Sarah Jio – As Violetas de Março

resenha do livro As Violetas de Março

As violetas de Março
Sarah Jio
Editora Novo Conceito, 2013
304 páginas

Emily Taylor é uma mulher jovem e escritora de sucesso, mas não gosta muito de seu próprio livro. Também tem um casamento que parece ideal, no entanto ele acabará em divórcio. Sentindo que sua vida perdeu o propósito, Emily decide fazer as malas e passar um tempo em Bainbridge — a ilha onde morou quando menina — para tentar se reorganizar. Enquanto busca esquecer o ex-marido e, ao mesmo tempo, arrumar material para um novo — e mais verdadeiro — livro, um antigo colega de escola e o namorado proibido da adolescência tornam-se seus companheiros frequentes.

Entretanto, o melhor parceiro de Emily será um diário da década de 1940, encontrado no fundo de uma gaveta. Com o diário em mãos, Emily sentirá o estranhamento e a comoção causados pela leitura de uma biografia misteriosa que envolve antigos habitantes da ilha e que tem muito a ver com sua própria história. Assim como as violetas que desabrocham fora de estação para mostrar que tudo é possível, a vida de Emily Taylor poderá tomar um rumo improvável e cheio de possibilidades. As Violetas de Março é um romance sobre a força do amor, sobre as peças que o destino prega e sobre como podemos ser felizes mesmo quando tudo parece conspirar contra a felicidade.

As violetas de Março é o primeiro romance da autora Sarah Jio, e é um livro que me conquistou logo de cara. Se a autora estava esperando escrever algo que fizesse brotar lágrimas nos olhos dos leitores, bem, ela conseguiu esse feito. A leitura foi, para mim, uma das melhores do ano até então; logo nas primeiras páginas, encontrei uma narrativa envolvente, feita em primeira pessoa, que eu gosto muito. Sabe quando você apenas iniciou as primeiras linhas de um livro e sabe que ele vai te conquistar até a última página? Foi assim comigo, e eu quero dividir um pouco desses sentimentos com vocês.

Nesta história, conhecemos a protagonista e dona da voz narrativa, Emily Wilson. Emily tinha tudo para dar certo na vida, mas ela acabou de se divorciar sem conseguir derramar uma lágrima sequer pelo seu casamento, e sua amiga, Anabelle, achando um tanto estranha essa falta de resposta emocional a um rompimento, aconselha-a a passar um tempo longe da tão movimentada Nova York. Então, Emily parte para a casa de sua tia-avó, em uma pequena e calma ilha de sua infância, Bainbridge, que fica ao lado de Seattle. O que era para ser um mês de descanso, lágrimas e renovação, tornou-se um tempo de descobertas: ela descobriu um diário no criado mudo do quarto em que está hospedada e, incapaz de manter a discrição, começa a ler e não consegue mais parar. Quem o escreveu? É uma história real, ou apenas ficção? Os acontecimentos do diário e da vida real vão se encaixando, e o que era para ser apenas um passatempo, acaba se tornando algo de proporções gigantescas que mudarão a vida de pessoas no passado, presente e futuro. Emily se vê diante de um mistério de sua família, que já dura gerações e, agora, implora para ser desvendado.

Este não é apenas um livro de romance. É um maravilhoso livro de romance, de perdas, de amorseja ele fraterno, amigo, ou de verdadeiras almas gêmeas. Os segredos que Emily descobre, aos poucos, contam uma história que enche os olhos do leitor de lágrimas: é tão difícil ficar frente a um amor tão puro, de pessoas que destinam-se a ficar juntas e, de alguma forma, não podem estar. É lindo ver como a narrativa ganha vida, através do diário, e enche as páginas de algo belo e verdadeiro: amores, perdas, sofrimento e anos de solidão.

Em algumas partes, fiquei bastante perdida com as histórias – afinal, são duas: a de Emily e a das personagens que vivem dentro do diário. Porém, quando as peças vão se encaixando, é impossível largar. Li metade do livro em praticamente uma tarde, e terminei com lágrimas nos olhos, conquistada pelo sentimento que transcende as palavras e as páginas. Apesar de ser um pouco confuso às vezes, eu julguei a história no geral, e cheguei à conclusão que a autora fez um ótimo trabalho ao escrever um enredo dessa magnitude. Eu não esperava algo grandioso e fui surpreendida com muito mais do que pensei. Só tenho a indicar a leitura a vocês. Somente: leiam, vale a pena!

POSTS RELACIONADOS

54 comentários

  1. Responder

    Cantinho da Bruna

    30/08/2014

    Nunca havia ouvido falar neste livro [dead] !E pelo que li em sua resenha,esse livro eu deveria ter lido faz e tempo [heart] [heart] !
    Adorei a resenha!
    Beijos Gabi [wink]

  2. Responder

    Wanila Goularte

    30/08/2014

    Não conheço a autora e nem o livro, mas gostei tanto da resenha que com certeza vou procurar para ler!

  3. Responder

    May

    30/08/2014

    Oi Gabi, tudo bom? Quanto tempo, e seu blog continua maravilhoso! Li esse livro há algum tempo, acho que até foi nesse ano. Lembro que a cada página que lia, queria mais e mais, à medida em que o livro foi me conquistando. Lembro também que me marcou de tal maneira que até hoje lembro de algumas passagem e me deparo refletindo sobre elas….

    Beijinhos,
    May :*

  4. Responder

    Carla Vieira

    06/09/2014

    Adorei a resenha e quero muito ler <3

  5. Responder

    Bia

    06/09/2014

    Não conhecia mas fiquei curiosíssima para ler…adoro histórias assim!

  6. Responder

    Vanessa Riper

    06/09/2014

    Oi Gaby!
    Esta história também me conquistou demais. Antes de ler achei que não seria grande coisa, mas me surpreendi muito. A história passou super longe do clichê, tudo o que aconteceu foi inesperado para mim. A narrativa é muito boa, o desenrolar da trama e como os personagens vão se ligando no decorrer da história é surpreendente!
    Beijos!

  7. Responder

    Aline Rodrigues Teixeira

    06/09/2014

    Já tinha visto algumas coisas sobre esse livro, mas exceto pela capa maravilhosa ele não tinha despertado muito meu interesse. Agora quero muito ler, parece ser uma historia linda e emocionante… Acho que vou adorar as personagens principais Emily e Anabelle… Já estou até me vendo alagando meu quarto.

  8. Responder

    Ingrid Ozório

    06/09/2014

    Conheço o blog a pouco tempo, mas já estou amando [love] !!!
    Ouvi falar sobre o livro As Violetas de Março há um tempo atrás, e já havia colocado ele na minha wishlist! Lia várias e várias resenhas sobre ele, mas nenhuma fez com que eu o quisesse tanto. A Gabi Orlandin escreve de maneira apaixonante, simplesmente amei essa resenha (aliás, amo TODAS as suas resenhas)!!!
    O livro parece ser realmente incrível, já estou participando do sorteio do blog [wink]

    Beijocas [heart]

  9. Responder

    Kesya

    06/09/2014

    Adorei a resenha. Estou muito curiosa para ler. Penso em dar de presente para uma amiga que adora histórias de amor com final não previsível, acho que ela também não conhece esse livro ainda. Obrigada por compartilhar conosco seu comentário! [heart] [wink]

  10. Responder

    Rudynalva

    07/09/2014

    Eita Gabi!
    Fiquei emocionada só em ler as emoções transmitidas através da resenha e fiquei imaginando ao ler o livro.
    Quero poder descobrir o que tem de tão excepcional no diário encontrado por Emily na casa da tia-avó.
    Quero poder vivenciar todas as emoções através da leitura do livro.
    Obrigada pela magnífica resenha.
    Bom domingo!
    Cheirinhos
    Rudy

  11. Responder

    mayra Rodrigues

    07/09/2014

    Amei a resenha
    Tamara q eu ganhe
    Participando do sorteio

  12. Responder

    Taina

    07/09/2014

    Parece ser um ótimo livro! Já está na minha wishlist. [smile]

  13. Responder

    Miriam Guiraldelli

    07/09/2014

    A capa é ótima, lembra algo retro. Gosto de livros que me emocionam e esse parece ser um. Rever um diário é algo emocionante. Tudo que se passou, guardado ali, pertinho, só ao virar das páginas. Que ro muito ler.

  14. Responder

    Vitória Pantielly

    07/09/2014

    Oii Gabi ! Tudo bem?
    Não conhecia o livro, e é a primeira vez que ouço falar dele!
    É tão gostoso ler um livro que arranca lagrimas dos nossos olhos não é? Parece que esse livro te faz se envolver com a história e querer participar dela! Que barra que a Emily enfrente eim? Se separar do marido e não conseguir sentir? Com toda certeza era um casamento que iria acabar em divórcio.. Espero que ela encontre o verdadeiro amor nesse antigo namorado de adolescência e que ela consiga escrever um livro que transmita o que ela deseja! Entro pra minha lista de leituras !
    Beijos :*

    • Responder

      Gabi Orlandin

      07/09/2014

      Oi, Vitória! Tudo certo.
      Tem muuuita história nesse livro, é uma surpresa atrás da outra. 🙂
      Beijos.

  15. Responder

    Lisi Lacerda

    07/09/2014

    Encantadora essa história, adoro livros que já instigam o leitor desde o início, fiquei bem interessada em ler o livro após ler a sua resenha, parece ser o tipo de leitura que vou gostar… E a capa do livro e lindíssima.. [heart]

  16. Responder

    Nay Alves

    07/09/2014

    Oi! Já tinha visto esse livro e tinha me encantado com a capa. Percebo que não é um romance comum, um livro que emociona, são poucos que conseguem fazer isso. Amo histórias onde tem um diário que conta a vida ou algo que não seja real. Parece ser uma leitura leve, mas marcante. O título do livro é lindo, foi uma das primeiras coisas que me conquistou. Adoraria lê-lo.

  17. Responder

    Pamela Marloch

    07/09/2014

    [smile] [smile] [smile] Oi Gabi

    A capa desse livro sempre me deixou curiosa para lê-lo. Tão fofa e delicada. Mas a preguiça não deixava eu ler a sinopse, acredita? HAHA. Pois é, mas dai resolvi ler sua resenha e fiquei bem contente de saber que traços do enredo são parecidos com os livros da Lucinda. Isso me deixou bem animada, ja que ela é minha romantista favorita. Vou adicionar Violetas de Março a minha estante do Skoob sim! Obrigada pela dica. (y)

    http://milleguas.blogspot.com

  18. Responder

    Elisandra L.

    07/09/2014

    “As Violetas de Março” já me encantou pela capa, muito bonita e gostei dessa filosofia por trás das violetas que nascem fora de sua estação. A resenha está ótima e fiquei curiosa para lê-lo.

  19. Responder

    Fabiana Strehlow

    07/09/2014

    Oi, Gabi!
    Esse livro deve ser maravilhoso!
    Adoro histórias que nos prendem desde o início, que nos envolvem, emocionam e nos surpreendem.
    Pelo visto, vale muito a pena ler As Violetas de Março.
    E a capa é linda!

    Beijos!

  20. Responder

    Luiza Grilli

    07/09/2014

    Sabe qual é o sentimento que tive ao começar a ler a sinopse? Eu primeiro suspirei e pensei, eu preciso ler esse livro! Porque eu estive passando por uma transição de sentimentos também parecidos com o que você descreveu na resenha, Gabi! Quando eu li a sinopse em uma livraria, ela ficou na minha cabeça. Aí então você me surpreende fazendo esse sorteio imperdível *-* Eu preciso ler demais esse livro, sério mesmo. A capa, é tão linda…. [love]

  21. Responder

    Sarah D' Saint

    08/09/2014

    Resenha linda demais. Me apaixonei pela capa também. Muito perfeita [love] [love] [love]

  22. Responder

    Ray

    08/09/2014

    Gente, não sei se fiquei empolgada para ler o livro pela sinopse ou pela resenha! haha
    Muito bacana! [smile]
    Vou tentar adquirir o livro também, normalmente os livros da Novo Conceito são maravilhosos, pelo bocadinho que você repassou na resenha, com toda certeza deve ser!
    Obrigada pela dica! [heart]

  23. Responder

    mayanne

    08/09/2014

    adorei a resenha, nunk tinha ouvido falar.
    agora estou louca para ler.
    bjus

  24. Responder

    Carol Medeiros

    08/09/2014

    OK, eu tenho que falar, eu julgo o livro pela a capa, pois nada que eu uma capa encantadora para que o livro me chame a atenção, como foi o caso desse!

    Só pela sua resenha e pela sinopse, já posso me identificar com a Emily, pois as vezes você passa por certos eventos e não consegue expressar nada, derramar lágrima nenhuma, e quando isso acontece, precisamos parar para refletir, o que aconteceu com a sua viagem para a tal ilha e com a descoberta de tal diário.

    Fiquei super curiosa pelo o livro e mal posso esperar para lê-lo!

    Adorei a resenha

    http://cappuccinowithlove.blogspot.com/

  25. Responder

    Fabíola Nunes

    08/09/2014

    Desde que vi a capa (linda!) e li a sinopse deste livro eu me apaixonei e fiquei com vontade de ler. Depois de uma resenha tão bonita quanto essa com certeza ele pulou vários degraus na minha lista de próximas leituras.

  26. Responder

    Suelen Mendes

    08/09/2014

    Não fazia ideia que esse livro era tão lindo assim.Já vi resenhas menos empolgadas que não me fizeram desejar ele,mas realmente eu estou doida pra achar um livro que me faça sentir isso,que me conquiste desde as primeiras páginas e que eu tenha a certeza de que vou amar!Fora que eu tbm adoro escritas em primeira pessoa.
    Bjus

  27. Responder

    Thainara Alves

    08/09/2014

    Ouvi muito pouco sobre esse livro, porém assim como você, teve uma crítica bem positiva. Achei interessante a história e o que posso falar dessa capa? Eu simplesmente amei.
    E sério mesmo Gabi, você chorou? Não me pareceu um livro tão emocionante assim de cara, mas “não julgue o livro por sua capa” está valendo então hahaha

  28. Responder

    Raíra Mercês

    10/09/2014

    Primeira vez que vejo uma resenha desse livro. Também nunca tinha ouvido falar dessa autora. Parece ser muito bom. Se eu não ganhar no sorteio, com certeza comprarei. Hahahaha!
    Bem, sobre lágrimas lendo livros, isso é algo que me define. Nunca, viu, uma pessoa pra chorar lendo livros tocantes. kkkk
    Um beijo, Gabi! [heart]

  29. Responder

    Sueli Cobbos

    11/09/2014

    Resenha linda. E o livro é tudo de lindo. Colocando na lista de desejados e pretendo
    ler em breve.

  30. Responder

    Milena Soares

    12/09/2014

    O livro parece ser ótimo, super emocionante, fiquei bastante interessada em ler!

  31. Responder

    Lauane Rosiele Otim Souza

    12/09/2014

    Adorei a resenha, amo romances e esse parece ser ótimo. Se não ganhar-lo pelo sorteio farei questão de compra-lo.
    http://blogsemneura.blogspot.com.br/

  32. Responder

    Cibele Santos

    12/09/2014

    Eu li o livro e é algo que te prende do inicio ao fim, e as historias que foram se encaixando aos poucos, eu sou tão inquieta e curiosa que já tinha compreendido a historia toda, e aquele diário, muito emocionante, me arrepiei e me emocionei com a historia toda, dei 5 estrelinhas no skoob, e espero conhecer outros romances de Sarah Jio.
    Amei intensamente… [heart] [wink]

  33. Responder

    maria ester moraes

    12/09/2014

    meu Deus do céu!!!!! que livro é esse??????? Fique apaixonada pela sinopse, o título não chama muito atenção mas quando lemos a sinopse, dá vontade de ler já!!!!! parabéns pela resenha, fiquei muito mais apaixonada por esse livro!!!! parece ser um livro comum, como tantos outros mas essa parte do diário é que faz toda diferença!!! espero poder ganhá-lo!!!!!

  34. Responder

    Maysa Machado

    12/09/2014

    Logo agora que aprendi me controlar pra não chorar em livros vc me vem com esse.
    Fiquei super interessada. Também estou escrevendo um livro e nao gosto muito dele. Ah e também estou tentando me reorganizar.
    Acho que vou me identificar com ela.

  35. Responder

    Andrea Conceição

    13/09/2014

    Me parece ser um livro muito interessante e sua resenha me deixou com muita vontade de lê-lo!!!

  36. Responder

    Georgia Germer

    13/09/2014

    A primeira coisa que me chama a atenção é o mês, pois nasci em março.
    E lendo a resenha, achei a proposta do livro sensacional, uma narrativa bem diferente da maioria dos modelos que esse gênero contempla. Gostei! Ando meio saturada, lendo sempre mais do mesmo, quero dar uma chance pra esse livro que eu já gostei de graça <3

  37. Responder

    Nuelly

    14/09/2014

    Incrível como você consegue me convencer com suas resenhas! Já li boa parte dos recomendados aqui. Estou ressurgindo com aquela sede imensa de leitura. Já fiz uma lista dos livros que quero para a minha mãe comprar (ela quem financia o meu vício) e vou incluir esse na lista. [love]

  38. Responder

    cinthia

    16/09/2014

    Estou precisando de ler um livro assim que me conquiste da primeira página até o último. Parece um livro bem triste de amor. Gostaria de ler, quem sabe em algum dia

  39. Responder

    Nicole Pádua

    16/09/2014

    Adorei, estou ansiosa pra ler!

  40. Responder

    Fabiola Luz

    18/09/2014

    Amo livros assim! Com certeza vou lê-lo!

  41. Responder

    Juliana Faria

    18/09/2014

    Oi Gabi ♥
    Fiquei encanta com a história, há muito tempo não leio um romance realmente envolvente e pela o que você falou na sua resenha “As Violetas de Março” aparenta ser bem envolvente. Acredito que o livro tem um proposta diferente dos outros romances, isso me chamou atenção. Ele aparenta fugir do clichê quando se trata de um divórcio. Sem falar que fiquei muito curiosa em relação a este diário que a Emily descobre e começa a ler.
    Enfim, adorei sua resenha e o livro ♥ Um amor!
    Beijinhos

  42. Responder

    Luana

    19/09/2014

    Não conhecia ainda este livro, mas adorei a resenha! quero mt ler, gosto mt desse tipo de história [smile]

  43. Responder

    Dinha Vieira

    20/09/2014

    Oi Gabi!
    Já tinha visto a capa desse livro passeando por alguns lugares e fiquei apaixonada! Admito que às vezes sou de julgar pela capa e, pelo que vi, acertei! Imaginei que esse livro fosse mesmo bom e, vendo que você gostou, dá pra ver que vou amar também *-* A sinopse desse livro me lembrou dois que já li: O diário de Suzana para Nicolas e A Ultima Carta de Amor. Ambos são incríveis e lindos de viver!! ♥
    Tava com saudade de ter um tempinho pra visitar seu blog, acho que você já sabe que é um dos meus favoritos. ♥
    Beijão! :*

    • Responder

      Gabi Orlandin

      20/09/2014

      Oi, Dinha!
      Só li A Última Carta de Amor, mas O Diário de Suzanna para Nicholas tá na minha lista de leituras. Imagino que ele deva ser lindo, pelo menos pelas resenhas que li – e que me fizeram comprá-lo <3
      Awn, então espero que tenha tempo de voltar aqui mais vezes, querida! É uma alegria te ver aqui nos comentários.
      Beijinhos e um lindo domingo pra ti.

  44. Responder

    Adriana C. Sousa

    21/09/2014

    Fiquei encantada com a resenha e super curiosa para ler este livro…acredito, assim como no livro, que podemos reinventar e transformar toda a nossa história, que nada é por acaso e que nada pode ser considerado o fim do mundo, tudo tem uma solução!
    Simplesmente incrivel!!

  45. Responder

    Nelcy

    21/09/2014

    Louca para me perder na história de Emily e seus personagens

  46. Responder

    Jaqueline Maria Laranjeira Silva

    21/09/2014

    Adorei a resenha , gosto deste tipo de livro que fala sobre mudanças no destino são extremamente envolventes . [wink]
    ate mais .

    Jaqueline

  47. Responder

    camyli alessandra

    21/09/2014

    Na maioria das vezes eu fico surpresa com a minha resposta emocional… pronto me identifiquei e fiquei com vontade de ler esse livro!

  48. Responder

    Francyane Freitas

    21/09/2014

    Ameei essa relação do título com o florescer das violetas, bem criativo bem inteligente. Fora isso amei o fato do livro tratar do amor em suas diversas formas. Ainda não li, mas já está na lista. Quem sabe não ganho pelo sorteio!

    :*

  49. Responder

    Déborah

    21/09/2014

    Já tinha ouvido falar do livro, mas não sabia que a história era tão envolvente assim, pelo menos foi o que pareceu pelo que você falou…
    Fiquei muito curiosa para saber como essas histórias do diário mexem com a vida da principal e transforma numa história tão boa.
    Já quero e preciso do livro. Entrou pra lista de desejados.

  50. Responder

    Kathia Emidio Viana

    22/09/2014

    Adoro Romances, e essa historia que envolve romance e mistérios, um segredo de família , me deixa realmente curiosa!Pena não ter tido conhecimento da promoção antes , mas mesmo assim não pude deixar de participar!!!! vai que…né! Beijos

  51. Responder

    Luiza Grilli

    03/02/2015

    Olá Gabi! Voltei aqui pra dizer que terminei de ler o livro ontem. Sim, demorei pra começar e demorei pra terminar (leio bem devagar, é meio jeitinho, né…). Como disse, ultimamente tenho tido grandes dias – porque 2015 veio com tudo e planejamentos feitos desde 2014 estão a todo vapor. Mas enfim, isto não convém no momento. Vim aqui falar que: você estava certa! Esse livro é tão maravilhoso, tão envolvente! Digo seriamente isso, tanto que acho que seria uma ótima alternativa ter um filme deste. Não caíram lágrimas mas fez meu coração acelerar de uma forma indescritível. Eu ainda não consegui encontrar um jeito de escrever sobre este livro na minha página, coisa que sinto que uma hora ou outra devo fazer. Obrigada por me dar a oportunidade de ler este lindo livro!

    Beijos,
    Lu [love]

    • Responder

      Gabi Orlandin

      05/02/2015

      Oi, Lu!
      Ai, que comentário mais querido! Fiquei muito feliz em saber que você gostou da leitura. E sim, daria um bom filme, vamos fazer um abaixo-assinado? Hahaha! Obrigada a você por esse lindo feedback aqui na página. <3
      Beijos.

ESCREVA UM COMENTÁRIO