Uma pergunta por dia

Resenha do livro Uma pergunta por dia

Uma pergunta por dia
Potter Style
Editora Intrínseca, 2015
368 páginas

Saraiva

Todos os dias criamos uma imensa quantidade de registros em celulares, redes sociais e aplicativos. No entanto, quase nunca temos o hábito de retornar a eles. Às vezes podem parecer só besteiras, mas quantos desses relatos não mostrariam nosso crescimento e nossas mudanças em todos esses anos?

Uma pergunta por dia convida o leitor a registrar suas respostas a uma variedade de questões, das mais simples às mais complicadas, como “Para onde você quer fazer sua próxima viagem?” ou “Escreva a primeira linha da sua autobiografia”. Em cada página há espaço para cinco respostas, uma por ano, ao longo de cinco anos. Com o passar do tempo, quando voltar a um dia já anotado, o dono do diário encontrará seus pensamentos anteriores, num exercício divertido e construtivo de recordar e refletir.

Talvez alguns de vocês já tenham ouvido falar sobre o livrinho Q&A a Day, que é o desejo de muitas pessoas – mas que, por ser importado, acaba ficando com um preço um pouquinho alto. Junto com esse, tem outro parecido, que é o One Line a Day, que eu comprei e comecei a preencher no início de 2015 (vejam mais no meu vídeo!). Quando comprei esse diário, fiquei muito em dúvida sobre o das perguntas; na verdade, a minha vontade era comprar os dois, mas ficaria inviável. Então acabei escolhendo um, só que o outro, das perguntas, não me saía da cabeça.

Então, imaginem a minha alegria quando recebi um e-mail informativo da Intrínseca com a notícia de que em breve seria lançado esse livro na versão em português! Eu e muitas outras pessoas comemoramos muito, e hoje quero mostrar essa coisinha linda pra vocês. Vamos lá?

Resenha do livro Uma pergunta por dia

Resenha do livro Uma pergunta por dia

Resenha do livro Uma pergunta por dia

Resenha do livro Uma pergunta por dia

Uma pergunta por dia é um pequeno diário com 366 perguntas (para o ano bissexto!). Em cada página, temos uma pergunta, 4 linhas pra responder em 5 anos. Isso quer dizer que, pelo período de 5 anos, você irá começar de novo esse diário, respondendo às mesmas perguntas que você respondeu no ano anterior. E qual é o sentido disso? Ver a sua evolução, ver se o que você responderá para a pergunta “Quem é você” hoje é a mesma definição que você deu há um ano atrás. Isso é muito interessante, não é? Eu já comecei 2016 com esse projeto (além do One Line a Day, claro!) e já com uma pontinha de curiosidade para chegar em 2017 e ver as minhas respostas anteriores. Será que vou ter mudado de emprego? Será que a minha vida vai mudar radicalmente? Ou será que vou estar no mesmo lugar? Só o tempo poderá dizer – e agora, esse caderninho!

Mas que tipo de perguntas a gente encontra nesse livro? De tudo! De tudo mesmo. Você vai encontrar perguntas bem simples, do tipo “o que você comeu hoje” até questões mais profundas e que vão te fazer pensar um pouco, do tipo “como gostaria que lembrassem de você”. Além de outras que achei particularmente desafiadoras, como escrever um haicai. Gente! Haha!

O livro é de capa dura, com uma fitinha para marcar o dia em que você está e as folhas são douradas, bem como na versão em inglês – eu não tenho, mas pelo que vi em fotos, é igual. Por dentro, ele tem uma diagramação simples e muito bonita, em preto e amarelo ouro. E para os viciados, é bom citar: o cheiro desse livro é delicioso, hahaha!

Ah, lembrando que você pode começar em qualquer data, não precisa ser necessariamente no dia 1. 😉

Resenha do livro Uma pergunta por dia

Resenha do livro Uma pergunta por dia

Resenha do livro Uma pergunta por dia

Resenha do livro Uma pergunta por dia

Se você estava desejando a versão original e não pôde comprar, chegou a sua vez! Que tal já começar 2016 com esse projeto?

Pra matar a curiosidade, você pode ver algumas páginas internas no hotsite especial do livro.

POSTS RELACIONADOS

24 comentários

  1. Responder

    Nana

    04/01/2016

    Oi Gabi,
    Gente, meu primeiro desejo de 2016…com certeza.
    Quando eu era mais nova, eu fazia cadernos assim haha, de perguntas, levava para a escola e o pessoal respondia.
    Se bem que fazer o primeiro, a intenção era que os gatos do colégio respondessem,
    Muito bacana a ideia do livro, vou tentar caçar umas promos por aí.

    bjs
    Nana

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/01/2016

      Oi, Nana!
      Eu também fazia esses cadernos! A gente chamava de “questionário” e entregava para os colegas responderem. Ah, claro que rolava toda uma emoção quando o menino tal respondia, hahaha! Que época boa aquela…
      Beijos.

  2. Responder

    Iandara

    04/01/2016

    Oi Gabi,
    Amei a ideia do livro, pena que já tenho a versão em inglês :/
    Ah, uma coisa.. Os links para comprar os livros (Submarino e Americanas) estão retornando para o blog.
    Beijos, sou fã! ♥

  3. Responder

    Luciana (Lylu)

    04/01/2016

    Oi Gabi! [smile]
    Eu já estava vendo várias pessoas postando sobre esse livro, principalmente no Instagram, mas não fazia ideia do tipo de perguntas que contém nele. É bem legal mesmo a ideia e um ótimo projeto para começar 2016! Falando nisso, um ótimo 2016 para você! [heart]

    Beijinhos,
    Lylu – http://reliquiasdalylu.blogspot.com.br/

    • Responder

      Gabi Orlandin

      07/01/2016

      Oi Lylu!
      Eu estou adorando completar as perguntas. É bem divertido.
      Um 2016 incrível pra você também!
      Beijos.

  4. Responder

    Fábrica dos Convites

    04/01/2016

    Oi Gabi achei a ideia do livro/diário muito boa. Ao final de 5 anos, ainda conseguimos perceber as mudanças que ocorreram conosco no decorrer do período.
    Bjs, Rose

  5. Responder

    Camila Lacerda

    04/01/2016

    Eu amaria ter um desses *-*
    Acho muito criativo…
    E Feliz ano novo com muito amor e sucesso <3

    http://www.chaeamor.com

    • Responder

      Gabi Orlandin

      07/01/2016

      É bem criativo mesmo, Cami, eu tô adorando responder as perguntas <3
      Igualmente pra você!
      Beijo.

  6. Responder

    Marilia Abreu

    04/01/2016

    Olá!
    Eu não devia, mas… Já fiquei super tentada a comprar! Que lindo 💕 a intrínseca publica livros ótimos, com certeza.
    Adoro seu blog, beijinhos.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      07/01/2016

      É verdade, Marilia! Eles estão sempre publicando livros diferentes como esse. E a gente adora! *-*
      Beijos.

  7. Responder

    Gabi

    05/01/2016

    Gabi, sempre que entro aqui, esqueço do quanto seu blog é fofo e me surpreendo, porque sempre acho mais fofo ainda! <3

    Esse livro é meu sonho, principalmente por eu ser super nostálgica e gostar de registrar tudo para ler depois! Hahahaha
    Um beijo. :=)

    • Responder

      Gabi Orlandin

      07/01/2016

      Ah, Gabi! Que querida, obrigada <3
      Então você vai amar completar essas respostas. Eu já estou lendo as respostas do ano anterior naquele outro que tenho e comentei no post (One line a day), e estou adorando.
      Beijos!

  8. Responder

    Marcela

    05/01/2016

    Eu fiquei encantada com o charme desse livro/diário. E a ideia de você responder as mesmas perguntas com o passar do tempo é bem legal! Eu acho que não me arriscaria a ter um desses, porque tenho um diário próprio e mesmo nele não tenho o compromisso de escrever todos os dias. Se eu pulasse uma pergunta desse livro ficaria super arrependida, e se respondesse mais de uma no dia ia sentir que estava trapaceando (sou dessas), hahaha. Mas mesmo com diários informais, a sensação de relê-los depois de bastante tempo é, no mínimo, interessante. Na maioria das vezes eu nem me reconheço.
    Espero que você se divirta com o livro <3

    • Responder

      Gabi Orlandin

      07/01/2016

      Oi, Marcela!
      Mas esse é com data, então a gente meio que se sente na obrigação de escrever. Eu criei o hábito de escrever nele antes de dormir, aí eu sei como foi o meu dia e posso responder a pergunta proposta. Haha, mas não dá pra trapacear mesmo, tem que ser uma por dia!
      Obrigada pelo comentário <3
      Beijos.

  9. Responder

    Cristiane de oliveira

    06/01/2016

    Gostei muito do livro além do bonito vai ser muito divertido ver as respostas dadas através dos anos, por que mudar é preciso sempre.
    Vou começar assim que der, curiosa já para ler as minhas respostas antigas rsrsrsrsrsrs

    • Responder

      Gabi Orlandin

      07/01/2016

      É isso mesmo, Cris! Eu já estou lendo as respostas de 2015 daquele outro caderninho que tenho (comentei no post) e é muito divertido! É incrível como a gente muda tanto em um ano.

  10. Responder

    Dai Castro

    06/01/2016

    A proposta do livro é muito legal. Ver a evolução das nossas ideias e pensamentos. Eu sempre gostei de escrever em diários, acho que ajuda a organizar nossas ideias! Adorei o livro, é lindo 🙂

    • Responder

      Gabi Orlandin

      07/01/2016

      Também sempre gostei, Dai, mas me desmotivo se é muito “aberto” esse diário. Da forma desse, a gente se obriga a escrever um pouco por dia, o que é bem legal.

  11. Responder

    Andressa

    06/01/2016

    Sério que lançaram por aqui? *O*
    Estava querendo desde que vi as versões em inglês e como você disse não pude comprar a versão original $$$. Amo esse tipo de livro, deve ser muito legal ver o quanto mudamos -ou não- ao longo dos anos.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      07/01/2016

      Siiiiim! 😀
      Agora dá pra comprar porque tá bem mais barato que a versão importada, hehe!

  12. Responder

    Maria Júlia

    22/01/2016

    É muitooooo fofo! Comprei o meu em dezembro para começar a responde-lo no dia 1 de janeiro.
    Todos os dias respondo a pergunta do Uma pergunta por dia!
    Valeu super a pena comprar! 😀

    • Responder

      Gabi Orlandin

      25/01/2016

      E não tem como ficar sem responder, né? Tô gostando mais desse do que daquele “One line a day”, é muito mais interessante.
      Beijos!

ESCREVA UM COMENTÁRIO