Lisa Gardner – Viva para contar

resenha do livro Viva para contar

Viva para contar
Lisa Gardner
Editora Novo Conceito, 2012
479 páginas

Em uma noite quente de verão, em um bairro de classe média de Boston, um crime inimaginável foi cometido: quatro membros da mesma família foram brutalmente assassinados. O pai — e possível suspeito — agora está internado na UTI de um hospital, entre a vida e a morte. Seria um caso de assassinato seguido por tentativa de suicídio? Ou algo pior?

Como primeiro comentário, gostaria de compartilhar que fiquei muito feliz em ter escolhido esse livro como minha estreia no blog, primeiro porque faz muito meu estilo e também porque você não apenas lê este livro, você investiga, descobre, se decepciona e se surpreende junto com as três mulheres que formam este intenso thriller policial.

Acho bacana contar só um pouquinho de cada uma das personagens principais, elas são realmente intrigantes:
D.D Warren é uma sargento da Polícia de Boston, carente e workaholic (confesso que a idealizei como a atriz principal de Law &Order SVU).
Victoria Oliver, uma mulher que renunciou uma vida perfeita para se dedicar completamente a ser mãe de uma criança com sérios problemas mentais, sem dúvida é a personagem que mais choca e incomoda moralmente em toda a trama.
Danielle Burton, a única sobrevivente de uma tragédia familiar, médica da CAPB – Clínica de Avaliação Pediátrica de Bostone perturbada por terríveis memórias de seu passado.

“Eu sei o que você está pensando. Você acha que escolhi essa carreira para salvar crianças perdidas, assim como eu. Ou, talvez, de maneira ainda mais heroica, você acha que escolhi esta profissão para evitar tragédias como aquelas que aconteceram a minha família. Entendo o que você está pensando. Mas você ainda não me conhece.” Danielle, página 10.

A construção da história se dá em momentos protagonizados por cada uma delas em diferentes situações. No início me senti um pouco confusa com a divisão dos capítulos, mas no decorrer da leitura não só compreendi como percebi que era essencial para o desenvolvimento da história. O mais interessante é que Lisa Gardner conseguiu mostrar três pontos de vista muito distintos sobre o mesmo tema. São vidas e opiniões diferentes que se entrelaçam sutilmente em torno de uma problemática, e fazem você se questionar a cada momento.

A descrição das cenas é muito rica em detalhes, então a imaginação rola solta, tornando a leitura bem interessante. Além disso, acredito que o livro traz uma ótima abordagem sobre o assunto “psicopatia infantil”, que é pouco divulgado, portanto sofre bastante preconceito. É muito difícil para os pais aceitarem que um de seus filhos precisam de ajuda, mas é essencial que haja essa consciência para que ele possa se desenvolver da melhor forma possível.

Enfim, posso dizer que, mesmo com uma carga dramática grande, o livro é super empolgante e dinâmico, a história não cansa, as situações vão se renovando, e você sempre precisa ler mais uma página para descobrir mais um pouquinho. Se eu já tiver ganho a confiança de vocês o suficiente nesta primeira resenha, super recomendo a leitura de Viva para Contar, cada página realmente vale a pena. 😀

POSTS RELACIONADOS

32 comentários

  1. Responder

    Amanda Faustino

    janeiro 26, 2013

    Eu não gosto muito desse gênero, mas com a sua resenha fiquei um pouco mais animada para ler esse livro. Vou ler em breve, espero gostar.

    Beijos,
    Mandi – Book and Cupcake.

  2. Responder

    Carolina

    janeiro 26, 2013

    AMO thriller policial! Essa sua resenha me fez querer comprar o livro imediatamente. Faz algum tempo que não leio um livro nesse estilo. Com certeza será uma das minhas próximas compras.

    Beijo

  3. Responder

    Aninha Lima

    janeiro 26, 2013

    Esse livro já está nas minhas leituras para 2013, adorei a resenha!!
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

  4. Responder

    monique carvalho

    janeiro 27, 2013

    não gosto desse gênero ja li uma vez e não gostei um dia tento ler denovo sua resenha fico muito boa

  5. Responder

    Daniele Savio

    janeiro 27, 2013

    Diana sua resenha ficou maravilhosa!
    Amo ler, e leio qualquer gênero, e gosto bastante de livros que acontecem coisas inesperadas e de suspense. Fiquei muito curiosa!
    Bjoo

  6. Responder

    Matheus Pinheiro

    janeiro 27, 2013

    Super amei o livro,sempre leio livros desse genero .-. Super amei o blog *-*
    http://www.dodleeluv.com/

  7. Responder

    Dinha Vieira

    janeiro 27, 2013

    Amo livros desse gênero. O jeito como foi divido, me lembrou como Harlan Coben escreve, o que eu gosto bastante. Adoro ver como pontos de vista tão diferentes se entrelaçam numa mesma história. Amei a resenha! ♥
    Beijão :*

  8. Responder

    Luiza Grilli

    janeiro 27, 2013

    Resenhou bem, escreveu com as palavras certas! Me interessei de certa forma pelo livro, logo vou adicionar ao Skoob! E bem vinda ao blog Diana! E agora só me deu mais gostinho de ler o livro só de saber que ele tem algumas coisinhas em comum com Law & Order – SVU – porque eu realmente amo essa série e amo demais a Olivia Benson! Qual é a sua personagem preferida?

    Um Beijao!

  9. Responder

    Babi Lorentz

    janeiro 27, 2013

    Ei, Diana, tudo bom? Estava esperando sua participação e pensando em qual livro você resenharia e indicaria pra gente. Acredita que ainda não li e acabei por desistir deste livro por causa das poucas indicações como a sua? Normalmente via o pessoal falando mal, por isso acabei por deixar de lado mesmo.
    Mas com as palavras que você usou pra falar sobre o livro, acho que a leitura realmente seja válida.
    Beijos.

  10. Responder

    Fernanda Souza

    janeiro 27, 2013

    Como eu chorei com esse livro, principalmente com a estória da Daniele e o sofrimento da Vi com o filho. Quando terminei de ler corri pra ver se tinha outro livro da autora publicado no Brasil, mas infelizmente não tem.

    Beijos
    http://www.leitoraincomum.com

  11. Responder

    Isadora Ferreira

    janeiro 27, 2013

    Oi Diana, tudo bem? Olha que curioso: estava num avião de um vôo de sp para bh e uma aeromoça sentou ao meu lado (o lugar estava vago), e começamos a conversar sobre livros, já que eu estava com Amada Imortal na mão. O papo foi evoluindo e depois começamos a falar sobre cursos, faculdade, o que eu queria fazer e tal. Ela me contou que fazia psicologia e eu disse que eu me interessava muito em psiquiatria, que queria fazer medicina para depois ser psiquiatra. Então ela me indicou esse livro haha. Amo esse gênero e estou louca para ler! Estava atrás de uma resenha boa de Viva para Contar já há algum tempo e a sua veio bem a calhar! Amei sua resenha, ela me deixou mais curiosa!
    Beijos!

  12. Responder

    Amiga da Leitora - Thais

    janeiro 27, 2013

    Seja bem vinda Diana! Não conhecia este livro, mas gostei de sua resenha e o fato do livro não cansar, das situações serem sempre renovadas!!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

  13. Responder

    Bruna Maranhão

    janeiro 27, 2013

    Ultimamente eu estou gostando cada mais desses thriller policiais. Não sei se é porque estou vendo muitos filmes e seriados desse jeito, mas eu fico em êxtase quando encontro um com qualidade. Só que ainda não tenho o costume de ter esse tipo de livro, mas com o tempo eu vou colocando eles na minha estante. Esse em particular parece ser super interessante.
    Ótima resenha!
    Beijnhos

  14. Responder

    Bianca Sampaio

    janeiro 27, 2013

    Oi, Diana!
    Começou a colaboração bem, ein? Ótima resenha. Faz algum tempo que tenho esse livro aqui e fiquei morrendo de vontade de lê-lo!

    Beijos!

  15. Responder

    Ludmila

    janeiro 28, 2013

    Olá Diana!
    Uau! Gostei da sua resenha.
    parece ser uma história interessante e instigante.
    Eu gosto de suspense.
    O livro não esta entre minhas prioridades de leitura, mas espero ler em breve.
    Beijos

  16. Responder

    alice aguiar

    janeiro 28, 2013

    apesar de não ser meu estilo de leitura achei bem interessante e fiquei curiosa pra ler 🙂
    gostei da resenha viu

  17. Responder

    Andressa

    janeiro 28, 2013

    Super amei a resenha, e já entrou para a minha wishlist literária de 2013. Amo esse gênero, seja em livro/série/filme. E como você sitou uma das minhas séries preferidas mencionando a Benson não posso deixar de comprar o livro. 🙂

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

  18. Responder

    Sofia

    janeiro 28, 2013

    Oi Diana! Já faz um tempo que quero ler Viva Para Contar, até mesmo por que adoro livros do gênero, é um dos meus preferidos! Gosto de obras com vários pontos vista, torna-se uma leitura ainda mais interessante!

    Beijos

  19. Responder

    May

    janeiro 28, 2013

    Thriller não é meu gênero favorito, porém, em 2012 li alguns títulos, incluindo esse, e estou começando a gostar mais, me interessar mais.

    Eu gostei desse livro, apesar de ter dado três estrelas para ele. Foi um livro que me deixou com as emoções à flor da pele, eu sentia repulsa, nojo, pena, e muito mais coisas ao virar cada página, e tudo isso ao mesmo tempo!

    O que aconteceu para que eu tivesse dado as três estrelas foi que, nesse caso, achei que menos seria mais. Ela misturou três histórias diferentes, e eu acabei achando a leitura um pouco confusa e lenta, mas nada que me fizesse desistir da trama.

    Um livro bom, que não me arrependo de ter lido, mas vou precisar de um bom tempo para lê-lo novamente.

    Beijinhos,
    May :*

  20. Responder

    Naahh

    janeiro 28, 2013

    Ahhh, amo livros de suspense/policiais/etc ♥
    Diana já chegou me conquistando [love] (Principalmente por usar a linda da Olivia Benson pra “personificar” a moça do livro *–*)…
    Confesso que desanimei um pouco pela capa do livro (por trabalhar no meio do design, a capa acaba tendo um peso maior do que deveria ter pra mim ;–;) mas é possível que eu dê uma chance a esse livro… Vou dar uma olhada melhor em alguma livraria! ^^
    Acho que, ultimamente, meu passatempo preferido tem sido “investigar” os crimes dos livros que ando lendo junto com os personagens… Me divirto tanto! ♥

  21. Responder

    Ellen Alves

    janeiro 28, 2013

    Muito boa a sua resenha! Tava super curiosa sobre qual seria o livro escolhido por você! Gosto de livros detalhistas mais não demais…só que fiquei curiosa sobre D. D Warren! Me Deus eu tenho que parar de ler resenhas!!

  22. Responder

    Camila Costa

    janeiro 28, 2013

    ADOREI esse livro, concordo, cada página vale a pena, poxa ele me prendeu demais, me deu arrepios, calafrios, tremeliques e deixou meu queixo flácido de tanto cair haha recomendo!

  23. Responder

    Maris

    janeiro 29, 2013

    Nossa, acho que estou precisando ler um livro desse. Acho que eu ia gostar muuuuito, vai entrar na minha lista hahaha.

    Beijos,

    Maris
    http://maristelabispo.com.br

  24. Responder

    Letícia Almeida

    janeiro 29, 2013

    Parabéns, adorei a sua resenha!

  25. Responder

    barbara * Sempre Charmosas

    janeiro 29, 2013

    [smile] Parabéns Di! Você também escreve muito bem…
    Sucesso no Fluffy!
    Bj

  26. Responder

    Amanda Almeida

    janeiro 30, 2013

    Ola Diana, tudo bem?
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro, desde que foi lançado. Gosto de histórias assim, instigantes e que me façam querer ir mais além, mesmo me deixando um pouco impressionada depois.
    Flor ótima resenha!
    Abraços,
    Amanda Almeida

  27. Responder

    Maristela G Rezende

    janeiro 31, 2013

    Adoro livros de suspense, onde cada linha, cada página, te faz ficar na expectativa do que virá. Gostei da capa e amei a resenha.

  28. Responder

    Patrícia Melo

    janeiro 31, 2013

    Caraca! Parece ser muito bom! Essa resenha me fez lembrar dos livros de Sidney Sheldon hehe Gosto muito!

  29. Responder

    pamela marloch

    fevereiro 1, 2013

    Esse livro é tudo de bom!!! Amo tudo que envolve suspense e essas tramas mirabolantes!. O livro é super grosso, mas como é uma leitura que te prende muito, a leitura passa voando! Amoo esse livro [love] . http://milleguas.blogspot.com

  30. Responder

    Rodrigo Lessa

    fevereiro 1, 2013

    Confesso que não me atrai muito no começo e olhando pela capa, mas como uma resenha muda alguns pensamentos não é? rsrs [less] Agora quero ler esse livro! :3

  31. Responder

    Juliana Guedes da Silva

    fevereiro 6, 2013

    Parece ser um livro ótimo, não li nada ainda dessa autora.
    beijos

  32. Responder

    Hianna Suzart

    fevereiro 12, 2013

    Esse é mais um livro que está na prateleira esperando para ser lido.

ESCREVA UM COMENTÁRIO