Haley Tanner – Vaclav & Lena

Vaclav & Lena
Haley Tanner
Editora Intrínseca, 2012
272 páginas

Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro. Eles se encontram pela primeira vez aos 6 anos, numa aula de inglês para imigrantes em Brighton Beach, no Brooklyn. Vaclav é precoce e falante. Lena, com dificuldade no idioma, refugia-se na segurança de sua adoração por ela. Ele imagina a história dos dois se desenrolando como em um conto de fadas. No entanto, uma das muitas verdades a serem descobertas nessa extraordinária obra de estreia de Haley Tanner é que “felizes para sempre” nunca é um desfecho garantido.

Um dia, Lena não vai à escola. Desaparece da vida de Vaclav e da família dele como num cruel truque de mágica. Durante os sete anos seguintes, Vaclav deseja boa-noite a Lena todos os dias, perguntando-se se ela faz o mesmo onde quer que esteja. No dia do aniversário de 17 anos de Lena, ele finalmente descobre o que aconteceu.

Haley Tanner tem a originalidade e a verve de uma contadora de histórias nata, e também a ousadia de imaginar um mundo em que o amor pode superar as circunstâncias mais difíceis. Em Vaclav & Lena, a autora dá vida a dois inesquecíveis jovens protagonistas que evocam a alegria, a perplexidade e a paixão de se ter uma profunda e duradoura ligação com outra pessoa.

Haley Tanner escreveu Vaclav & Lena como se fosse uma canção de ninar, uma poesia maravilhosa que é lida em apenas um ou dois dias. As palavras, as frases, as emoções que ela transmite através da escrita são quase palpáveis e você é capaz de mergulhar nas páginas desse livro, sem querer sair dele.

Logo que li a sinopse, imaginei um mundo de possibilidades e soube, naquele momento, que teria que ler esse livro. Não me arrependi nem por um momento: a autora cumpre o que promete e nos mostra um amor que sobrevive ao tempo, que é inocente, que baseia-se nas coisas mais simples, mais básicas. Nos parece que, conhecendo a história de Vaclav e Lena, enquanto estão juntos, tudo é possível e o amor pode ser algo além do extraordinário.

“Em seguida, há instruções para que as crianças discutam com seu grupo o que procurariam salvar em suas casas em caso de incêndio. […]
Vaclav decide dar uma resposta mentirosa à pergunta, porque falar a verdade seria constrangedor. A verdadeira coisa que ele salvaria num incêndio seria Lena.”
Página 34

Quando Lena some da vida de Vaclav, aos 9 anos, a narrativa passa da infância deles juntos para capítulos separados, onde cada um tomou um rumo na vida, embora os pensamentos de Vaclav continuem cheios de Lena, e os de Lena cheios de Vaclav. Eles nunca deixaram de ficar juntos, apesar de estarem fisicamente separados – e é ali que, além de conhecermos um pouco do passado de um e dos pensamentos de outro, conseguimos compreender a força que o amor, esse amor puro e inocente deles, tem.

“Isso é algo que Lena faz por Vaclav: ela torna tudo melhor apenas por estar ali. Isso é algo que Vaclav espera que também seja capaz de fazer por Lena.”
Página 37

O início do livro é narrado de uma forma mais leve, mais infantil, quando ambos tinham 9 anos e quando era o sonho de Vaclav ser mágico, e de Lena ser sua linda assistente. Eles diziam que, no futuro seriam marido e mulher, além de mágicos famosos. Como Harry Houdini. É ali que a escrita é mais ingênua, onde os personagens tem a convicção de que vão conquistar o mundo com seus truques de mágica, que são praticados diversas vezes, todos os dias, juntos.

À medida que o livro vai passando e os personagens crescendo, a leitura inocente dá lugar a uma leitura mais séria, porém, ainda podemos perceber aquela ponta de pureza ali, sempre presente. Não sei se foi proposital ou não, mas as partes do livro onde era contada a história dos dois juntos fluíram muito melhor do que as partes onde cada um ficou separado. É algo que Vaclav e Lena fazem: eles se completam, eles são o que são, sem explicação, sem complementos; são assim, juntos, dessa forma linda, ingênua e que conquista o coração de cada um que conhece suas histórias, separados ou juntos, tanto faz. Eles sempre serão um só, unidos de alguma forma. ♥

POSTS RELACIONADOS

45 comentários

  1. Responder

    Tatiellen Tarzo

    julho 31, 2012

    Owwn que resenha mais fofa!
    O melhor de ler resenhas é ficar encantada com um livro que num primeiro momento não te interessava. Quanto vi esse livro no catálogo da Intrínseca não imaginava um romance tão gostoso.
    Agora é claro que eu quero ler! rs

    Beijos
    Tati

  2. Responder

    Caroline

    julho 31, 2012

    Que fofo! Amo romances assim, onde se sobressai a pureza. Afinal, o verdadeiro amor é puro, perfeito e incondicional [happy] agora que vi a sinopse, vou ter que adicionar esse livro aos meus desejados ^^
    beijinhos

  3. Responder

    Sara

    julho 31, 2012

    Vi que você twitou a resenha e achei o título do livro estranho e fiquei curiosa pra saber do que se tratava. A sinopse já é MUITO INTERESSANTE e a resenha ficou mega linda.

  4. Responder

    Beatriz

    julho 31, 2012

    Que resenha fofa Gabi. Olhando o livro eu não imaginava que fosse tão bonito assim e nem do que se tratava mas depois de ler sua resenha confesso que pintou uma vontadezinha de ler ele. hihi ^^

  5. Responder

    Bianca Sampaio

    julho 31, 2012

    Que linda história de amor deles! Amor puro, inocente, verdadeiro e duradouro. Resenha muito fofa, em sintonia com a história 😀

    Beijos!

  6. Responder

    Ludmila

    julho 31, 2012

    Eu também preciso ler esse livro!
    Desde a primeira vez que eu li a sinopse e que eu vi a capa desse livro, eu quis lê-lo.
    E lendo sua resenha tive mais certeza ainda de que eu quero e vou ler.
    Amei sua resenha, amei como você descreveu o amor da história… o amor dos personagens. [love]
    Sua resenha esta tão gostosa de ler… Parece mesmo uma poesia.
    Parabéns, Gabi!
    Beijos

  7. Responder

    Luuh Costa

    julho 31, 2012

    Resenha linda e que capa mais fofa! *-*
    Fico totalmente encantada com livros cutes assim. Amei demais e já quero super ler! <3

    Um beijo, Luuh C.
    luuhkawaii.blogspot.com.br/

  8. Responder

    Bruna Reis

    julho 31, 2012

    Nossa que resenha profunda Gabi XD Eu adoro esses livros onde o amor vence tudo, mas principalmente, quando os autores conseguem passar essa imagem de que ele pode acontecer, de que vai e de que pode ser eterno, atemporal. Sabe aquelas histórias que te fazem suspirar, chorar e ficar arrepiada? Se essa for uma delas, com certeza irei adorar XD
    E se for realista, mais ainda. É pela presença da realidade que eu amo o livro Um Dia, por exemplo.

    Beijos querida
    Bruna Reis
    desbravandohistorias.com.br

  9. Responder

    Endryelle Santos

    julho 31, 2012

    Aiii, essa história parece ser muito fofa! Quando li a sinopse morri de vontade de ler. E quando lia resenha, OMG! Preciso [smile]

    Beijo grande :*

  10. Responder

    Raíssa Lins

    julho 31, 2012

    Quando vi a capa e a sinopse do livro me apaixonei, mas confesso que estava com medo de me decepcionar – o que parece não ser o caso. A história parece delicada e simples, daquelas que encantam a gente, né? Estou muito ansiosa pela leitura.

  11. Responder

    Raone Araujo

    julho 31, 2012

    Primeiro, adorei a capa do livro e o fato de ser editado pela Intrínseca. [wink]
    E segundo, enquanto lia a sinopse já fiquei imaginando alguns aspectos em relação a história, que foram confirmados ao ler sua resenha, que por sinal, ficou realmente muito profunda!
    O que mais me chamou atenção foi o fato da autora retratar o amor, de uma forma tão simples e ingênua, algo que vem sendo perdido ultimamente: afinal, com o aprimoramento da ficção científica; vampiros, lobisomens, fantasmas e afins, é o que não faltam nos enredos! Ou seja, é difícil encontrar uma história pura como essa. Também achei interessante essa “mudança” de como o livro é narrado, passando pela fase inocente da infância até o crescimento e amadurecimento dos personagens.
    Um livro que sem dúvida irá para a minha lista de “livros desejados”. Parabéns pela resenha, Gabi! [smile]

    Beijo!

  12. Responder

    Flávia Pachêco

    julho 31, 2012

    Awn, que lindooo *—-*
    Af, me apaixonei. Entrou diretamente pra minha lista de desejados!! Sou completamente louca por romances, e ainda mais um assim todo puro? Que fofo gente, eu tenho que ler!

  13. Responder

    Patricia Jabour

    julho 31, 2012

    Bem, após sua resenha, também terei de dizer “terei de ler este livro” *-*
    Adorei a sinopse dele e sua resenha o torna ainda mais especial e cativante. Fiquei muito curiosa a respeito do livro, além da capa dele ser muito bonita!

  14. Responder

    Julia G

    julho 31, 2012

    Ei Gaby, não conhecia esse livro, mas já o achei incrível pelo que você citou. Adoro esses romances nos quais podemos ver que os protagonistas pertencem um ao outro, é tão lindo! Pela capa talvez o ignorasse, mas depois de ler uma opinião assim, impossível. Vou ler logo!

    Beijos

  15. Responder

    Bruna

    julho 31, 2012

    awwwn a estoria parece ser muito fofa, fiquei morrendo de vontade de ler e morta de curiosidade pra saber o que vai acontecer no final do livro.

  16. Responder

    Nathália

    julho 31, 2012

    Oi Gabi!
    Eu achei esse livro lindo, se tornou um dos meus favoritos! O modo como a Haley escreve é tão doce e encantador que sempre me deixava com um sorriso no rosto! O amor que há entre eles é tão único e puro, não há Vaclav sem Lena, nãp há Lena sem Vaclav!
    Livro maravilhoso!!!
    Sua resenha ficou muito linda, parabéns!
    Beijos,
    Nathi
    Books in Wonderland

  17. Responder

    Yara Andrade

    julho 31, 2012

    Amei a sua resenha *-* Ela ficou ótima e demonstrou muito bem o quanto você gostou do livro. Esse livro parece ser realmente muito bom, estou ansiosa para lê-lo. Adorei o seu blog.
    Beijos.

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

  18. Responder

    Leandro de Lira

    julho 31, 2012

    Oi!
    Sério, esse livro parece ser bem leve mesmo. A própria capa é muito fofa.
    Acredito que é uma leitura maravilhosa. Espero lê-lo brevemente.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

  19. Responder

    Patricia Jabour

    julho 31, 2012

    Ei Gabi *-*
    Bem, por este livro, deu para sentir como é o estilo de escrita deles e, cá para nós, é muito divertido!!
    Ah é ótimo sim! Bom que ambos podem aprender 😉
    Heheh tem muitas ilustrações sim!
    Sim, infelizmente é difícil um livro que gostamos 100%, ainda mais não sendo um romance 😀

  20. Responder

    Kelly Barros

    julho 31, 2012

    Eu queria tanto ler esse livro *-* a sinopse dele tinha me cativado, mas não via nenhum blog falando dele, e ficava pensando “ai meu Deus, será que esse livro é muito ruim?” Até que agora veio a sua resenha e estou mais animada pra incluir ele na minha wish list. Amei o novo formato de calendário que você colocou na sidebar, está uma gracinha.
    Quanto aos meus blogs, é tudo uma bagunça, hehehe eu tenho dois, um literário e um pessoal, achei que não ia dar muito certo misturar tudo num blog só. Mas eu não tenho tempo nem pra cuidar de um blog quanto mais de 2, então eles meio que ficam abandonados, mas eu não desisto deles, pois quando eu tenho tempo, ou estou muito estressada é meu meio de relaxar. Obrigada por seguir os dois [smile] [heart] bjos

  21. Responder

    Mônica

    julho 31, 2012

    Como sempre, ótima resenha (:
    Nunca tinha ouvido falar no livro, mas fiquei encantada com a história e curiosa pra saber o que aconteceu com Lena!

    ;*

  22. Responder

    Lorena Rocco

    julho 31, 2012

    Primeira vez que vejo algo a respeito desse livro! Fiquei curiosa..

    Bjo,
    milalices.blogspot.com.br

  23. Responder

    Bianca Karina

    julho 31, 2012

    Não sei qual é mais linda: a sua resenha ou como a história parece ser! Adorei suas palavras, Gabi, sua resenha ficou incrível como sempre e me deixou com vontadinha de lê-lo, rs. A história parece ser realmente linda e muito boa!

    Beijoss!

  24. Responder

    May

    julho 31, 2012

    Que resenha linda! [love]
    Adorei o fato de misturar o passado e futuro dos dois, sua resenha me deixou morrendo de vontade de ler o livro! *–*

    Beijinhos,
    May :*

  25. Responder

    Flávia Soares

    julho 31, 2012

    Pois, você pode conhecê-lo. Fica em Parnaíba- PI e em Barra Grande- PI. Meus pais são do PI, mas nunca fui pra lá. Nem sabia que existia esse tipo de lugar lá. Mas vi várias matérias em um programa e me apaixonei. Visualizei totalmente o lugar e ainda vou. Por isso, me serviu de inspiração.
    Volte sempre que quiser, beijoos.

  26. Responder

    CheiroLivros

    agosto 1, 2012

    AWN *-* Me encantei pela resenha, Gabi. Esse livro me perseguiu algumas vezes pelas livrarias haha , mas sei lá por que, eu nunca li nem a sinopse. Eu já achava a capa linda, agora me apaixonei pela história, adoro romances puros e inocentes assim, eles me cativam instantaneamente, acabo preferindo desse tipo do que aqueles densos, sabe? Acho que leituras com uma essência ingênua são tão mais tocantes :T Tenho que dar um jeitinho de ler esse livro.

    Beijos
    Mih – CheiroLivros.com

  27. Responder

    Thaís

    agosto 1, 2012

    Fiquei feliz pelo seu comentário sobre o livro, Gabi! Eu amei o livro! É singelo, gostoso de ser lido, e como você mesma disse: uma poesia maravilhosa.

    A autora narra de uma forma muito fluída, não é? E para defini-los posso usar a mesma expressão que Vaclav: VacLena! São um em dois. (:

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    http://www.pronomeinterrogativo.com

  28. Responder

    dolcceblanc

    agosto 1, 2012

    Ai que coisa linda.

    Bacio, Selene Blanchard
    MODA E Eu
    Modaeeu.blogspot.com
    Espero sua visita

  29. Responder

    Lara

    agosto 1, 2012

    Logo que eu li a sinopse desse livro, me interessei imediatamente por envolver uma história muito meiga, delicada. Mas depois que eu li a sua resenha, fiquei mais encantada ainda. Uma história de amor que vem de infância me deixa completamente fascinada por ser tão delicada, tão cheia de amor inocente! Com certeza, irei ler logo, logo! Obrigada pela resenha fantástica! Um beijo!

  30. Responder

    isabel

    agosto 1, 2012

    Comecei a ler esse livro na livraria e achei super fofinho: só não comprei por estar sem dinheiro no dia! Minha vontade só aumenta porque Vaclav é um nome tcheco/eslovaco, e vou fazer intercâmbio na Rep. Tcheca ano que vem hihih

  31. Responder

    Estefanie Germanotta

    agosto 1, 2012

    Não conhecia, mas me apaixonei por essa capa colorida *-* A história parece ser muito muito muito fofa. Adoro livros assim. Preciso ler esse! Preciso!

    Beijos
    http://coisasfutteis.blogspot.com.br/2012/08/que-oculos-e-sua-cara.html

  32. Responder

    Mariana Schiavi

    agosto 1, 2012

    Oi Gabi,tudo bem?
    Sou louca para ler esse livro, já li varias resenhas positivas.
    To pensando em comprar ele amanha, não vejo a hora de ler.
    Boa Semana.
    Obrigada pela visita anterior,tem nova resenha!
    Beijos

  33. Responder

    Wanessa Guimarães

    agosto 1, 2012

    Não conhecia ainda, mas parece ser muito bom!!!

    Beijos,
    http://www.estanteseletiva.com

  34. Responder

    Erica Ferro

    agosto 1, 2012

    Ai, que resenha linda! Fiquei encantada, Gabi.
    Agora sou eu quem digo: tenho que ler esse livro.
    Eu adoro histórias assim, meigas, puras, que nos tocam de uma forma única. Que falem de amor atemporal.
    Ah, eu preciso ler! Simples assim! =D

    Beijo, Gabi.

  35. Responder

    Poly

    agosto 1, 2012

    Que coisa linda!
    *_*
    Pela sua resenha o livro parece ser a coisa mais gostosa do mundo de ser lida.
    Fiquei com vontade >_<
    Bjuxxxx

  36. Responder

    Juh

    agosto 2, 2012

    Achei esse livro sua cara, Gabi! haha
    Awn, amei a resenha e fiquei morrendo de vontade de ler <3 Já vai pra listinha de compras da bienal!

    Beijos.

  37. Responder

    Rafa Ribeiro

    agosto 2, 2012

    Gostei da resenha, Gabi. Fiquei encantada com o livro *.*

    Fofa, tem uma surpresinha pra você no meu blog. Confere lá: http://tinyurl.com/cqljmqj

    Beijos ♥

  38. Responder

    Ágata Bresil

    agosto 2, 2012

    Ai que benção. UAHSUAUHSUAHUSA Eu tava procurando a resenha desse livro, dai vim aqui responder o seu comentário e me deparei com ela. Estou fazendo uma listinha de livros pra comprar na Bienal com o dinheiro que será destinado para isso e acho que esse definitivamente vai ter de ser um deles. Eu estava meio na dúvida, mas graças a sua resenha agora eu tenho certeza.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

  39. Responder

    Luara Cardoso

    agosto 2, 2012

    É normal ficar suspirando com um livro só por ler uma resenha? Estou assim agora.
    Eu também fiquei pensando “tenho que ler esse livro” assim que li a sinopse. Mas nossa, estou toda amores por ele agora. <3

    Um beijo,
    Luara – Estante Vertical

  40. Responder

    Jeniffer

    agosto 2, 2012

    Awn, já pela capa me apaixonei pelo livro *O* Confesso que capas assim, criativas e fofas sempre despertam meu interesse! Lendo sua resenha me interessei ainda mais! Primeiro estranhei os nomes diferentes dos personagens, mas o enredo tem tudo pra me agradar, a pureza na narrativa que você cita, os dois juntos e a narração quando eles estão juntos ser mais fluída *____* Claro que quero ler o/

    E ah, sobre os vídeos comerciais de 50 tons de cinza, ainda não vi nenhum D: Gosh, sou muito desinformada –‘ rs Vou procurar ver algum deles o/

    Beijos

  41. Responder

    Driely Meira

    agosto 4, 2012

    Oiii
    Adorei a sua resenha Gabi…
    Nunca tinha lido nada desse livro antes, a sua resenha foi a primeira que eiu li, e adorei..quero muuito ler esse livro!!
    Bjs
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

  42. Responder

    Beatriz

    outubro 13, 2012

    Desde quando eu vi sua resenha fiquei querendo esse livro. E quando fui na bienal comprei ele, hoje eu terminei de ler e fiquei com aquele encanto de final de livro e gostinho de quero mais, sabe? No meio da história eu dei uma “empacada” mas quando ficaram juntos novamente a leitura fluiu perfeitamente bem. Só acho que poderia ter um pouco mais de romance entre eles, do tipo que contasse mais sobre coisa vividas juntas e tals. O livro é lindo e eles sem dúvidas nenhuma, se completam. Adorei.♥

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      outubro 13, 2012

      Oi Beatriz!
      Nossa, fiquei super feliz que você comprou o livro por causa da minha resenha e ainda gostou dele. E obrigada por ter vindo aqui mostrar seu feedback, muito legal 🙂

      Enfim, também senti falta de um romance, mas o livro mostra um amor tão puro e lindo que é impossível não amar.

      Beijos.

  43. Responder

    Clara Taveira

    fevereiro 14, 2014

    Menina! Amei sua resenha! Comecei agora a procurar resenhas sobre o V&L e não encontrei nenhuma com o qual eu me identificasse, que se atentasse aos mesmos pontos que observei no livro.
    Eu amei, amei, amei, amei esse livro demais. Achei lindo, puro sem ser piegas, romântico sem ser meloso e incrivelmente “relezível” (ou seja, digno de ser lido mil vezes, hahahahahaha).
    Adorei! Brigada pela resenha!
    Beijos!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      fevereiro 20, 2014

      Oi, Clara! Que bom saber que você se identificou com a minha resenha. Esse livro é um amorzinho só, daqueles que você não quer largar. Bom, você disse tudo, haha!
      Espero te ver mais vezes aqui no blog.
      Beijos :*

ESCREVA UM COMENTÁRIO