TAG: One lovely blog

Crédito da imagem

A Carla Vieira me indicou a tag One Lovely Blog e eu achei as perguntas tão legais que resolvi responder também. Falei sobre o blog, sobre benefícios e aprendizado que ele me trouxe, inspirações que me levam a escrever e outras cositas más. Vem ver!

1. Por que decidiu criar um blog e quando começou?
Em 2011, decidi criar o blog porque sentia saudade desse mundo blogueiro, de criar layouts e de programar. Pra quem não sabe, eu tive vários blogs antes do Fluffy, dois deles no WordPress (pra saber mais, é só dar uma lida nesse post!). Acho que quem bloga por amor nunca consegue se livrar desse vício. Simples assim! *-*

2. Quais benefícios o blog te traz?
Foi com o blog que evoluí o hábito da leitura, pois criei uma conta no Skoob e descobri livros novos por lá, fiz parceria com editoras que me enviam lançamentos para ler e fico sabendo de tudo do universo literário através de outros blogs que leio. Além disso, o blog também me proporcionou conhecer pessoas incríveis, ganhar autoconfiança e acreditar no meu potencial (esses dois últimos ainda estão em desenvolvimento).

3. Qual o post mais acessado?
É engraçado que os quatro posts mais acessados são de resenhas de filmes, segundo o Google Analytics (não sei usar a ferramenta muito bem, mas acho que tá certo!). O primeiro mais visualizado é do filme A menina que roubava livros, seguido por Frozen.

4. Você usa as redes sociais?
Sim, e comecei a usar mais depois da criação do blog, pois são ferramentas de divulgação e interação com os leitores. Cheguei à conclusão que não sei usar as redes sociais muito bem, em especial o Twitter, pois muitas vezes me esqueço dele. Mas se quiser me acompanhar por lá (e me dar uns puxões de orelha de vez em quando), seria legal! E para curtir a fanpage do Fluffy, onde é mais fácil me encontrar, é só clicar aqui.

5. Como o blog tem evoluído?
O blog cresceu muito nesse ano, em especial a fanpage, que já tem mais de oito mil seguidores. Nunca imaginei que chegaria nesse número, e fico muito feliz em ver esse resultado! Quanto aos comentários no blog, tenho reparado que eles diminuíram um pouco com o tempo, mas isso é bem compreensível, uma vez que “os tempos” estão cada vez mais corridos.

6. Já viveu algum fato importante por causa do blog?
Sim, muitos! Vou citar alguns dos mais importantes: fui a três Turnês da Intrínseca em Porto Alegre, onde conheci algumas blogueiras super queridas, além das Bienais do Livro em São Paulo e Rio de Janeiro, onde me encontrei com vários blogueiros e com o pessoal das editoras. Além disso, foi por causa da Bienal do Rio que eu conheci a cidade maravilhosa!

7. De onde nasce a inspiração para escrever e continuar com o blog?
De todos os lugares! Todos os dias vemos alguma coisa que nos inspira, e qualquer coisa é motivo pra escrever. Como agora o Fluffy está mais abrangente em relação a conteúdo, praticamente qualquer coisa pode virar um post com legal.

8. O que você tem aprendido a nível pessoal e profissional esse ano?
A gente aprende muita coisa a partir do blog. Como ele me levou a gostar de ler, é claro que absorvi todos os benefícios desse hábito, mas acho que tive um salto grande esse ano no quesito da comunicação. Parece que consigo me comunicar melhor pessoalmente e me expressar melhor e com menos seriedade ao escrever (estou aprendendo a sair da caixa, haha!).

9. Qual é sua frase favorita?
Gosto e me inspiro em muitas frases, e seria difícil responder a essa pergunta se não fosse a frase que saltou na minha cabeça na hora: “Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelações”. É uma citação de Augustus Waters em A culpa é das estrelas, e eu tenho um quadro no meu quarto com ela.

10. Qual conselho você daria para quem está começando agora no mundo dos blogs?
Que criem seus blogs pra compartilhar coisas boas, originais e com amor, e que não esperem retribuição disso tudo. Dessa forma a retribuição vem, mais cedo ou mais tarde, porque o conteúdo é bacana – e dá pra perceber quando há dedicação naquilo que é publicado. E, acima de tudo, tenham paciência porque o blog demora para dar algum resultado, e humildade, pois todos os leitores gostam do blogueiro que responde comentários e dá atenção.

11. O que os blogs que você vai indicar têm em comum?
Bem, vou burlar as regras de novo – será que já sou famosa por fazer isso? – e não vou indicar nenhum blog, pois já vi que muitos fizeram. Então, quem está vendo a TAG aqui no Fluffy pela primeira vez e resolver fazer, me mande o link do post que eu coloco aqui, ok? Todos estão indicados, haha! ♥︎

POSTS RELACIONADOS

6 comentários

  1. Responder

    Dani Mendes'

    05/11/2014

    Fiz uma tag parecida lá no blog, acho legal algumas postagens desse tipo, assim podemos conhecer melhor quem está por trás das telas haha.
    Beijos

  2. Responder

    Carla Vieira

    05/11/2014

    Gabi, estava aguardando as suas respostas e valeu a pena. Gostei de saber mais coisas sobre você. E concordo com o que disse para os blogueiros iniciantes: uma hora o reconhecimento vem, é preciso apenas paciência…

    E o blog também me proporcionou conhecer muitas pessoas incríveis ♡

    Beijinhos [heart]

  3. Responder

    Karyne

    06/11/2014

    Ahhhh… amo tanto ler essa tag. Em cada blog vejo um pouquinho da história de quem estou lendo… muito bom!
    Blog do Sofá

  4. Responder

    Beatriz Cavalcante

    07/11/2014

    Hey, suas respostas ficaram muito boas!

    Percebi até que eu respondi a minha errada. A pergunta número 8 eu não sabia muito bem o que colocar e acabei falando muito pessoal enquanto que era para falar do blog. hahaha Enfim…

    Beijos! <3

    • Responder

      Gabi Orlandin

      09/11/2014

      Ahhh, tudo bem! Acho que a pergunta era bem geral mesmo, mas como eu estava empolgada falando do blog, abordei isso na questão. 🙂
      beijo!

  5. Responder

    Quel Eustáquio

    12/11/2014

    Amei a Tag Gabi!!! Amo tags, e essa eu achei especial por ser mais pessoal. Que seu blog possa crescer bastante!! ;D

ESCREVA UM COMENTÁRIO