outros não. Por isso estou me retendo a ler, não sei se vou gostar, mas sejamos sinceras, a capa não é linda?

    [heart]

  2. Responder

    Sara

    12/03/2012

    Este livro não me chamou atenção, mas preciso dizer: que resenha boa é esta? Caracas, sua capacidade de expressar sua opinião é incrível. Não comento em todos os posts(olho vários blogs e às vezes não tenho muito o que dizer e odeio escrever só “legal!”), mas sempre estou lendo seu blog.
    Livro profundo não é bem minha praia, quer dizer, se a história for mega-hiper-super interessante, talvez eu leia. Mas Um mundo brilhante não despertou a curiosidade.
    Gabriela, você disse no meu blog que não assistiu as séries que postei. Recomendo muito Pushing Daisies, só teve duas temporadas e é linda demais, é fofa e (talvez esteje errada), mas me parece ser a sua cara.
    Boa semana.

  3. Responder

    Lygia

    12/03/2012

    EXATAMENTE, Gabi…sua opinião é mt similar a minha.
    Vi muitas pessoas criticando o livro, mas acho que o diferencial dele é justamente esse: não prevemos o que os personagens vão fazer, pq a história não é clichê! Os personagens são reais e tem atitudes detestáveis ou louváveis, dependendo da situação. Por isso que eu gostei bastante!
    Adorei sua análise! =)

    Beijos!
    Lygia – Brincando com Livros

  4. Responder

    Sharon

    12/03/2012

    Oie.
    Sempre digo que uma resenha tua humilha todas as minhas juntas, hehe. Verdade absoluta [cry]
    E apesar da sua resenha ter sido super hiper boa, eu não me interessei muito por esse livro, não. Talvez seja a história que não tenha me chamado a atenção… não sei.
    Realmente, neve dá um clima diferente em qualquer história, chic.

    Bjs Gabiii.

  5. Responder

    Amy

    12/03/2012

    é a história de qualquer pessoa comum. ótima definição. concordo bastante com sua opinião, gostei de Ben, gostei de Sarah…e gostei da narrativa que me proporcionou momentos impares. não fiz essa comparação atmosférica com Giffin e Sparks, não me lembrou muito… talvez seja pelo pouco conhecimento em ambos…
    beijos
    boa semana sua sumida 😛

  6. Responder

    Beatriz Gosmin

    12/03/2012

    Ah, eu não sei dizer se gostei ou não do livro.
    Achei ele embolado, simplório e o final me fez endoidar. Não sei, mas acho que toda essa familiaridade com ele por ser bem ‘normal’, me fez ficar meio abalada.

    Mas no todo, adorei ter lido ele.

    Beijos!

  7. Responder

    Ludmila

    12/03/2012

    Olá Gabi,
    O que é ler uma resenha sob uma outra opinião, outro ponto de vista….
    Li algumas resenhas negativas de Um Mundo Brilhante e, confesso que fiquei totalmente desmotivada em lê-lo.
    Ai leio sua resenha e penso, é cada um é cada um… gosto de livros profundos que nos leva a outra dimensão…
    Gostei bastante de tudo que vc falou e agora pretendo ler para descobrir a minha opinião. Quando vou ler eu ainda não sei… não será por agora, não estou desesperada para tê-lo em minhas mãos, mas vou ler…
    E a capa é linda, linda, linda [wink]
    Parabéns pela resenha!
    Bjos

  8. Responder

    Juh Claro

    12/03/2012

    Esse livro é o próximo da minha lista e estou ansiosa pra saber o que vou achar porque as opiniões diferem DEMAIS. Gosto de ler resenhas positivas sobre os livros que estão na minha pilha de leitura, porque quando vejo muitas negativas, vou deixando ele pra trás.
    A capa é linda mesmo e, se eu não me apaixonar pela história, vou me apaixonar pelo livro (fisíco haha).

    Beijo :*

  9. Responder

    Barbara

    12/03/2012

    Ótima resenha!!!
    O livro deve ser muito bom.
    Bj

  10. Responder

    Thiago Felicio

    12/03/2012

    Assim como você eu gostei também da capa e o fato da história ser de um simples homem e que isso pode acontecer com qualquer um de nós me atraiu a ler.
    Sua resenha está bem sincera e sucinta.
    Parabéns

    Abraço

    papos literários

    http://paposliterarios.blogspot.com/

  11. Responder

    Rapha

    12/03/2012

    Oi Gabiiii 😀
    Flor, desculpa o sumiço!!

    Nossa, que resenha é essa? Parece que vc amou o livro!
    Bom, li outras resenhas do livro e elas não eram tão boas qndo vc foi… mas é por isso que eu digo: não há livros bons ou ruins, é tudo uma questão de gosto mesmo.. Aliás, só é ruim qndo tem erros, mas em se tratando de o livro ter sido lançado pela NC certeza que erros não serão encontrados.

    Agora preciso ler pra ter minha propria opinião!

    Beijocas
    Rapha ~Doce Encanto

  12. Responder

    Pollyanna

    12/03/2012

    Oi Gabriela!
    Quero muito este livro, e depois de ler sua resenha fiquei com mais vontade. Gosto de livros que me prendem à atenção até o fim. Sua resenha ficou bem clara e muito sincera. Parabéns…
    Também fico tentando adivinhar o que vai acontecer! kkkkk
    Abraços…

    http://pollymomentos.blogspot.com/

  13. Responder

    Fernanda Souza

    12/03/2012

    Que resenha linda Gabi.
    Eu senti muita empatia pelo Ben, entendi as coisas que ele fez e procurei analisar o comportamento dele sem julgar. Foi um livro que me cativou bastante.
    Apesar de descordar do final, adorei a mensagem da autora.

    Beijos
    Leitora Incomum

  14. Responder

    Manu Sampaio

    12/03/2012

    Nossa, pelo que você falou parece ser um livro incrível! A neve com certeza me atrai na maioria dos llivros… Beijos!

  15. Responder

    Emilia

    12/03/2012

    O bom é assim quando a história te pega de surpresa, amo isso. Até porque lindamente eu sempre sei os finais de livros e filmes, sempre consigo descobrir as coisas antes e isso as vezes me irrita muito hahahaha
    Achei bem diferente pela maneira que vc descreveu, não é algo parecido ao que tenho lido ultimamente. Me gusta.
    beijos ^^

  16. Responder

    Luana Feres

    12/03/2012

    As opiniões sobre esse livros vão de um extremo ao outro. Umas pessoas odiaram, você adorou! Não sei o que pensar, sua resenha tá muito boa, mas eu não sinto aquela vontade latente de ler. Eu leria, numa boa, se ganhasse o livro, mas como o orçamento tá curto, não compraria. :/

    Beijos

  17. Responder

    Danni

    12/03/2012

    Oi, Gabizinha!
    Bom, você já sabe minha opinião sobre este livro né? Mas cada um tem sua opinião, e você soube expressar muito bem a sua através de sua resenha. Está de parabéns! Amo o modo como você escreve <3

    Beijos :*
    ps: como a Luana disse ai em cima, esse livro é do tipo "ame ou odeie" rs

  18. Responder

    Anna Schermak Alves

    12/03/2012

    Oi linda!
    Realmente você esta toda certa na resenha!
    Eu gostei muito do livro, até mesmo quis dar um chute na cara do Ben milhares de vezes hahaha.

    http://www.pausaparaumcafe.com.br

  19. Responder

    Flávia Pachêco

    12/03/2012

    Olá Gaaaab!!

    A sua resenha é uma das pouquíssimas que eu li que é tão positiva assim. Também adoro neve *0* rsrs. E acho que eu gostaria sim desse livro. Apesar de que eu não gosto muito de histórias com poucos diálogos, acabo me cansando sabe?! :/ Mas mesmo assim, acho que eu gostaria do enredo.
    Se eu tiver oportunidade vou ler concerteza!! Só não estou com taantas expectativas.
    Quanto á capa, simplesmente maravilhosa *-* haha.
    Amei sua resenha, como sempre está super bem escrita e objetiva.

    Beijão,
    @flafsbp
    { http://17ezesseteinvernos.blogspot.com }

  20. Responder

    Jacqueline Braga

    12/03/2012

    Oie Gabi
    eu amei este livro, e por vezes tmb senti que a autora se inspirou na Emily, porque a história tem uma carga emocional tão forte, que eu só me senti assim lendo os livros da Emily.
    O Ben foi aquele personagem neutro, nem me agradou, nem odiei, mas a Sara me deu raiva em vários momentos.
    Amei a resenha
    bjos

  21. Responder

    Mih

    13/03/2012

    Por isso é tão necessário pensar muito antes de tomar decisões, as vezes não damos esse valor, vou arrumar o menu lá na sexta, vlw a dica, eu tinha viajado. Adorei o livro fiquei curiosa pra conhecer. Beijoo

  22. Responder

    kakau4ever

    13/03/2012

    A descrição do livro é algo familiar pra mim, no sentido de procurar respostas…por isso fiquei com vontade de ler! Deve ser muito interessante a história.
    bjs

  23. Responder

    Rafa Ribeiro

    13/03/2012

    Confesso que essa resenha me deixou curiosa e já estou pensando em acrescentar este livro à minha lista de *vou ler*, hihi
    Ei flor, te indiquei lá no meu blog e gostaria muito que você desse uma passadinha por lá, pra conferir e comentar 🙂

    http://rafaribeiiro.blogspot.com/2012/03/10-blogs-que-eu-adoro.html

    Beijos co-lo-ri-dos ♥

  24. Responder

    cris dornelas

    13/03/2012

    Eu acabei de ler esse livro ontem mesmo! Eu gostei. Fiquei pensando que o livro ia acabar como eu imaginei mas aí plim! Mudou tudo. Sabe, é um bom livro, com uma história que chega bem perto do real e que realmente parece com uma história que poderia acontecer com a gente. Eu gostei. E a capa é tão linda, brilhante *0*

  25. Responder

    Vivi

    13/03/2012

    Nossa só de lembrar Nicholas Sparks já ganhou créditos comigo. Estou aqui com ele para ler, espero conseguir em breve.
    To ansiosa, muitas pessoas falado bem do livro.

    Beijocas

  26. Responder

    Thay

    14/03/2012

    Olá!
    Primeiramente: que blog lindo! Adorei o layout e todos os pequenos detalhes, muito delicado e de bom gosto! E, em segundo: esse livro acabou de entrar para a minha lista de leituras futuras no Skoob! Também não resisto à neve – apesar de nunca tê-la visto pessoalmente – e fiquei curiosa pela história de Ben. Vou dar uma procurada no livro, sem dúvidas.
    Beijo!

  27. Responder

    Camila Costa

    14/03/2012

    Oi Gabi;
    achei Um Mundo Brilhante um livro beeem diferente dos que eu estou acostumada sabe, saí da minha zona de conforto totalmente e gostei! Acho que a parte mais “REAL” do livro é que ele não é todo feliz, como se fosse um filme, tudo acaba até que bem, mas não achei que foi um final feliz, na verdade para mim o livro todo foi Infeliz kkk mesmo assim eu gostei, até recomendei para minha mãe leer rs
    Beijinhoos

  28. Responder

    May

    15/03/2012

    Esse livro está aqui lindinho só me esperando, haha!
    Adorei sua resenha e seu ponto de vista sobre a ‘normalidade’ do livro e de como isso o torna especial.

    Beijinhos,
    May ;*

  29. Responder

    Erica Ferro

    16/03/2012

    Ah, eu adoro livros profundos, Gabi! E é por isso que eu creio que vou amar “Um mundo brilhante”. Adoro livros que me façam refletir, mudar conceitos, largar um velho “eu”. Livro tem essa função: a de transformar. De alguma forma, ao menos.

    Eu quero “Um mundo brilhante”! hahahaha

  30. Responder

    Erika Tammy

    16/03/2012

    Oi Gabi!
    É mais um livro que eu quero muito, e a sua é uma das poucas resenhas que li que é positiva. Mas sempre que você resenha algum livro eu leio e você acerta em cheio e então acho que vou gostar desse também!
    xoxo

  31. Responder

    Jennifer Prange

    17/03/2012

    A capa é linda demais, mas acho que o livro em si, não me agradaria muito, eu não gosto muito de histórias comuns, só algumas é claro, mas pela sua resenha me deu uma vontade de lê-lo, nunca tinha parado para observa-lo, só ouvido falar, poucas coisas.
    bjss

  32. Responder

    Sabrina Sousa

    18/03/2012

    Adoro livros que fazem com que eu fique um boom tempo meditando após o término de sua leitura!
    Já vi alguns comentários não muito positivos sobre esse livro, mas estou com muita vontade de lê-lo. Já tá na minha listinha. Tô só aguardando ele chegar! hehe
    A primeira impressão que tive a respeito não foi de que se tratava de um livro que traga uma história romântica, achei mesmo que você mais um drama. Achei lindíssima a capa.
    Se irei gostar, realmente, só lendo para saber.
    Muito boa a sua resenha!

    Beeijo, Gabi!
    @BrinaSophie

  33. Responder

    Thaís

    18/03/2012

    Pois é Gabi, eu concordo com boa parte do que você escreveu, apesar de este ter sido um livro que eu gostei, mas poderia ter sido trabalhado de outra forma, digo em relação à Shadi e tudo mais. Mas eu achei o Ben uma pessoa muito passional diante de coisas que eu me descabelaria, sabe? Foi se como eu estivesse vendo a Cassie e suas “reações” em o Círculo Secreto, entende? Eu sei que foi um livro pronto para uma reflexão mais profunda dos diversos eus e vós que existem, mas para mim ainda faltou um quê.

    Adoro suas resenhas!

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    http://www.pronomeinterrogativo.com

  34. Responder

    Mary

    14/04/2012

    Oi, Gabi 😉
    Graças a sua resenha acrescentei mais um livro à minha lista de compras =D
    Praticamente todas as resenhas que vc faz me deixam muito curiosa, rs.

    Parabéns!
    Beijocas.

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      14/04/2012

      Oba! Fiquei feliz em saber que as minhas resenhas te fazem querer ler mesmo o livro! Que coisa boa! o/
      Beijão!

ESCREVA UM COMENTÁRIO